Publicidade

Laudo confirma que MC Kevin consumiu droga antes da queda

Análise laboratorial detectou vestígios de cafeína e MD

Laudo confirma que MC Kevin consumiu droga antes da queda
Kevin
Publicidade

A Polícia divulgou, nesta 6ª feira (28.mai), laudo que aponta que o funkeiro MC Kevin havia consumido drogas antes da queda que o levou à morte, no último dia 16, no Rio de Janeiro.

"De acordo com as técnicas utilizadas, foi possível detectar no material analisado duas substâncias compatíveis com os padrões de cafeína e Metilenodioximetanfetamina (MDMA)", diz o documento.

A polícia ressaltou, porém, que "o laboratório de toxicologia não dispõe de metodologia para quantificação destas substâncias". "Portanto, não há elementos
para afirmar se as mesmas foram utilizadas em doses usuais ou excessivas."

Depoimentos de testemunhas indicavam que o cantor havia consumido MD no dia anterior à queda, durante apresentação de um colega funkeiro. Horas antes da morte, enquanto estava em um quiosque em uma praia da Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio de Janeiro, Kevin teria ingerido bebidas alcóolicas e fumado maconha.

Kevin, de 23 anos, morreu após cair do 5º andar do hotel em que estava hospedado, na Barra da Tijuca. O cantor estava na companhia de um amigo, conhecido como MC VK, e de uma modelo, que fazia sexo com ambos. A polícia suspeita que ele tenha tentado passar para o andar de baixo pela sacada -- por circunstâncias ainda não esclarecidas, mas possivelmente para fugir da esposa, que estava no 11º andar --, mas acabou caindo e morrendo, pouco depois, no hospital.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
brasil
mc kevin
kevin
drogas
md

Últimas notícias

Empresário morre ao cair de paramotor no interior de SP

Empresário morre ao cair de paramotor no interior de SP

Vítima estaria fazendo manobras arriscadas e perdeu o controle do equipamento
Quina de São João vai pagar R$ 220 milhões no sábado (22); saiba como apostar

Quina de São João vai pagar R$ 220 milhões no sábado (22); saiba como apostar

Segundo a Caixa Econômica Federal, o apostador que levar a fortuna terá um rendimento de R$ 1,2 milhão no primeiro mês
ENGANOSO: Lula não foi excluído de foto do G7 que mostra apenas os líderes dos países-membros

ENGANOSO: Lula não foi excluído de foto do G7 que mostra apenas os líderes dos países-membros

Confira a verificação realizada pelos jornalistas integrantes do Projeto Comprova
Brasil Agora ao vivo: Toffoli diverge sobre maconha, Lula critica presidente do BC e mais notícias do dia

Brasil Agora ao vivo: Toffoli diverge sobre maconha, Lula critica presidente do BC e mais notícias do dia

Confira esses e outros assuntos que são destaques nesta sexta-feira (21)
SBT News na TV: Polícia indicia mãe, irmão e mais 9 pessoas no caso da ex-sinhazinha Djidja Cardoso

SBT News na TV: Polícia indicia mãe, irmão e mais 9 pessoas no caso da ex-sinhazinha Djidja Cardoso

Confira o que foi notícia ao longo do dia e os assuntos que serão destaque nesta sexta-feira (21); assista!
Mega-Sena acumula e chega a R$ 86 milhões; veja os números sorteados

Mega-Sena acumula e chega a R$ 86 milhões; veja os números sorteados

Quina teve 79 apostas ganhadoras, que vão receber mais de R$ 40 mil cada
Dez trabalhadores são regatados pela PF em situação análoga a escravidão no Mato Grosso do Sul

Dez trabalhadores são regatados pela PF em situação análoga a escravidão no Mato Grosso do Sul

Ação durou pouco mais de duas semanas em propriedades rurais na região do Pantanal
Deputada cassada por fazer harmonização com dinheiro público diz que provas foram forjadas

Deputada cassada por fazer harmonização com dinheiro público diz que provas foram forjadas

Silvia Waiãpi é acusada de utilizar recursos do Fundo Campanha para pagar o procedimento. Confira entrevista ao Poder Expresso
Governo define regras mais rígidas para distribuidoras de energia

Governo define regras mais rígidas para distribuidoras de energia

Segundo as novas normas, a satisfação do consumidor será um dos critérios de avaliação
Polícia do DF prende suspeitos de chefiar quadrilha que realizava falsos sequestros

Polícia do DF prende suspeitos de chefiar quadrilha que realizava falsos sequestros

Segundo as investigações, o grupo atuava em 15 estados
Publicidade
Publicidade