Publicidade

"Resposta crítica aos cenários econômicos", diz autora de 'Vaca magra'

Artista cearense Márcia Pinheiro falou ao SBT News; obra foi instalada em frente à B3, em São Paulo

"Resposta crítica aos cenários econômicos", diz autora de 'Vaca magra'
Escultura de vaca magra amarela encapada com papel preto e transparente encostada na parede
Publicidade

A obra Vacas magras, da artista cearense Márcia Pinheiro, ficou poucas horas em frente ao prédio da bolsa de valores de São Paulo, a B3. Em entrevista ao SBT News, o produtor Rafael Rasmoke afirmou que a escultura deveria ficar no local até às 17h desta 5ª feira (9.nov), mas "sofreu ação do poder público".

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Rafael conta que a instalação da obra foi realizada às 7h30 e às 10h30 um servidor público da subprefeitura apareceu retirando os cartazes. "O cronograma que estava previsto era de encerramento às 17h, mas infelizmente não foi possível. A gente acabou sofrendo uma ação do poder público de SP. O rapaz chegou no local retirando todos os cartazes que estavam colados no chão com a identificação e nome da obra. Em seguida ele já chega com o serviço de remoção", disse.

+ Artista instala "vaca magra" em frente à Bolsa de Valores de SP

O produtor afirma que foi abordado com tranquilidade pela Polícia Militar e optou por fazer sozinho a retirada da arte. "Com a chegada da base metropolitana de São Paulo mais a equipe de remoção, eu tive que agir rapidamente retirando a obra do local. Aí eu sofri uma segunda abordagem que foi da PM municipal de São Paulo. Uma abordagem tranquila também. Ao ser liberado, eu levei a obra até um estacionamento, embrulhei ela novamente e esperei a equipe do transporte buscar para que ela não fosse levada."

Em nota, a Prefeitura de São Paulo informou que, logo que teve conhecimento da ação, uma equipe de fiscalização da Subprefeitura da Sé foi ao local para realizar a retirada da escultura, visto que não havia pedido de autorização. "No entanto, o objeto, que foi instalado na manhã desta 5ª feira (9.dez), já havia sido retirado", afirmou.

A autora da obra contou ao SBT News que começou a realizar o projeto Vacas magras em 2011 para refletir a pobreza e a seca no Nordeste. O trabalho se espalhou por outras cidades e, segundo ela, São Paulo já estava nos planos. "Já tinha essa vontade de levar a São Paulo, só não tinha coragem. Moro muito longe. O que me incentivou foi a questão do touro, coloquei no mesmo lugar exatamente para as pessoas relacionarem, impactarem", explicou.

Quando questionada sobre o que a obra significava, Márcia disse que sua arte "é de posicionamento, protesto e uma resposta crítica aos cenários econômicos e culturais".

A artista ainda afirma que não desistiu de expor a vaca magra: "Eu até pensei em pedir autorização da Prefeitura para continuar, porque não estava agredindo, é uma forma de expressão".

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

márcia pinheiro
vacas magras
bolsa de valores
retirada
nordeste
entrevista
touro
b3
são paulo
brasil
luiza-bervian

Últimas notícias

Mulheres que atacaram casal gay em padaria são denunciadas

Mulheres que atacaram casal gay em padaria são denunciadas

Crime foi registrado em estabelecimento no centro de São Paulo; denúncia inclui injúria, ameaça e lesão corporal
Presidente do Irã morto em queda de helicóptero será enterrado nesta quinta-feira (23)

Presidente do Irã morto em queda de helicóptero será enterrado nesta quinta-feira (23)

Corpo de Ebrahim Raisi vem sendo velado desde o início da semana; enterro será na cidade de Mashhad
Morre mulher que teria sido espancada por fisiculturista

Morre mulher que teria sido espancada por fisiculturista

Suspeito segue preso e câmeras registraram quando o homem sai do condomínio carregando a vítima desacordada
Brasil se aproxima de 3 mil mortes por dengue em 2024

Brasil se aproxima de 3 mil mortes por dengue em 2024

Ministério da Saúde já confirma 2.959 óbitos pela doença; outros 2.662 estão sob investigação
CONTEXTUALIZANDO: Detentos em abrigos do RS são do semiaberto e não têm relação com crimes de violência sexual

CONTEXTUALIZANDO: Detentos em abrigos do RS são do semiaberto e não têm relação com crimes de violência sexual

Confira a verificação realizada pelos jornalistas integrantes do Projeto Comprova
Polícia da Bahia se consolida como a que mais mata no Brasil em 2024

Polícia da Bahia se consolida como a que mais mata no Brasil em 2024

Estado deixa para trás SP e RJ na lista de letalidade policial; em média, 18 pessoas foram mortas por dia por agentes de segurança no Brasil no 1º trimestre
Brasil Agora: Lixo toma conta de ruas em Porto Alegre; Lula sanciona Perse

Brasil Agora: Lixo toma conta de ruas em Porto Alegre; Lula sanciona Perse

Confira essas e outras notícias que serão destaque nesta quinta-feira (23)
Derrotada nas primárias, Nikki Haley anuncia voto em Trump nas eleições dos EUA

Derrotada nas primárias, Nikki Haley anuncia voto em Trump nas eleições dos EUA

Política foi o último obstáculo para a nomeação do ex-presidente no Partido Republicano
Imposto de Renda 2024: Receita abre consulta ao 1º lote de restituição nesta quinta-feira (23)

Imposto de Renda 2024: Receita abre consulta ao 1º lote de restituição nesta quinta-feira (23)

Créditos somam R$ 9,5 bilhões e serão depositados para mais de 5,5 milhões de contribuintes
Médico é afastado após negar atestado para mãe cuidar de filho doente

Médico é afastado após negar atestado para mãe cuidar de filho doente

Profissional alegou que criança de cinco anos poderia ficar sozinha em casa; Conselho Regional de Medicina do Paraná investiga o caso
Publicidade
Publicidade