Publicidade

Santana diz que MEC não irá anular Enem após vazamento de imagens da prova

Ministro afirmou que PF irá manter investigação e minimizou ocorrências durante aplicação do exame

Santana diz que MEC não irá anular Enem após vazamento de imagens da prova
Reprodução
Publicidade

O Ministério da Educação (MEC) divulgou, nesta 2ª feira (6.nov), balanço da realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em todo o Brasil. Na conversa com jornalistas, o ministro Camilo Santana descartou a anulação do exame após vazamento de imagens da prova. A Polícia Federal (PF) iniciou uma investigação sobre o caso.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) recebeu o ministro no Palácio do Planalto para uma reunião na manhã de hoje.

Ao conversar com jornalistas que o aguardavam no local, Santana afirmou que o MEC não considera "de forma alguma" anular esta edição devido às suspeitas de fraude no exame e minimizou as ocorrências. 

"Foram ocorrências pontuais. Todas as ocorrências estão sendo investigadas pela PF para dar uma resposta. Balanço geral foi positivo, e todas as questões estão sendo investigadas pela PF, que apresentará para o MEC. Ontem tivemos duas diligências em relação às imagens circuladas", disse.

Ainda de acordo com o MEC, quase 4 mil pessoas foram desclassificadas por falta de documentação, por porte de aparelho celular, ou por deixar o local de provas antes do término do tempo mínimo de permanência em sala. Além disso, 15 pessoas foram presas em locais de prova por tentativa de fraude.

Leia também:

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

noticias
sbtnews
portalnews
camilo santana
mec
ministério da educação
enem

Últimas notícias

Dólar fecha a R$ 5,60, com alta influenciada por apagão cibernético e temor fiscal

Dólar fecha a R$ 5,60, com alta influenciada por apagão cibernético e temor fiscal

Ganho diário foi de 0,3% nesta sexta; acúmulo semanal chegou a 3,2%
Após fala de Maduro sobre banho de sangue, Lula diz que “os venezuelanos devem eleger quem eles quiserem”

Após fala de Maduro sobre banho de sangue, Lula diz que “os venezuelanos devem eleger quem eles quiserem”

Presidente brasileiro falou no evento no interior de São Paulo. Nicolás Maduro disse que haverá "banho de sangue" na Venezuela se ele não ganhar as eleições
Apagão interrompeu programação de veículos de comunicação pelo mundo

Apagão interrompeu programação de veículos de comunicação pelo mundo

O canal de notícias Sky News, que opera em países de língua inglesa, chegou a ficar fora do ar no mundo inteiro
Tempo deve seguir firme em quase todo o Brasil no fim de semana

Tempo deve seguir firme em quase todo o Brasil no fim de semana

Cenário deve durar até o início da semana que vem
Ataque com drone reivindicado pelos houthis do Iêmen deixa um morto em Tel Aviv

Ataque com drone reivindicado pelos houthis do Iêmen deixa um morto em Tel Aviv

O dispositivo foi detectado pelo Exército israelense, mas “uma falha humana” impediu o acionamento dos sistemas de interceptação e defesa
MG pede ao STF nova prorrogação para renegociar dívida com governo federal

MG pede ao STF nova prorrogação para renegociar dívida com governo federal

Prazo se encerra em 1º de agosto, mas estado pede mais 27 dias
Exclusivo: SBT mostra testes das novas câmeras corporais da PM que permitem apagar ocorrências

Exclusivo: SBT mostra testes das novas câmeras corporais da PM que permitem apagar ocorrências

Seis concorrentes alegam que a empresa vencedora do pregão foi beneficiada; ouvidor diz que vai pedir revisão do processo
Idosa é baleada no Rio de Janeiro após assalto a casa lotérica

Idosa é baleada no Rio de Janeiro após assalto a casa lotérica

Dois homens fugiam da polícia quando começou o confronto
 Número de eleitores jovens no Brasil aumenta 78,16%

Número de eleitores jovens no Brasil aumenta 78,16%

Voto é facultativo para população com 16 e 17 anos
Brasil suspende parte de exportações de frango após caso da doença de Newcastle no RS

Brasil suspende parte de exportações de frango após caso da doença de Newcastle no RS

Ministério declarou emergência zoossanitária no Rio Grande do Sul, por 90 dias, devido à detecção da doença
Publicidade
Publicidade