Publicidade

Federação Nacional das Escolas Particulares divulga nota de pesar

Para entidade atos de violência "acenderam alerta nos sindicatos associados"

Federação Nacional das Escolas Particulares divulga nota de pesar
ataque_creche_2_blumenau_05abr23
Publicidade

A Federação Nacional das Escolas Particulares (FENEP) divulgou uma nota de pesar, nesta 4ª feira (5.abr), sobre o ataque ocorrido na creche Cantinho Bom Pastor, em Blumenau, Santa Catarina.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Em nota, a FENEP "se solidariza com as famílias das crianças mortas e feridas, com os profissionais da instituição e toda a população da cidade afetada por essa tragédia."

E completou dizendo que "as instituições de ensino devem ser percebidos como locais sagrados que devem ser preservados e protegidos. Os recentes acontecimentos de violência acenderam um alerta nos sindicatos associados que criaram um comitê e vão apresentar, ainda em abril, um movimento nacional em prol da valorização da vida e da escola", finaliza.

Já o ministro da Educação, Camilo Santana, também pelas redes sociais, disse que "recebemos chocados a informação do ataque a uma creche em Santa Catarina, vitimando crianças indefesas e provocando uma dor imensurável às famílias e angústia à população. Minha solidariedade a todos diante dessa tragédia, que comove o país.", afirma a postagem no Twitter.

Flávio Dino, ministro da Justiça, também fez uma publicação:

O professor e pesquisador na Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (USP), Daniel Cara, falou sobre o ataque contra as crianças no Twitter. Disse que conversou com representantes do ministério da Educação para tratar da violência nas escolas de todo o país.

"O MEC articula a formulação de um Decreto Interministerial para o estabelecimento de um grupo de trabalho que elabore uma política nacional de combate à violência às escolas. Autorizaram esse anúncio pelo fato de que nosso relatório, elaborado na transição governamental, terá consequências positivas (partiremos para a ação). O Brasil vai reagir. E vamos trabalhar juntos.", publicou.

Além do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da primeira-dama Janja Lula da Silva, outros políticos prestaram solidariedade, como o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG).

"Ataque covarde a uma creche de Blumenau, em Santa Catarina, que resultou na morte de quatro crianças e ainda deixou feridos. Meus sentimentos aos familiares das vítimas, e minha solidariedade ao povo catarinense, diante de tamanha perplexidade. Enalteço a pronta ação da professora que protegeu vidas de inocentes. Que o caso receba o máximo rigor da lei. Precisamos acabar com esse ambiente de violência no país." disse Pacheco.

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), afirmou que "no que for preciso, a sociedade terá o meu apoio para endurecer as medidas punitivas aos que atentam contra a vida." O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) também se pronunciou:

"Que Deus conforte os familiares das vítimas do ataque brutal na creche Cantinho Bom Pastor em Blumenau (SC), que a justiça dos homens seja feita de forma implacável diante da certeza que as doces almas vitimadas serão recebidas pelos Anjos do Senhor!".

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
ataque
creche
crianças
violência
escolas
blumenau
lula
lira
pacheco
dino
bolsonaro
mortes

Últimas notícias

Ataques contra igrejas e sinagogas deixam mais de 15 mortos na Rússia

Ataques contra igrejas e sinagogas deixam mais de 15 mortos na Rússia

Homens armados invadiram os locais na tarde de domingo (23); autoridades investigam o caso
Caixa libera Bolsa Família de junho para beneficiários com NIS final 6

Caixa libera Bolsa Família de junho para beneficiários com NIS final 6

Valor pode ser sacado em agências bancárias ou movimentado virtualmente; calendário também conta com Auxílio Gás
SBT News na TV: Professores das universidades federais decidem encerrar greve

SBT News na TV: Professores das universidades federais decidem encerrar greve

Confira o que foi notícia ao longo do dia e os assuntos que serão destaque nesta segunda-feira (24); assista!
Netanyahu diz que combate intenso contra o Hamas está perto do fim, mas que guerra continuará

Netanyahu diz que combate intenso contra o Hamas está perto do fim, mas que guerra continuará

Primeiro-ministro israelense concedeu entrevista a uma emissora do país pela primeira vez desde o início da guerra
Universidades federais: professores decidem encerrar greve

Universidades federais: professores decidem encerrar greve

Paralisação nacional começou em abril. Retorno às aulas depende de decisão interna de cada instituição
Professores de ensino básico e técnico de instituições federais aceitam acordo e anunciam fim da greve

Professores de ensino básico e técnico de instituições federais aceitam acordo e anunciam fim da greve

Propostas de reajuste para as duas categorias foram aprovadas por 89 votos a 15
Testado na África, novo medicamento contra HIV alcança 100% de eficiência

Testado na África, novo medicamento contra HIV alcança 100% de eficiência

Ensaio clínico apontou que uma injeção semestral de lenacapavir deu proteção total contra o vírus
Número de peregrinos mortos na Arábia Saudita passa de 1.300

Número de peregrinos mortos na Arábia Saudita passa de 1.300

O ministro da Saúde saudita, Fahd bin Abdurrahman Al-Jalajel, disse que 83% das mortes são de peregrinos não autorizados
CNJ vai apurar esquema alvo da Polícia Federal de venda de sentenças no TJ paulista

CNJ vai apurar esquema alvo da Polícia Federal de venda de sentenças no TJ paulista

Luis Felipe Salomão, corregedor nacional de Justiça, abriu processo disciplinar contra desembargador Ivo de Almeida, afastado pelo STJ
“Achei que ela estava morta”, diz mãe após filha ser atacada por XL American Bully, no Reino Unido

“Achei que ela estava morta”, diz mãe após filha ser atacada por XL American Bully, no Reino Unido

A garota teve ferimentos em todo o corpo e espera por terapia há mais de um ano
Publicidade
Publicidade