Publicidade

Freixo defende ampliação do ensino integral e investimento em segurança

Pré-candidato ao governo do RJ diz ser contra legalização da maconha, de cassinos e mudança na lei do aborto

Freixo defende ampliação do ensino integral e investimento em segurança
Homem de terno falando em microfone
Publicidade

O pré-candidato do PSB ao governo do Rio de Janeiro, deputado federal Marcelo Freixo, afirmou nesta 5ª feira (14.jul) em entrevista ao programa Poder Expresso, do SBT News que caminhar junto com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ajuda demais. E disse que para mudar o Brasil, é necessário mudar o Rio de Janeiro. O parlamentar tem visitado muito a Baixada Fluminense e pretende promover educação em tempo integral, da primeira infância ao primeiro emprego, além de abrir a Casa do Empreendedor, que pretende apoiar os atuais e futuros empreendedores da cidade.

Freixo pontuou ainda que o Estado vive momentos de uma crise muito profunda, não apenas política, mas também econômica e social. E afirmou que "existe uma roubalheira na saúde, no transporte, e que o atual governo não tem autoridade, que o Estado não tem credibilidade". Indagado sobre a gestão do atual governador, disse que " Cláudio Castro é o Sérgio Cabral da terceira divisão".

Marcelo Freixo garantiu que na gestão dele, se eleito governador, não vai ter toma lá dá cá. Quer aquecer o turismo do Rio, que consequentemente vai gerar empregos. Se disse favorável à parceria público-privada. Afirmou que vai investir na polícia e que é necessário haver um sistema de inteligência, metas na segurança pública, uma polícia bem treinada e que respeita a vida. Defendeu que as favelas precisam ter espaço de prosperidade, que é necessário investir em educação para que haja segurança.

Sobre o anúncio feito nesta 4ª feira (13.jul), de Felipe Santa Cruz (PSD), que desistiu da candidatura ao governo do Rio e será o candidato a vice na chapa encabeçada por Rodrigo Neves (PDT), disse que não muda em nada na estratégia dele. Afirmou ter feito a maior aliança democrática da história e disse que já está falando há muito tempo, com evangélicos, empresários e policiais.

Em relação ao sistema de transporte, o pré-candidato afirmou que precisa existir um projeto, em que os usários sejam prioridade. O pré-candidato disse que estão faltando operações treinadas, com protocolo e planejamento. Que não adianta entrar nas comunidades para matar, morrer, e no dia seguinte estar tudo igual. Afirmou que não é possível acabar com a milícia apenas prendendo. Que precisa tirar do miliciano o domício das vans, da internet, do gás. Afirmou que é necessário ter um governo que olhe para a polícia como solução e não como problema.

O pré-candidato afirmou ser contra a legalização da maconha, dos cassinos e de mudanças na legislação do aborto.

Criado em Niterói, Marcelo Freixo, de 55 anos, do PSB, cursou economia e se formou em História pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Começou seu trabalho como educador em presídios do Rio. O primeiro mandato como deputado estadual, em 2007, foi marcado pela CPI das Milícias, em que presidiu a investigação, resultando na prisão de chefes de quadrilhas e no indiciamento de 226 suspeitos. A partir da CPI, Freixo passou a receber ameaças de morte. O trabalho realizado inspirou o filme Tropa de Elite 2.

Em 2014, foi o deputado estadual mais votado do Rio. Em seu terceiro mandato, Freixo foi relator da CPI que investigou execuções praticadas por policiais. Se candidatou duas vezes a prefeito do Rio, em 2012 e em 2016, quando chegou ao segundo turno, obtendo mais de 1 milhão, 160 mil votos. Em 2018, foi eleito deputado federal, sendo o candidato de esquerda mais votado no Rio. Em 2021, Freixo foi escolhido para ser o líder da Minoria da Câmara.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbtnews
marcelofreixo
precandidatogovernorio
portalnews
freixo
eleicoes
riodejaneiro
governodorio
politica

Últimas notícias

Melody sofre acidente a caminho de show no Rio de Janeiro

Melody sofre acidente a caminho de show no Rio de Janeiro

Van em que cantora estava ficou destruída: veja imagens
Brasileiro da marcha atlética disputará sua quarta Olimpíada em Paris

Brasileiro da marcha atlética disputará sua quarta Olimpíada em Paris

Caio Bonfim luta pela medalha que escapou nos Jogos do Rio, em 2016, quando conquistou o 4º lugar
Exclusivo: número de denúncias de maus-tratos a animais bate recorde em 2024

Exclusivo: número de denúncias de maus-tratos a animais bate recorde em 2024

Jornalismo do SBT teve acesso a uma operação da Polícia Ambiental de São Paulo, que mostra como o crime ainda desafia a fiscalização
Los Angeles abraça a automação: robôs entregam comida e carros sem motorista já são realidade

Los Angeles abraça a automação: robôs entregam comida e carros sem motorista já são realidade

Em alguns restaurantes da cidade, o pedido é na tela e a comida vem em um carrossel. Já as bebidas são trazidas por um robô, que interage com os clientes
Menina de 10 anos sobrevive a parada cardíaca que durou mais de uma hora

Menina de 10 anos sobrevive a parada cardíaca que durou mais de uma hora

Lara Sousa foi reanimada e agora recebeu um aparelho que ajuda o coração a bater no ritmo certo
Brasil conquista classificação histórica na ginástica para olimpíadas de Paris

Brasil conquista classificação histórica na ginástica para olimpíadas de Paris

Pela primeira vez na história dos Jogos, país consegue índice para disputar três categorias da modalidade
Barcelona deve aumentar taxa cobrada para turistas visitarem a cidade

Barcelona deve aumentar taxa cobrada para turistas visitarem a cidade

Autoridades da capital da Catalunha também planejam proibir aluguel de apartamentos por curta temporada
Casos de importunação sexual em São Paulo dobraram em um ano, diz pesquisa

Casos de importunação sexual em São Paulo dobraram em um ano, diz pesquisa

No ano passado, foram mais de 41 mil ocorrências em todo o Brasil, 48% a mais do que em 2022
Nego Di doou R$ 100 ao invés de R$ 1 milhão para campanha no RS durante enchentes, diz investigação

Nego Di doou R$ 100 ao invés de R$ 1 milhão para campanha no RS durante enchentes, diz investigação

Influencer é investigado pela suspeita de forjar comprovante de doação para vaquinha
Trump critica Biden e volta a prometer maior deportação de imigrantes nos EUA

Trump critica Biden e volta a prometer maior deportação de imigrantes nos EUA

Ex-presidente fez primeiro comício de campanha após atentado; veja destaques
Publicidade
Publicidade