Publicidade

É possível comprovar tempo de trabalho sem ter carteira assinada? Entenda

Ainda que o trabalhador não esteja vinculado à CLT, pode se aposentar ou solicitar algum auxílio pelo INSS. Veja como

É possível comprovar tempo de trabalho sem ter carteira assinada? Entenda
Publicidade

É possível comprovar o tempo de trabalho oferecido em uma empresa na qual você é colaborador, mas não tem carteira assinada?

A resposta é: sim. Ainda que o trabalhador não tenha seu contrato vinculado à CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), ele pode utilizar a Justificativa Administrativa (JA), pelo Instituto Nacional de Seguridade Nacional (INSS).

+ Trabalhador recebe dobrado na sexta-feira santa? Veja perguntas e respostas

+ Desemprego sobe a 7,8% até fevereiro e renda segue em alta, diz IBGE

Segundo o advogado previdenciário trabalhista Washington Barbosa, para entrar com um procedimento no INSS você precisa já ter contribuído com a previdência. Cada tipo de benefício tem uma período específico necessário de contribuição.

Veja alguns exemplos:

  • Aposentadoria: 15 anos de contribuição para mulher (idade mínima: 60 anos) e 30 para homens (a partir dos 65 anos) - com exceção para pessoas com deficiência, que conseguem se aposentar apenas com o tempo de contribuição;
  • Auxílio-reclusão (benefício pago aos dependentes do segurando após ele ser preso): 24 meses de contribuição;
  • Auxílio-doença: 12 meses de contribuição (só pode pedir após 15 dias de afastamento do trabalho);
  • Auxílio-morte: 18 meses.

Além disso, para fazer a solicitação é necessário ter ao menos um documento que comprove o tempo de serviço prestado:

  • Comprovante de contracheque;
  • Comprovante de contrato assinado;
  • Recibo de pagamento;
  • Comprovante de férias;
  • Comprovante de pagamento sindical;
  • Extrato bancário mostrando os pagamentos efetuados pela empresa.

Barbosa ressalta que apesar de ser obrigatório apenas um, quanto mais documentos apresentados, mais chances o trabalhador terá de ter o benefício concedido.

Após isso, o INSS vai solicitar depoimentos de três a oito testemunhas, que são indicadas pelo trabalhador para comparecer à instituição. No entanto, elas não são intimadas a irem até o local como em casos judiciais.

"Eles vão fazer perguntas às testemunhas, que possam esclarecer e justificar o vínculo empregatício, o tempo de contribuição e de trabalho", explica

Segundo o advogado, no passado era mais complicado comprovar o tempo de trabalho do que hoje, já que o INSS não tinha o CNIS (Cadastro Nacional de Informações Sociais), o extrato previdenciário do contribuinte. O documento é responsável por apresentar o histórico de todas as contribuições feitas à Previdência Social.

Como solicitar a Justificativa Administrativa (JA)?

Primeiro, faça seu login no site do INSS. Depois, clique em "Agendamentos/Solicitações" e, na sequência, em "Novo Requerimento". Lá, você selecionará a opção "Outros Pedidos". Por último, clique em "Justificação Administrativa de Tempo de Serviço", preencha o formulário com os dados do período trabalhado, além das informações da empresa. No final, carregue em anexo os documentos que comprovam o tempo de trabalho e finalize a solicitação.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Brasil
Economia
Mercado de Trabalho
INSS
aposentadoria

Últimas notícias

Wegovy chega às farmácias brasileiras: saiba preços e as diferenças para o Ozempic

Wegovy chega às farmácias brasileiras: saiba preços e as diferenças para o Ozempic

Considerada uma das "canetas" mais potentes contra a obesidade, inicialmente vai ser distribuída nas "grandes cidades", informa a farmacêutica
Apoio de nomes da cultura pop a Kamala Harris pode impactar disputa com Trump? Veja análise

Apoio de nomes da cultura pop a Kamala Harris pode impactar disputa com Trump? Veja análise

Divas como Charli XCX e música de Beyoncé mobilizam campanha da vice-presidente nas redes sociais; artistas de cinema também endossam ex-senadora
Governo abre licitação para reforçar segurança externa da Penitenciária Federal de Mossoró (RN)

Governo abre licitação para reforçar segurança externa da Penitenciária Federal de Mossoró (RN)

Em fevereiro, local foi palco da primeira fuga de um presídio do Sistema Penitenciário Federal brasileiro da história
Ladrão invade casa enquanto família dormia e se arrepende depois

Ladrão invade casa enquanto família dormia e se arrepende depois

Câmera de segurança filmou assaltante dentro do quarto do casal
TSE diz que Boletim de Urna nas eleições brasileiras é "um relatório totalmente auditável”

TSE diz que Boletim de Urna nas eleições brasileiras é "um relatório totalmente auditável”

Manifestação veio após Maduro contestar, sem provas, fiscalização e segurança do pleito nacional
Justiça do Rio torna rés acusadas de matar empresário com brigadeirão

Justiça do Rio torna rés acusadas de matar empresário com brigadeirão

Suspeitas teriam cometido crime para ficar com bens da vítima
SP: Ladrão agride mulher com socos e chutes para roubar celular

SP: Ladrão agride mulher com socos e chutes para roubar celular

Idoso tenta interferir na agressão e ajudar a vítima
Justiça do Rio decide soltar filha do bicheiro Piruinha

Justiça do Rio decide soltar filha do bicheiro Piruinha

Monalliza Escafura estava presa desde o dia 18 de junho pelo crime de extorsão
Superior Tribunal de Justiça determina absolvição de jovem apontado como criminoso por reconhecimento fotográfico

Superior Tribunal de Justiça determina absolvição de jovem apontado como criminoso por reconhecimento fotográfico

Desembargador argumentou que recurso não deve ser o único indício para levar alguém à prisão "em razão de sua fragilidade”
RJ: idosa de 65 anos é espancada por assaltantes após dizer que não tinha dinheiro

RJ: idosa de 65 anos é espancada por assaltantes após dizer que não tinha dinheiro

Ela foi socorrida e levada para o hospital municipal de Nova Iguaçu em estado grave
Publicidade
Publicidade