Publicidade

Número de motocicletas fabricadas cresce 18,2% e supera 1,3 milhão em 2022

Dados fazem parte de levantamento da Abraciclo

Número de motocicletas fabricadas cresce 18,2% e supera 1,3 milhão em 2022
Publicidade

Foram fabricadas 1.328.105 motocicletas no Polo Industrial de Manaus (PIM) no período de janeiro a novembro deste ano, segundo levantamento divulgado na 2ª feira (12.dez) pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo). O número representa uma alta de 18,2% em comparação com o registrado nos primeiros 11 meses do ano passado e o melhor resultado para o período desde os 1.432.842 de 2014.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

A expectativa da Abraciclo é que 1.420.000 motocicletas sejam produzidas no PIM em 2022. Segundo o presidente da entidade, Marcos Fermanian, "depois de um primeiro bimestre conturbado devido aos casos da variante ômicron, as unidades fabris retomaram o ritmo das linhas de montagem e a produção vem subindo para atender à demanda do mercado".

No último mês, foram fabricadas 129.216 no PIM, alta de 13,6% em comparação com novembro de 2021 e queda de 5,9% frente ao registrado em outubro de 2022. A Abraciclo afirma que o volume é o melhor para o décimo primeiro mês em nove anos: as fabricantes produziram 156.044 em 2013.  "Depois dos resultados positivos e do crescimento do segmento este ano, acreditamos que a procura pela motocicleta deverá seguir em alta em 2023. Muitos brasileiros encontram no modal um veículo ágil, de custo de manutenção mais em conta e com maior facilidade de aquisição", pontuou Fermanian.

Em relação às vendas no varejo, o levantamento da Abraciclo mostra que foram emplacadas 1.229.737 motocicletas no período de janeiro a novembro (+17,7%), o melhor resultado para os 11 primeiros meses desde os 1.301.981 de 2014. No mês passado, foram vendidas 123.214 motos no país (+15,% ante o resultado de novembro de 2021 e +2,4% ante o de outubro de 2022). É o maior volume para o período desde os 166.640 de 2011.

A região Norte do país apresentou o maior crescimento porcentual no volume de motocicletas licenciadas no acumulado de 2022. "De janeiro a novembro, foram emplacadas 153.991 motocicletas, o que representa um aumento de 34,8% na comparação com o mesmo período do ano passado (114.214 unidades)", explica a Abraciclo. Entretanto, o Sudeste foi a região onde mais houve licenciamento dos veículos, com 474.018 e 38,5% de participação do mercado. O Nordeste (364.480 e 29,6%), Norte (153.991 e 12,5%), Sul (119.556 e 9,7%) e Centro-Oeste (117.692 e 9,6%) vêm na sequência.

Em novembro, o Norte também teve o maior crescimento na quantidade de emplacamentos: 17.273 motocicletas (+37,8% ante o resultado do mesmo mês em 2021). O ranking das regiões com maior volume de unidades vendidas ficou da seguinte forma: Sudeste (45.203 e 36,7%), Nordeste (37.758 e 30,6%), Norte (17.273 e 14%), Centro-Oeste ficou em quarto lugar (11.521 e 9,4%) e Sul (11.459 e 9,3%).

As associadas da Abraciclo exportaram 51.412 motocicletas nos 11 primeiros meses deste ano; o montante é 2,4% superior ao do mesmo período de 2021. O principal destino, de acordo com a entidade, foi a Colômbia (14.854 unidades recebidas, ou 29% do volume total exportado). Argentina (12.098 e 23,6%) e Estados Unidos (10.973 e 21,4%) ficaram em seguida. No último mês, foram exportadas 3.695 motocicletas (+13,8% frente ao resultado de novembro do ano passado e -8,7% ante o de outubro de 2022). No ranking dos principais destinos, o topo é formado por Colômbia (1.346 unidades e 43,5% das exportações), Estados Unidos (774 e 25%) e Argentina (400 e 12,9%).

Veja também:

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbtnews
economia
fabricação
venda
motocicletas
levantamento
abraciclo
veículos
unidades
crescimento
novembro
acumulado
guilherme-resck

Últimas notícias

SBT News na TV: Gol suspende transporte de animais por 30 dias após morte de cachorro

SBT News na TV: Gol suspende transporte de animais por 30 dias após morte de cachorro

Confira o que foi notícia ao longo do dia e os assuntos que serão destaque nesta quarta-feira (24); assista!
STF condena mais 11 pessoas por atos golpistas do 8/1 e total sobe para 207

STF condena mais 11 pessoas por atos golpistas do 8/1 e total sobe para 207

Penas foram fixadas entre 11 e 17 anos de prisão, além de R$ 30 milhões em danos morais coletivos
Caixa libera Bolsa Família para beneficiários com NIS final 6

Caixa libera Bolsa Família para beneficiários com NIS final 6

Valor pode ser sacado em agências bancárias ou movimento virtualmente; depósito inclui Auxílio Gás
Estudantes e professores protestam contra cortes na educação na Argentina

Estudantes e professores protestam contra cortes na educação na Argentina

Mobilização recebeu apoio de setores da oposição em todo o país
Após morte de Joca, Gol suspende transporte de cães e gatos por 30 dias

Após morte de Joca, Gol suspende transporte de cães e gatos por 30 dias

Segundo a empresa, a suspensão é "para se dedicar totalmente a concluir o processo de investigação" do caso
Perfis de bolsonaristas no X bloqueados pelo STF usaram canal de bate-papo para fazer lives "clandestinas"

Perfis de bolsonaristas no X bloqueados pelo STF usaram canal de bate-papo para fazer lives "clandestinas"

PF identificou que acusados de integrar milícia digital fizeram, dos EUA, transmissões ao vivo, por canais inativados judicialmente
Polícia desarticula quadrilhas especializadas em roubos a condomínios

Polícia desarticula quadrilhas especializadas em roubos a condomínios

Investigações pegaram criminosos que atuavam em 5 estados, se passavam por moradores e ostentavam nas redes sociais
Polícia prende integrantes de quadrilha envolvida na morte de empresário, em SP

Polícia prende integrantes de quadrilha envolvida na morte de empresário, em SP

Caso aconteceu em setembro do ano passado; criminosos usavam aplicativos de namoro para atrair as vítimas
Empresária condenada por matar o marido com um tiro na nuca se entrega à polícia em SP

Empresária condenada por matar o marido com um tiro na nuca se entrega à polícia em SP

Crime aconteceu em janeiro de 2013, na Zona Leste de São Paulo; Andressa Ramos de Araújo foi condenada a 13 anos e seis meses de prisão
Câmara aprova continuidade de benefício para o setor de eventos com impacto de R$ 15 bilhões

Câmara aprova continuidade de benefício para o setor de eventos com impacto de R$ 15 bilhões

Andamento do programa emergencial contrariou pedido do governo e valerá para 30 atividades econômicas. Texto segue para o Senado
Publicidade
Publicidade