Publicidade

Juros devem cair mesmo com inflação mais alta do que o esperado

Bolsa de Valores sobe refletindo bom humor de empresas que dependem do crédito mais barato ao consumidor

Juros devem cair mesmo com inflação mais alta do que o esperado
Mercado financeiro
Publicidade

A Bolsa de Valores de São Paulo teve um dia de alta de seu principal índice nesta 3ª feira (28.nov) e chegou a flertar com a máxima do ano: 127 mil pontos. No fechamento, o Ibovespa marcou + 0,66% para definir 126.567 em pontuação. É importante ressaltar o desempenho positivo principalmente quando se lembra que o dia começou com a divulgação de um índice de inflação que chegou a surpreender. E não para melhor. 

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

O IPCA-15 de novembro, divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que muitos analistas tratam como uma espécie de prévia da inflação oficial do país, subiu 0,33% . Esse índice veio acima do que a média do mercado previa, em torno de 0,30%. E normalmente o mercado não gosta de ser surpreendido. Mas há uma observação importante que, no fundo, foi o que pesou sobre o pensamento dos investidores.

Núcleos, o quê são e para que servem

O fator que mais subiu e puxou o indicador pra cima, foi a alta dos alimentos e bebidas (+ 0,82%). Tá certo que comida na mesa é prioridade de todo mundo, mas os técnicos que entendem de inflação alertam que este item -- junto com os custos de energia -- são muito "voláteis", quer dizer, sofrem muita oscilação. E variam muito também porque dependem de certas épocas do ano -- se há ou não boa safra de um determinado produto, se há ou não boa quantidade de água nos reservatórios para garantir geração de energia e por aí vai. É a tal sazonalidade. Como eles flutuam demais, são normalmente descartados do cálculo dos "núcleos" da inflação que, na prática, são os que realmente contam na hora de se medir a pressão sobre os preços. Feitas as contas do dia, os núcleos não tiveram influência negativa sobre a expectativa de inflação.  

Como ficam os juros

Sem maiores pressões sobre os índices de inflação, os analistas entendem que o Banco Central não terá como alterar a política de cortes dos juros, nas próximas reuniões do Comitê de Política Monetária (COPOM). A próxima reunião é nos dias 12 e 13/dezembro. E a aposta dos investidores é de que o Copom vai seguir cortando os juros em 0,50 ponto percentual neste encontro. 

A tendência para os juros, por conta disso, é de queda. Tanto que as taxas negociadas no mercado financeiro nesta 3ª(28.nov) tiveram vários de seus contratos ou em posição de estabilidade ou até mesmo 'mais baratos', quer dizer, com a taxa de juros em queda. Veja os exemplos abaixo:

  • Juros DI1F24 (janeiro/24): - 0,08%
  • Juros DI1F31 (janeiro/31): - 0,37%
  • Juros DI1F33 (janeiro/33): - 0,27%

Reflexo na Bolsa

Juros menores favorecem os consumidores que precisam de crédito para financiar compras, imóveis, carros e etc. As ações de empresas do varejo, ligadas ao crédito ao consumidor, tiveram altas fortes no dia: Carrefour (CRFB3) + 2,37%. Lojas Renner (LREN3) + 3,90% e Construtora MRV (MRV3)  + 6,04%. A exceção ficou por conta do Magazine Luiza (MGLU3), também do varejo, que caiu 4,08% devido à decepção com os resultados da Black Friday. O ingresso de investidores estrangeiros no mercado nacional também impulsionou os papéis de bancos brasileiros. No conjunto da obra, todos ajudaram o Ibovespa a fechar no azul.  

Bolsismo

O dólar, que normalmente sobe ou desce no sentido contrário ao da Bolsa, teve queda de 0,57% e foi cotado para venda a R$ 4,872.

Leia também 

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbtnews
noticias
economia
inflação
mercado financeiro
juros
ibovespa
guto abranches

Últimas notícias

Barbeiro transforma ponto de taxi em barbearia após perder comércio em Porto Alegre

Barbeiro transforma ponto de taxi em barbearia após perder comércio em Porto Alegre

No dia 4 de maio deste ano, Laio viu tudo o que tinha ficar embaixo d'água, inclusive sua residência
Com hospitais alagados, gestantes e recém-nascidos são atendidos em abrigos no RS

Com hospitais alagados, gestantes e recém-nascidos são atendidos em abrigos no RS

Uma das crianças atendidas tem 11 dias de vida e nem chegou a usar o enxoval, que foi totalmente perdido nas enchentes
Imposto de renda: 17 milhões de contribuintes ainda não entregaram declaração; veja dicas

Imposto de renda: 17 milhões de contribuintes ainda não entregaram declaração; veja dicas

No dia 31 de maio, encerra-se o prazo para declarar o IRPF 2024; escritórios de contabilidade têm ampliado a capacidade de atendimento
Enquanto o Sul do Brasil enfrenta os efeitos da chuva, outras partes do mundo sofrem com a seca

Enquanto o Sul do Brasil enfrenta os efeitos da chuva, outras partes do mundo sofrem com a seca

No México, por exemplo, mais de 22 milhões de pessoas podem ficar sem água nas próximas semanas
Santa Catarina recebe mais de 400 famílias afetadas pelas chuvas no RS

Santa Catarina recebe mais de 400 famílias afetadas pelas chuvas no RS

Estado vem fazendo um mapeamento para distribuir auxílios conforme a demanda de cada um dos gaúchos
Irã mata 7 pessoas na forca; ONG denuncia aumento de execuções

Irã mata 7 pessoas na forca; ONG denuncia aumento de execuções

Penas teriam sido aplicadas neste sábado (18); das 7 vítimas, 2 seriam mulheres
Flores são projetadas no Cristo para lembrar combate ao abuso sexual de crianças

Flores são projetadas no Cristo para lembrar combate ao abuso sexual de crianças

Ação faz parte da campanha de mobilização nacional. Do início de 2024 até agora, o Disque 100 recebeu mais de 11 mil denúncias
Chuvas no RS: Força-tarefa encontra galão de água sendo vendido a R$ 80

Chuvas no RS: Força-tarefa encontra galão de água sendo vendido a R$ 80

Ação do Ministério Público do Rio Grande do Sul (MPRS) contra preços abusivos autuou 65 estabelecimentos
Municípios do RS discutem plano para dar novas moradias aos afetados pelas chuvas

Municípios do RS discutem plano para dar novas moradias aos afetados pelas chuvas

Relatório da Confederação Nacional dos Municípios aponta que mais de 100 mil casas foram danificadas ou completamente destruídas
Cantor Arlindinho denuncia que filha de 9 anos foi vítima de racismo em escola

Cantor Arlindinho denuncia que filha de 9 anos foi vítima de racismo em escola

Filho de Arlindo Cruz relatou o fato nas redes sociais; escola se manifestou por meio de nota
Publicidade
Publicidade