Publicidade

PGR denuncia deputado bolsonarista por racismo contra Silvio Almeida e por injúria contra Lula

Deputado federal Gustavo Gayer disse que africanos tinham "QI baixo" e por isso não conseguiam viver em democracia

PGR denuncia deputado bolsonarista por racismo contra Silvio Almeida e por injúria contra Lula
Reprodução
Publicidade

A Procuradoria-Geral da República (PGR) apresentou uma denúncia ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra o deputado federal Gustavo Gayer (PL-GO) por injúria contra o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e por racismo contra o ministro dos Direitos Humanos, Silvio Almeida. A ação foi protocolada na última 6ª feira (17.nov). 

A denúncia contra o parlamentar bolsonarista é baseada em declarações concedidas durante entrevista a um podcast, em junho deste ano. Gayer associou africanos a pessoas com quociente de inteligência (QI) baixo e afirmou que as pessoas do continente não tem "capacidade cognitiva" para viver em um regime democrático. Ele também chamou o presidente Lula de "bandido" durante a conversa com o apresentador Rodrigo Arantes.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News 

Na época, as declarações já haviam sido entregues à PGR por parlamentares da base do governo e pela Advocacia-Geral da União (AGU). Após tomar ciência do fato, Gustavo Gayer reagiu com ataques ao ministro Silvio Almeida. "Mais um para provar que QI baixo é fundamental para apoiar ditaduras. Infelizmente temos um ministro analfabeto funcional ou completamente desonesto", escreveu.

Na denúncia, a vice-procuradora em exercício, Ana Borges Santos, escreveu que as declarações de Gayer não estão cobertas pela imunidade parlamentar. "As palavras empregadas não estão alcançadas pela imunidade, porque o discurso foi dolosamente ofensivo, injurioso, depreciativo, aviltante". Rodrigo Arantes, apresentador do podcast, também foi denunciado pelo crime de racismo. 

Segundo a vice-procuradora, Gayer e Arantes praticaram e incitaram "discriminação e preconceito de raça, cor e procedência nacional contra todo o povo africano". O vídeo em questão alcançou 14 mil visualizações com ideias "racistas e segregacionistas, inferiorizando e desumanizando negros e afrodescendentes ao compará-los com macacos". 

Defesa
Após a repercussão negativa do vídeo ainda em junho, o deputado Gustavo Gayer usou as redes sociais para afirmar que suas palavras foram "tiradas de contexto", e que ele se referiu à falta de acesso à educação e subnutrição em alguns países africanos, que afetam o QI da população, segundo Gayer. 

O SBT News entrou em contato com a assessoria de Gustavo Gayer, mas ainda não recebeu resposta. 

Leia também:

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

política
sbtnews
portalnews
noticias
gustavo gayer
racismo
lula
silvio almeida

Últimas notícias

Caixa libera Bolsa Família para beneficiários com NIS final 9

Caixa libera Bolsa Família para beneficiários com NIS final 9

Valor pode ser sacado em agências bancárias ou movimentado virtualmente
Compras internacionais: Câmara aprova taxação de 20% em valores até US$ 50

Compras internacionais: Câmara aprova taxação de 20% em valores até US$ 50

Proposta estabelece imposto para compra em sites internacionais, como Shein, AliExpress e Shopee
JBS deverá indenizar família de funcionário morto após sair do trabalho, decide TST

JBS deverá indenizar família de funcionário morto após sair do trabalho, decide TST

Para a corte, a empresa negligenciou condições adequadas de transporte a trabalhador assassinado enquanto pedalava para casa de madrugada
VÍDEO: clientes têm celulares roubados durante arrastão em restaurante de Pinheiros (SP)

VÍDEO: clientes têm celulares roubados durante arrastão em restaurante de Pinheiros (SP)

Imagens da câmera de segurança registraram o momento em que um criminoso, armado, abordou um funcionário na rua e entrou com ele no estabelecimento
VÍDEO: Tornados deixam 25 mortos em dois dias nos EUA

VÍDEO: Tornados deixam 25 mortos em dois dias nos EUA

Americanos registraram chegada dos ventos e estragos deixados nas cidades. Novas tempestades devem ocorrer na noite desta terça (28)
Frente Nacional de Prefeitos se mobiliza para a compra de medicamentos no RS

Frente Nacional de Prefeitos se mobiliza para a compra de medicamentos no RS

Secretário da Frente Nacional dos Prefeitos fala ao programa Perspectivas do SBT News
Novo ataque de Israel a acampamento de refugiados em Rafah deixa ao menos 21 mortos

Novo ataque de Israel a acampamento de refugiados em Rafah deixa ao menos 21 mortos

Ataque aconteceu enquanto manifestantes, em várias partes do mundo, ainda protestavam contra as 45 mortes provocadas por bombardeio no domingo
Covid-19 já matou mais que a dengue no Brasil em 2024

Covid-19 já matou mais que a dengue no Brasil em 2024

Principais vítimas da covid-19, segundo o Ministério da Saúde, são pessoas que não se vacinaram ou que não completaram o ciclo de imunização
Voluntários alertam para diminuição de ajuda humanitária no RS: "Precisamos de mais braços, estamos exaustos"

Voluntários alertam para diminuição de ajuda humanitária no RS: "Precisamos de mais braços, estamos exaustos"

Quase 50 mil gaúchos permanecem em abrigos no estado; em Porto Alegre, a maior parte dos abrigos são mantidos com doações e o trabalho de voluntários
Congresso derruba veto de Lula a trecho do projeto das "saidinhas" de presos

Congresso derruba veto de Lula a trecho do projeto das "saidinhas" de presos

Condenados que cumprem pena em regime semiaberto não podem mais obter autorização para saída temporária do estabelecimento nos casos de visita à família
Publicidade
Publicidade