Publicidade

Polícia de Portugal prende suspeito de envolvimento no massacre de Sapopemba

Policiais federais brasileiros forneceram informações fundamentais para que o adolescente português de 17 anos fosse capturado

Polícia de Portugal prende suspeito de envolvimento no massacre de Sapopemba
Publicidade

A Polícia Judiciária de Portugal prendeu um cidadão português de 17 anos de idade suspeito de participação no massacre de Sapopemba, bairro da zona leste de São Paulo, em 2023. O rapaz foi localizado na quinta-feira (2) graças a informações repassadas pela Polícia Federal brasileira aos investigadores portugueses.

O adolescente é suspeito da prática dos crimes de homicídio, lesões corporais, abuso sexual infantojuvenil e incitamento ao ódio e à violência. A Polícia Federal anunciou, nesta sexta-feira (3), que a detenção ocorreu na região norte de Portugal. Durante a ação, policiais portugueses realizaram busca e apreensão na casa do suspeito, onde foram coletadas diversas provas físicas e virtuais.

Incitação ao ódio e à violência

De acordo com as investigações conduzidas nos dois países, o adolescente criou e passou a gerenciar um grupo na internet, no qual os participantes faziam forte apologia à violência e a atos de automutilação. Nas conversas, os integrantes eram induzidos a praticar maus tratos a animais. Todos esses atos eram filmados e compartilhados no grupo, com o objetivo de autopromoção em meio aos demais integrantes. Compartilhamento e venda de pornografia infantil também marcavam a interação entre os membros.

+ Ataques a escolas crescem nos últimos dois anos no Brasil, aponta estudo

Além disso, os integrantes do grupo difundiam propaganda extremista nazista e instigavam a prática de massacres em escolas, como o ocorrido em uma escola pública estadual, no bairro Sapopemba, na capital paulista, em 23 de outubro de 2023. O ataque resultou na morte da adolescente Giovanna Bezerra Silva, de 17 anos. Ela foi baleada na cabeça. Outras duas estudantes, de 15 anos, foram atingidas pelos disparos. Elas foram socorridas e tiveram alta hospitalar no mesmo dia do ataque.

Um adolescente de 16 anos cometeu o crime com um revólver calibre 38 do pai. Após ser apreendido, junto com a arma, ele declarou ter agido sozinho e deu versões conflitantes sobre o motivo do ataque. Mas acabou revelando ter sido incentivado e instruído a cometer o atentado por integrantes de um grupo, que seria o mesmo administrado pelo adolescente de 17 anos detido em Portugal.

Continuidade às apurações

Segundo o governo brasileiro, “em momento oportuno, a polícia portuguesa compartilhará os resultados da investigação com a Polícia Federal, a fim de dar continuidade às apurações no Brasil”. As polícias esperam elucidar, em âmbito internacional, o possível envolvimento de outras pessoas na incitação e no planejamento do massacre em Sapopemba.

A investigação conta com informações fornecidas pela unidade de Repressão a Crimes de Ódio da Diretoria de Combate a Crimes Cibernéticos da Polícia Federal.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Portugal
Brasil
Polícia Federal
Assassinato
Crime
São Paulo

Últimas notícias

2,6 bilhões de pessoas não estão conectadas à internet, diz ONU

2,6 bilhões de pessoas não estão conectadas à internet, diz ONU

Estudo da UIT aponta que uso da inteligência artificial pode reduzir a exclusão digital no planeta
Incêndios no Pantanal: Mato Grosso do Sul decreta situação de emergência

Incêndios no Pantanal: Mato Grosso do Sul decreta situação de emergência

Uma das medidas é dar permissão ao Corpo de Bombeiros para adentrar casas e prestar socorro às vítimas. Decreto vale por 180 dias
'Bactéria comedora de carne': mulher é infectada após cortar tornozelo no jardim

'Bactéria comedora de carne': mulher é infectada após cortar tornozelo no jardim

Britânica Louise Fawcett passou por 6 cirurgias após ser diagnosticada com fasciíte necrosante
Prefeitura do Rio de Janeiro desapropria terreno do Gasômetro para construir estádio do Flamengo

Prefeitura do Rio de Janeiro desapropria terreno do Gasômetro para construir estádio do Flamengo

Imóvel está localizado na zona portuária da cidade; decreto foi publicado nesta segunda (24)
AliExpress e Magalu fecham acordo inédito e venderão produtos em ambos marketplaces; entenda

AliExpress e Magalu fecham acordo inédito e venderão produtos em ambos marketplaces; entenda

Mudança foi anunciada por meio de comunicado ao mercado; ações da varejista da família Trajano disparam
Ampliação da TV digital: prazo para 250 municípios solicitarem ajuda federal termina na sexta (28)

Ampliação da TV digital: prazo para 250 municípios solicitarem ajuda federal termina na sexta (28)

Programa Brasil Digital implementa estações para transmissão de emissoras públicas e compartilhar infraestrutura com redes privadas
Caso Anic: defesa diz que filhos "não sabiam de nada"

Caso Anic: defesa diz que filhos "não sabiam de nada"

Advogada está desaparecida há 116 dias; Anic de Almeida foi vista pela última vez em Petrópolis, na Região Serrana do Rio de Janeiro
Elon Musk confirma o nascimento do 12º filho

Elon Musk confirma o nascimento do 12º filho

Bilionário diz em entrevista que novo herdeiro estava "longe de ser um segredo" e que divulgar um comunicado sobre a gestação seria "bizarro"
Grávida dá à luz presa em congestionamento após acidente entre ônibus e carreta em Minas Gerais

Grávida dá à luz presa em congestionamento após acidente entre ônibus e carreta em Minas Gerais

Ao todo, 12 pessoas se envolveram no acidente; seis foram socorridas com suspeita de fraturas, traumas, cortes e escoriações, mas nenhuma em estado grave
Homem coordenou sequestro de médica no Pará de dentro de presídio no Rio; entenda

Homem coordenou sequestro de médica no Pará de dentro de presídio no Rio; entenda

Ana Letícia Leite Sena Passos foi sequestrada na saída de um evento em Belém e levada para um cativeiro no município de Ananindeua
Publicidade
Publicidade