Publicidade

Messias diz a aliados que está fora do jogo para lugar de Dino na Justiça. Veja favoritos

Troca de posto na Esplanada é vista como pouco estratégica se o objetivo é uma vaga no Supremo. Três ex-AGUs estão na Corte

Messias diz a aliados que está fora do jogo para lugar de Dino na Justiça. Veja favoritos
Jorge Messias diz que não está no jogo para a corrida ao Ministério da Justiça | Valter Campanato/Agência Brasil
Publicidade

O advogado-geral da União, Jorge Messias, está fora do jogo pela vaga aberta no Ministério da Justiça. A aliados, ele diz que não está na disputa pelo lugar de Flávio Dino, indicado pelo presidente Lula para o Supremo Tribunal Federal.

Os bastidores: a troca de posto na Esplanada dos Ministérios não é vista como algo positivo no caso de Messias por quatro motivos:

  • A disputa para a vaga de Dino é agressiva, com desgaste e fogo-amigo. Além disso, Messias pode ser visto como duplamente derrotado, tanto no STF quanto na Justiça.
  • Messias tem aberto frentes na AGU, como segurança jurídica para minorias e novo PAC, acordos para educação, multas para golpistas e para infratores ambientais.
  • O comando da Justiça, que incluiu as políticas de seguranças e as chefias das polícias Federal e Rodoviária Federal, significa alta exposição e instabilidade.
  • Se o objetivo é uma vaga no Supremo, a troca de ministério no caso de Messias pode ser pouco produtiva por causa do histórico de nomeações de ex-AGUs.

Quem virou ministro do STF: três atuais integrantes do Supremo foram chefes da Advocacia-geral da União antes de irem para a mais alta Corte do país: Gilmar Mendes (governo Fernando Henrique), Dias Toffoli (governo Lula) e André Mendonça (governo Bolsonaro). Mendonça foi o único que fez uma escala no Ministério da Justiça. 

Pano de fundo: ao escolher Dino, Lula fez questão de dizer aos ministros presentes que quem quisesse tratar sobre qualquer assunto jurídico envolvendo governo deveria procurar Messias. Se falou o óbvio, também quis demonstrar apreço ao subordinado.

Movimentação de Gleisi Hoffmann: a presidente do PT tem sido alvo de ataques de governistas depois que o nome dela começou a circular como favorita para o Ministério da Justiça. Uma das críticas é a de que ela teria se aliado a Dino para que Lula passasse a considerar uma mulher no Ministério da Justiça. No caso, ela mesma.

Movimentação de Simone Tebet: a ministra do Planejamento e Orçamento tem procurado se informar sobre assuntos de segurança pública desde que o seu nome também começou a ganhar força. Lula está de fato inclinado a escolher o nome de uma mulher para a pasta da Justiça. Para Tebet, a mudança a colocaria numa pasta de maior projeção.

Divisão da pasta da Justiça: está descartada a criação do Ministério da Segurança, conforme antecipou o SBT News. Lula avalia que as polícias federal, rodoviária e militar ganharam força na gestão Bolsonaro e poderiam tomar posse do Ministério da Segurança. Assim, deixariam o governo petista refém de lutas internas e corporativas.

Quem também está forte: o ministro aposentado do Supremo Ricardo Lewandowski tem também a simpatia de Lula, pois teria condições de criar um consenso entre petistas e poderia isolar uma guerra interna entre partidos da base pelo posto de Dino.

Quando está previsto o anúncio: Lula deve escolher o substituto de Dino dias antes da sabatina do político maranhense na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, marcada para 13 de dezembro. A sessão é o primeiro passo para a confirmação de Dino no Supremo.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
noticias
governo
leonardo-cavalcanti
dino
justica
messias
jorge
agu
supremo

Últimas notícias

Soldado desaparecido teria sido torturado antes de morrer

Soldado desaparecido teria sido torturado antes de morrer

Luca Romano desapareceu em abril, na Baixada Santista; corpo foi localizado em e vítima foi julgada pelo “tribunal do crime”
Ladrão infarta após roubar carro na zona sul de SP

Ladrão infarta após roubar carro na zona sul de SP

Crime foi registrado no Capão Redondo; outros três integrantes de quadrilha fugiram ao perceber aproximação da polícia
Burger King é multado em R$ 200 mil por vender "Whopper Costela" sem costela

Burger King é multado em R$ 200 mil por vender "Whopper Costela" sem costela

Justiça entendeu que houve propaganda enganosa por omissão na divulgação do sanduíche
SP: Carro capota em pista da Marginal Pinheiros

SP: Carro capota em pista da Marginal Pinheiros

Pelo menos duas faixas foram interditadas, impactando trânsito na região
Fisiculturista alega queda, mas é preso suspeito de espancar mulher

Fisiculturista alega queda, mas é preso suspeito de espancar mulher

Homem ainda fez publicação nas redes sociais após internação; atleta levou vítima ao hospital, em Goiás
ENGANOSO: Fotos de alagamento no Maranhão são antigas e não retratam atual situação do estado

ENGANOSO: Fotos de alagamento no Maranhão são antigas e não retratam atual situação do estado

Confira a verificação realizada pelos jornalistas integrantes do Projeto Comprova
Brasil Agora: Lula cobra prioridades para o RS; TSE retoma julgamento de Moro

Brasil Agora: Lula cobra prioridades para o RS; TSE retoma julgamento de Moro

Confira essas e outras notícias que serão destaque nesta terça-feira (21)
ChatGPT: após queixa, OpenAI suspende uso de voz parecida com a de Scarlett Johansson

ChatGPT: após queixa, OpenAI suspende uso de voz parecida com a de Scarlett Johansson

Atriz disse que negou convite para participar de projeto e que ficou chocada com semelhança
Pacheco prorroga vigência do Desenrola Brasil até 19 de julho

Pacheco prorroga vigência do Desenrola Brasil até 19 de julho

Programa garante desconto médio de 83% e parcelamento especial para renegociação de dívidas; veja como aderir
Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 37 milhões nesta terça-feira (21)

Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 37 milhões nesta terça-feira (21)

Apostas podem ser feitas em casas lotéricas ou pela internet até as 19h
Publicidade
Publicidade