Publicidade

CPMI vai votar convocação de ex-comandante da Marinha sobre "golpe"

Relatora quer depoimento de almirante Almir Garnier sobre reunião do "golpe" com Bolsonaro, citada em delação da Mauro Cid

CPMI vai votar convocação de ex-comandante da Marinha sobre "golpe"
garnier
Publicidade

A CPMI do 8 de Janeiro vai analisar a convocação e a quebra do sigilo telemático do almirante Almir Garnier Santos, ex-comandante da Marinha que teria discutido com o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) sobre um golpe. 
A informação de supostas conversas e apoio de Garnier - como é conhecido o militar da reserva - a um "golpe" integra a delação premiada de Mauro Cid, o ex-ajudante de ordem do Planalto, tornada pública nesta 5ª feira (21.set). 
Bolsonaro teria buscado os comandantes das Forças Armadas, no final de 2022, para consultar sobre um suposto "golpe" e Garnier foi quem demonstrou apoio, segundo as informações.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

A senadora Eliziane Gama (PSD-MA), relatora da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito, disse nesta 5ª feira que vai apresentar um requerimento para convocar Garnier para ser ouvido.
Segundo ela, Garnier é "uma figura central nas investigações" sobre as invasões do 8 de janeiro aos prédios-sedes dos Três Poderes, em Brasília.

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), líder do governo no Senado, afirmou que a informação tornada pública nesta 5ª feira sobre a delação de Mauro Cid, fechada com a Polícia Federal, "completa o roteiro do golpe".

"Com dados tornados públicos hoje sobre a delação de Mauro Cid, temos os elementos todos do golpe. Os idealizadores, os financiados, os executores. Todo cronograma do golpe está desenhado. Só faltava o cabeça do governo", afirmou o senador.

Segundo ele, as manifestações iniciadas no dia 30 de outubro, após a derrota nas eleições de 2022, o acampamento na frente do quartel-general do Exército, a tentativa de invasão ao hotel de Lula no dia 8 de dezembro, os ataques à sede da PF no dia 12 de dezembro, a tentativa de bomba no aeroporto no dia 24 de dezembro e o 8 de janeiro são parte de uma ação única e orquestrada. 

"Tudo fazia parte de um enredo golpista sob o comando do senhor Jair Bolsonaro", afirmou Randolfe. 

Delação

As afirmações foram feitas durante a sessão da CPMI no Congresso, nesta 5ª. Os parlamentares interrogaram Wellington Macedo de Souza, preso e condenado pela tentativa de atentado a bomba no aeroporto de Brasília, na véspera do Natal.
Ex-assessor da Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, no governo Bolsonaro, o blogueiro foi preso na semana passada no Paraguai, após meses foragido. Ele está condenado a 6 anos de prisão pela tentativa de atentado.

Com uma decisão obtida no Supremo Tribunal Federal (STF), que lhe garantiu o direito de permanecer calado na CPMI, ele não respondeu às perguntas dos parlamentares.

"Eu vou colaborar com vocês a partir do momento que os meus advogados tiverem acesso aos autos acusatórios contra esta pessoa que aqui está, que até hoje não sabe porque tem pago um preço tão alto e tanta humilhação", afirmou Souza, no início da sessão.

"Quando tiver acesso aos autos, vocês podem me convocar novamente aqui que eu vou colaborar com vocês."

Questionado por parlamentares sobre uma eventual negociação para um acordo de delação premiada com a CPMI, Wellington Macedo afirmou que, após ter acesso aos dados das investigações contra ele, pode voltar a conversar com a comissão, via seu advogado.

Convocações

Além de Garnier, a CPMI vai votar na próxima 3ª feira (26.set) outras convocações. Entre elas, a de Filipe Martins, ex-assessor da Presidência no governo Bolsonaro, que também teve o nome citado por Mauro Cid - que já teve novo pedido de convocação aprovado pela CPMI do 8/1.

Outro nome com pedido de convocação é o do empresário Meyer Nigri, dono da construtura Tecnica e alvo das investigações do STF. Os parlamentares da base de governo querem ouvir o investigado sobre supostos financiamentos de atos antidemocráticos, após a derrota de Bolsonaro e sobre o 8 de janeiro.
 

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbtnews
sbt
cpmi
8/1
golpistas
marinha
bolsonaro
lula
mauro cid
golpe
delação
filipe martins
meyer nigri
stf
pf
wellington macedo
bomba
aeroporto
congresso
justiça
ultimas noticias

Últimas notícias

Homem-aranha é agredido e joga passageiro no trilho do metrô de Belo Horizonte

Homem-aranha é agredido e joga passageiro no trilho do metrô de Belo Horizonte

Super-herói relatou à polícia que agressor achou que ele o havia ofendido: "se você é o Homem-Aranha, eu sou o Batman"
Ator Iran Lima, o seu Candinho da Escolinha do Professor Raimundo, morre no Rio

Ator Iran Lima, o seu Candinho da Escolinha do Professor Raimundo, morre no Rio

Corpo do ator será cremado na segunda-feira (22), no Cemitério Vertical Memorial do Carmo, no Caju
Imagens mostram acidente de Thommy Schiavo, ator de Pantanal, em sacada de Cuiabá

Imagens mostram acidente de Thommy Schiavo, ator de Pantanal, em sacada de Cuiabá

Circuito de segurança foi obtido com exclusividade pela equipe de reportagem do MT Play, portal de notícias SBT Cuiabá
Polícia Federal apreende 77 kg de droga em embarcação comercial de passageiros no AM

Polícia Federal apreende 77 kg de droga em embarcação comercial de passageiros no AM

Entorpecente estava com uma mulher, que foi presa em flagrante e está à disposição da Justiça
Policial é baleado de raspão na cabeça após reagir a assalto no Rio

Policial é baleado de raspão na cabeça após reagir a assalto no Rio

Uma guarda municipal, de 53 anos, ficou ferida, mas já recebeu alta do Hospital Municipal Souza Aguiar
Serviço Secreto dos EUA diz que negou pedidos de Trump para mais segurança

Serviço Secreto dos EUA diz que negou pedidos de Trump para mais segurança

Segundo porta-voz, os pedidos negados não eram especificamente para o comício em que o político sofreu uma tentativa de assassinato no dia 13 de julho
Policiais usam helicóptero para perseguir criminoso que roubou caminhão em São Paulo

Policiais usam helicóptero para perseguir criminoso que roubou caminhão em São Paulo

Homem foi preso e o caminhão apreendido; caso aconteceu em Indaiatuba, na última sexta-feira (19)
Adultos entre 35 e 54 anos causam mais acidentes embriagados ao volante, diz pesquisa

Adultos entre 35 e 54 anos causam mais acidentes embriagados ao volante, diz pesquisa

Em seguida, aparecem as pessoas com 18 a 34 anos, representando 33% das colisões com uso de álcool ou entorpecentes
Brasil recebeu 3,6 milhões de turistas internacionais no primeiro semestre, diz ministério

Brasil recebeu 3,6 milhões de turistas internacionais no primeiro semestre, diz ministério

Número representa um crescimento de 9,7% em comparação com o registrado no mesmo período de 2023
Barreiras sanitárias são instaladas para evitar avanço da doença de Newcastle no RS

Barreiras sanitárias são instaladas para evitar avanço da doença de Newcastle no RS

Governo também decretou emergência zoossanitária no estado gaúcho por 90 dias
Publicidade
Publicidade