Publicidade

Bolsonaro tira tributos federais de diesel e gás de cozinha

Como contrapartida, governo elevou imposto de instituições financeiras, setor petroquímico e veículos para deficientes

Bolsonaro tira tributos federais de diesel e gás de cozinha
Publicidade
O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta 2ª feira (1º.abr) um decreto e uma Medida Provisória derrubando as alíquotas de impostos federais sobre o óleo diesel e o gás de cozinha. Como compensação, elevou as taxas sobre instituições financeiras, indústria química e carros para deficientes.

> O óleo diesel terá a alíquota de PIS e Cofins zerada em março e abril. A medida pode agradar à categoria dos caminhoneiros, que tem protestado contra as variações no preço dos combustíveis determinadas pela Petrobras.

> Os mesmos impostos terão alíquota zero no GLP, o gás de cozinha, embalado em recipientes de até 13 quilos. A medida vale indefinidamente.

Os impostos foram zerados por decreto. Por conta disso, as medidas entram em vigor sem precisar do aval do Congresso.

Abaixo, os setores que terão que pagar mais tributos - por Medida Provisória, o que significa que o Legislativo pode derrubar as mudanças:

> O Regime Especial da Indústria Química (REIQ) - que zera os impostos de PIS e Cofins sobre o setor petroquímico - está encerrado até o final de 2025. De acordo com o governo, haverá um "crédito presumido para as empresas fabricantes de produtos" médicos e hospitalares, para que a medida não afete o combate à covid-19.

> Instituições financeiras terão que arcar com um aumento do Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) - tributo federal que cai sobre o lucro líquido das empresas.

> Os veículos adaptados para pessoas com deficiência terão aumento no IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados).
Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
governo
jair bolsonaro
impostos
diesel
gás de cozinha
glp
reiq
csll
ipi
pis
cofins

Últimas notícias

Brasil Agora: Lula na Colômbia, PEC antidrogas e cadáver em agência bancária

Brasil Agora: Lula na Colômbia, PEC antidrogas e cadáver em agência bancária

Confira essas e outras notícias que serão destaque nesta quarta-feira (16)
Tribunal define primeiros jurados para julgamento de Trump em NY

Tribunal define primeiros jurados para julgamento de Trump em NY

Ex-presidente dos EUA é acusado de subornar atriz pornô durante período eleitoral; júri será composto por 12 pessoas
Musk x Moraes: STF autoriza depoimentos de representantes do X no Brasil

Musk x Moraes: STF autoriza depoimentos de representantes do X no Brasil

Decisão faz parte do inquérito que investiga empresário por suposta obstrução de Justiça e incitação ao crime
+Milionária sorteia prêmio de R$ 173 milhões nesta quarta-feira (17)

+Milionária sorteia prêmio de R$ 173 milhões nesta quarta-feira (17)

Apostas podem ser feitas até as 19h em casas lotéricas ou pela internet
Zelensky assina lei para aumentar recrutas e preencher linha de frente na Ucrânia

Zelensky assina lei para aumentar recrutas e preencher linha de frente na Ucrânia

Decisão acontece em meio ao aumento da ofensiva russa no país
Senacon notifica Latam após passageiros esperarem 8h por voo

Senacon notifica Latam após passageiros esperarem 8h por voo

Viajantes foram transferidos de um avião para o outro até conseguirem embarcar para Madri
EUA devem anunciar sanções contra o Irã nos próximos dias, diz governo

EUA devem anunciar sanções contra o Irã nos próximos dias, diz governo

Restrições devem englobar o programa de mísseis e drones do país, utilizado no ataque contra Israel
SBT News na TV: Lula chega a Bogotá para encontro com Gustavo Petro; Senado aprova PEC das Drgoas

SBT News na TV: Lula chega a Bogotá para encontro com Gustavo Petro; Senado aprova PEC das Drgoas

Confira o que foi notícia ao longo do dia e os assuntos que serão destaque nesta quarta-feira (17); assista!
STF condena mais 8 pessoas por participarem dos atos golpistas do 8/1

STF condena mais 8 pessoas por participarem dos atos golpistas do 8/1

Penas foram fixadas entre 14 e 17 anos de prisão; total de condenações chega a 196
Caixa libera nova rodada de pagamento do Bolsa Família; veja quem recebe

Caixa libera nova rodada de pagamento do Bolsa Família; veja quem recebe

Valor pode ser sacado em agências bancárias ou movimento virtualmente
Publicidade
Publicidade