Publicidade

Deputados aumentam pressão para que Copom diminua taxa de juros

Em ato, presidente do PT criticou Campos Neto no Banco Central: "Já deveria ter ido embora"

Deputados aumentam pressão para que Copom diminua taxa de juros
Banco Central
Publicidade

Em campanha para redução da taxa de juros, deputados da Frente Parlamentar contra os Juros Abusivos fizeram um ato, nesta 4ª feira (21.jun), para pressionar uma decisão do Comitê de Política Monetária (Copom), que iniciou discussão para definir a Selic. Em meio as ações, a presidente do PT, Gleisi Hoffmann (RS), voltou a criticar a atual condução do Banco Central. "Minha posição é de que já deveria ter ido embora", disse.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

"Espero que a ata do Copom não venha no tom político que foi a última. Se não baixar as taxas de juros, que pelo menos essa ata indique que as taxas vão ser reduzidas, é o mínimo que o Banco Central pode fazer", declarou Gleisi Hoffmann.

A deputada também questiona a atual taxa de juros em comparação com a inflação. E disse esperar que a próxima indicação do Banco Central tenha uma política voltada para a população: "Política que ganhou nas urnas, nas eleições e tem desenvolvimento social bom como foco. Tem a relação de forças políticas, mas nós precisamos ter visão que ajude no desenvolvimento. O que está acontecendo no Banco Central não é isso", defendeu.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
congresso
roberto campos neto
frente parlamentar contra juros abusivos
copom
taxa de juros
reunião copom
selic

Últimas notícias

Nova massa de ar quente deve elevar temperaturas em até 7ºC nos próximos dias

Nova massa de ar quente deve elevar temperaturas em até 7ºC nos próximos dias

Noites e madrugadas continuarão geladas devido à menor incidência de radiação solar
Primeira pesquisa após atentado contra Trump indica empate técnico com Biden

Primeira pesquisa após atentado contra Trump indica empate técnico com Biden

Ataque não provocou grandes mudanças nas intenções de voto, mas aumentou preocupação com violência
Ramagem presta depoimento à PF nesta quarta (17) sobre "Abin paralela" de Bolsonaro

Ramagem presta depoimento à PF nesta quarta (17) sobre "Abin paralela" de Bolsonaro

Deputado federal e ex-diretor da agência fala à Polícia Federal após nova fase da operação Última Milha e divulgação de áudio com Bolsonaro
ENGANOSO: Presos que aparecem em vídeo não são ex-membros da Suprema Corte de El Salvador

ENGANOSO: Presos que aparecem em vídeo não são ex-membros da Suprema Corte de El Salvador

Confira a verificação realizada pelos jornalistas integrantes do Projeto Comprova
Brasil Agora: governo terá de cortar gastos, mas Lula resiste; Trump, o atentado e a convenção

Brasil Agora: governo terá de cortar gastos, mas Lula resiste; Trump, o atentado e a convenção

Confira essas e outras notícias que serão destaque nesta quarta-feira (17)
+Milionária sorteia prêmio de R$ 245 milhões nesta quarta-feira (17)

+Milionária sorteia prêmio de R$ 245 milhões nesta quarta-feira (17)

Apostas podem ser feitas até as 19h em casas lotéricas ou pela internet
Hóspedes são encontrados mortos em hotel 5 estrelas na Tailândia

Hóspedes são encontrados mortos em hotel 5 estrelas na Tailândia

Polícia aponta para envenenamento com cianeto; corpos são de cidadãos vietnamitas
Carpinteiro atingido por estaca de madeira na cabeça deixa o CTI

Carpinteiro atingido por estaca de madeira na cabeça deixa o CTI

Vitor Soares do Nascimento precisou passar por cirurgia de emergência para retirada do objeto; quadro de saúde é estável
Com R$ 362 milhões, "Divertida Mente 2" se torna maior arrecadação em bilheterias da história no Brasil

Com R$ 362 milhões, "Divertida Mente 2" se torna maior arrecadação em bilheterias da história no Brasil

Nova animação da Disney/Pixar já foi assistida por 18 milhões de espectadores
Nota Fiscal Paulista libera R$ 46,5 milhões em créditos; veja como resgatar

Nota Fiscal Paulista libera R$ 46,5 milhões em créditos; veja como resgatar

Valor é referente às compras realizadas em março de 2024 e ficará disponível para transferência por um ano
Publicidade
Publicidade