Publicidade

Calendário do Enem no RS será diferente dos outros estados; entenda

Novas datas ainda não foram divulgadas pelo Ministério da Educação

Calendário do Enem no RS será diferente dos outros estados; entenda
Inscrições oficiais iniciam no dia 27 de maio| Reprodução/Redes sociais
Publicidade

Devido ao desastre causado pelas chuvas no Rio Grande do Sul, o calendário do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para os candidatos gaúchos será diferente dos estudantes de outros estados. A informação foi dada nesta segunda-feira (20) pelo ministro da Educação, Camilo Santana.

Na próxima segunda-feira (27), começam as inscrições para o Enem no restante do país. Os interessados devem se inscrever até o dia 7 de junho.

As datas do exame para o Rio Grande do Sul ainda não foram divulgadas pelo Ministério da Educação (MEC). A pasta também avalia estabelecer isenção de taxa para todos os alunos do estado que foram afetados pela tragédia.

O ministro Camilo Santana participou nesta manhã da reunião ministerial na Sala de Situação, no Palácio do Planalto, coordenada pelo ministro-chefe da Casa Civil da Presidência da República, Rui Costa, e pelo ministro da Secretaria Extraordinária da Presidência da República para Apoio à Reconstrução do Rio Grande do Sul, Paulo Pimenta.

Segundo Santana, o papel de Pimenta é o de agilizar um canal direto para coordenar todas as ações entre o governo federal e o estado. Ele disse ainda que aguarda o envio dos planos de ação pelas secretarias municipais de Educação do Rio Grande do Sul para viabilizar a ajuda do governo federal para o retorno das aulas.

De acordo com o ministro, o Ministério da Educação tem realizado o mapeamento das localidades afetadas e planejado as ações em cada área para garantir todo o apoio necessário ao estado.

Vale lembrar que houve flexibilização do calendário escolar para o Rio Grande do Sul, já que as escolas gaúchas estão dispensadas de cumprir o mínimo de dias letivos, devido aos impactos das enchentes no estado.

Repasses

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia vinculada ao Ministério da Educação (MEC), começou a enviar hoje os recursos extraordinários do governo federal em benefício dos municípios afetados pela calamidade pública no Rio Grande do Sul.

Os créditos para o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) vão permitir que as prefeituras usem o valor que iria para as escolas para apoiar a alimentação das famílias dos alunos afetados. O ministro adiantou que, ainda nesta semana, os repasses federais destinados ao Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) serão destinados à limpeza das unidades, neste momento inicial. Para reformas, a previsão é de que novos recursos sejam anunciados, posteriormente.

Camilo Santana destacou que a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) anunciou no final da semana passada a antecipação do pagamento das bolsas dos programas de pós-graduação e de formação de professores da educação básica no Rio Grande do Sul. Com essa medida, mais de 10 mil beneficiários receberão, nesta semana, os valores referentes aos auxílios de maio que seriam pagos até o quinto dia útil de junho.

*Com informações da Agência Brasil

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Enem
Estudante
estudo
Volta às aulas
Livro

Últimas notícias

Tempestade destelha casas, escolas e secretaria de Saúde no RS

Tempestade destelha casas, escolas e secretaria de Saúde no RS

Defesa Civil do estado classificou o fenômeno na cidade de São Luiz Gonzaga como uma "microexplosão"
Atirador fere nove pessoas e deixa criança em estado crítico após ataque nos EUA

Atirador fere nove pessoas e deixa criança em estado crítico após ataque nos EUA

Suspeito, de 42 anos, foi encontrado morto dentro de casa
Receita Federal organiza leilão de iPhone e produtos Apple com lance a partir de R$ 20 mil

Receita Federal organiza leilão de iPhone e produtos Apple com lance a partir de R$ 20 mil

No lote tem vários modelos de iPhone, iPad, Apple Watch, além de videogames PlayStation 5 e celulares da Xiaomi; saiba como dar seu lance
Polícia faz busca e apreensão contra motorista que atirou em carro por briga de trânsito em Boituva

Polícia faz busca e apreensão contra motorista que atirou em carro por briga de trânsito em Boituva

Discussão começou após uma ultrapassagem entre os veículos, seguida de uma colisão, na rodovia Castelo Branco, no interior de SP
Incêndio no Parque do Itatiaia: Corpo de Bombeiros não tem previsão para controle das chamas

Incêndio no Parque do Itatiaia: Corpo de Bombeiros não tem previsão para controle das chamas

Semana seria de comemorações já que, na quinta-feira (13), o local completou 87 anos; combate ao fogo chega a 48 horas
Após post de Elon Musk, rumor aponta para criação de um "celular X" em parceria com a Samsung

Após post de Elon Musk, rumor aponta para criação de um "celular X" em parceria com a Samsung

Rumores surgiram após bilionário dono da Tesla e SpaceX responder a uma publicação nas redes sociais; empresa coreana não se manifestou
Enem 2024: inscrição é reaberta para moradores do Rio Grande do Sul

Enem 2024: inscrição é reaberta para moradores do Rio Grande do Sul

Estudantes do estado não vão precisar pagar a taxa de inscrição; governo estudo nova data para a aplicação da prova
Quase 90% dos brasileiros querem mais transparência sobre o uso das imagens de IA

Quase 90% dos brasileiros querem mais transparência sobre o uso das imagens de IA

Segundo o relatório da Getty Images, mesmo com o aumento do uso da tecnologia de inteligência artificial, há interesse sobre como as imagens são manipuladas
Narrador está em estado grave após cair de cabine de transmissão

Narrador está em estado grave após cair de cabine de transmissão

Carlos Augusto Padilha transmitia jogo na Série C do Campeonato Interiorano em Santa Catarina
Brasil registra recorde de mortes em acidentes aéreos nos últimos 7 anos; entenda

Brasil registra recorde de mortes em acidentes aéreos nos últimos 7 anos; entenda

A cada cinco dias, uma pessoa morreu durante um deslocamento aéreo em território nacional por queda. Falhas humanas estão entre as principais causas
Publicidade
Publicidade