Publicidade

Rateio de R$ 9 bi entre parlamentares destrava PEC da Transição

Parlamentares que estão encerrando mandato já sinalizam que votarão com o futuro governo

Rateio de R$ 9 bi entre parlamentares destrava PEC da Transição
Plenário da Câmara
Publicidade

Os deputados e senadores poderão indicar nos últimos dias deste ano R$ 15 milhões de reais para as bases eleitorais se a PEC da Transição for aprovada na Câmara antes do recesso parlamentar. O valor é quase o mesmo que eles têm direito referente às emendas individuais impositivas para o ano todo, R$ 19,7 milhões. "Tem avançado muito nas últimas horas com esse entendimento compartihado que seria uma divisão entre Parlamento e Executivo. E o mais importante é que o dinheiro chegue na sua origem que são as entidades filantrópicas, os nossos hospitais, as nossas prefeituras, temos a expectativa sim desses recursos" ressaltou o deputado Evair Melo, do Progressista do ES, vice-líder do governo Bolsonaro na Câmara.

As emendas impositivas são aquelas que a União é obrigada a pagar no decorrer do ano legislativo. Com o rateio entre os 513 deputados e 81 senadores do valor que seria do Orçamento Secreto e que por decisão do STF não pode mais ser compartilhado, pelos cálculos de aliados do futuro presidente contar ter pelo menos 320 votos. Uma das dificuldades era conseguir o voto dos mais de 200 parlamentares que não se reelegeram e que não tinham motivos para ajudar Lula. Com a inclusão no texto da PEC da previsão de liberar o recurso das emendas de relator de forma igualitária, os deputados que estão se despedindo da Câmara usarão os recursos para contentar a base eleitoral o que pode ter influência no futuro político desses parlamentares já pensando na eleição municipal de 2024.

"A PEC que nós vamos aprovar hoje na Câmara que já foi aprovada no Senado, ela terá um arquivo novo dizendo que R$ 9,7 bilhões, a metade do RP9 que são 19,4 bilhões, serão transformadas em emendas individuais impositivas RP 6, Câmara e Senado. E a outra metade, os outros 9,7 bilhões de reais serão em RP2, ou seja, vão para o orçamento normal do governo federal, para a áreas que o governo federal julgar serem convenientes", afirmou o relator do Orçamento, o senador Marcelo Castro (MDB-PI)

Parlamentares entraram em acordo com a equipe do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para votar a PEC com um ano de duração e não mais dois anos como queriam os aliados do petista. Além disso, alguns parlamentares seguem defendendo a reduação do valor que poderá ser gasto pelo próximo governo. A previsão é que Lula possa usar pelo menos R$ 150 bilhões fora da regra fiscal que impõe o limite das despesas.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
governo
marcia-lorenzatto
nathalia-fruet
congresso
votacao
pec
partilha
bilhoes

Últimas notícias

BMW blindada de ex-jogador de Palmeiras e Vasco é atingida por tiro no Rio

BMW blindada de ex-jogador de Palmeiras e Vasco é atingida por tiro no Rio

Cunhado do atleta dirigia o carro; zagueiro Luan foi transferido para o Toluca, do México, em junho deste ano
Fóssil de dinossauro com mais de 233 milhões de anos é encontrado após enchente no RS

Fóssil de dinossauro com mais de 233 milhões de anos é encontrado após enchente no RS

Ossada foi achada parcialmente exposta em São João do Polêsine, no Rio Grande do Sul
Em protesto contra o uso de IA, Disney sofre ataque hacker e dados são vazados

Em protesto contra o uso de IA, Disney sofre ataque hacker e dados são vazados

Ação foi manifestação contra arte produzida com inteligência artificial na empresa; informações foram roubadas
MDB x PT nas eleições: Lula não cobra de estarmos contra candidato do nosso partido, diz Jader Filho

MDB x PT nas eleições: Lula não cobra de estarmos contra candidato do nosso partido, diz Jader Filho

Ministro das Cidades defende pragmatismo em campanhas municipais e disse que não estará "em palanque de alguém que faça oposição radical a Lula"
Meta retira restrições das redes sociais de Trump

Meta retira restrições das redes sociais de Trump

Em 2023, os perfis do republicano foram restabelecidos no Instagram e no Facebook
Lula defende regulação das redes sociais e diz que big techs ganham dinheiro com mentiras

Lula defende regulação das redes sociais e diz que big techs ganham dinheiro com mentiras

Com o PL das fake news travado, presidente disse que governo pode enviar ao Congresso outro projeto para regular a atuação de big techs
Google pode comprar startup de cibersegurança por R$ 124 bilhões

Google pode comprar startup de cibersegurança por R$ 124 bilhões

Aquisição da Wiz pode ser a maior aquisição da história da empresa de tecnologia, segundo jornal Wall Street Journal
Turista que estava na Bahia pode ter morrido por picada de aranha-marrom

Turista que estava na Bahia pode ter morrido por picada de aranha-marrom

Suspeita é que jornalista paulista tenha sido picado em restaurante
Astros de "Wolverine" e "Deadpool" estão no Rio de Janeiro

Astros de "Wolverine" e "Deadpool" estão no Rio de Janeiro

Chegada do elenco faz parte da divulgação de novo filme
PF mira extração ilegal de madeira em terra indígena no Maranhão e investiga envolvimento de povos originários

PF mira extração ilegal de madeira em terra indígena no Maranhão e investiga envolvimento de povos originários

Um indígena da TI Geralda/Toco Preta foi preso; um dos alvos de mandado de prisão está foragido
Publicidade
Publicidade