Superando a Crise

Superando a Crise

Coluna aborda os desafios de gestão e administração de empresas diante dos vários cenários impostos no universo da administração e economia.

Economia

Procure ajuda de especialistas para assuntos que não domine

Busque ajuda de profissionais que tenham mais conhecimento do que você. Isso poupa tempo, dinheiro e recursos a longo prazo

Procure ajuda de especialistas para assuntos que não domine

08/02/2024 às 13:12

Por vezes, ao gerir uma empresa, pode ser fundamental que você busque ajuda de especialistas, que tenham mais conhecimento do que você, sobre determinados assuntos, para garantir que a empresa esteja no caminho certo. Fazer isso pode lhe poupar tempo, dinheiro e recursos a longo prazo.

+ Conheça os colunistas do SBT News

Essa assessoria externa pode ser em qualquer área: jurídica, tecnológica, transformação digital, contábil, fiscal, operacional (para otimizar o negócio), recursos humanos, estratégia…

Enfim, em qualquer área no qual a ajuda externa for complementar e saudável. Isso também vale para empresários, gestores, executivos, consultores, que possam ser contratados por empresários para gerirem suas empresas.

É muito comum também contar com a ajuda de especialistas setoriais -- por exemplo, algum segmento específico como alimentos e bebidas, agro e entre outros --, além de funcionais.

Especialmente quando empresas enfrentam mudanças complexas, a ajuda externa, experiente no tema, pode fazer a diferença.

Entre as vantagens de ter especialistas ao seu lado, está a possibilidade de acesso a visões valiosas, sobre assuntos que você domina profundamente, de maneira que não cometa erros dispendiosos, ocasionados pela falta de conhecimento, por vezes cruciais, e que poderiam ser evitados.

O famoso “barato” acaba saindo “caro” à medida que você salva recursos ao não ser guiado por especialistas, mas perde muito mais ao ter que refazer o que fez mal feito (ou não ótimo), ou mesmo casos mais graves, como perder clientes ou colocar a própria empresa em risco.

Abaixo, relaciono alguns motivos para empresas contratarem ajuda externa.

1. Redesenho operacional ou melhoria de desempenho

Especialistas podem ajudar a melhorar o desempenho da empresa | Imagem gerada por IA
Especialistas podem ajudar a melhorar o desempenho da empresa | Imagem gerada por IA

Empresa com baixo desempenho operacional, precisando melhorar rapidamente sua eficiência: vários fatores podem ocasionar desempenho abaixo do esperado.

Em alguns casos, o problema pode ser rastreado até indivíduos ou departamentos específicos. Em outros, a questão pode ser sistêmica e exigir abordagem abrangente.

  • Se for em ambos os casos, pode ser necessário buscar ajuda de um especialista em redesenho operacional ou melhoria de desempenho, que conseguirá identificar rapidamente as causas raiz do problema e desenvolver planos de melhoria.
  • Essa ajuda também fornecerá orientação e apoio aos funcionários, à medida que implementarem as mudanças.
  • Em muitos casos, a presença desse profissional pode ajudar a motivar e encorajar os funcionários, que podem ser resistentes às mudanças.

2. Novos desafios e oportunidades

Busque ajuda de um especialista em desempenho para identificar as causas do problema | Imagem gerada por IA
Busque ajuda de um especialista em desempenho para identificar as causas do problema | Imagem gerada por IA

Empresa com desafios ou oportunidades específicas, precisando tomar decisões importantes: empresas podem requerer assistência externa para lidar com situações específicas e pontuais.

  • Por exemplo, uma empresa pode estar considerando expandir para um novo mercado e precisa de análises mercadológicas e estudos de viabilidade, ou pode enfrentar uma ação judicial, e precisa de assessoria com o controle de danos.
  • Vários exemplos de formas de ajuda podem ser dados aqui, dentre os quais a formação de conselho de administração ou consultivo, cuja atribuição inclui auxílio aos executivos nas tomadas de decisões e direcionamento estratégico.

3. Ouvir uma opinião isenta

Especialistas ajudam executivos nas tomadas de decisões e direcionamento estratégico | Imagem gerada por IA
Especialistas ajudam executivos nas tomadas de decisões e direcionamento estratégico | Imagem gerada por IA

Empresa precisa de opinião sem conflito de interesse sobre questões específicas: a empresa pode precisar de opinião objetiva e imparcial sobre determinado assunto, de alguém que não esteja diretamente relacionado com o negócio e, portanto, não tem interesse por uma ou outra solução, mas sim, fará uma análise criteriosa e racional sobre os prós e contras de cada caso.

  • Por exemplo, a empresa pode estar considerando mudar seu modelo de negócios e necessita de um terceiro independente, sem viés ou interesse no negócio, para rever o plano de negócios e oferecer recomendação adequada.
  • Consultorias independentes podem fornecer esse tipo de trabalho. Elas podem ajudar a facilitar a discussão na empresa, para que todas as partes interessadas tenham a oportunidade de expressar suas opiniões.

4. Reforço na equipe

Funcionários terceirizados podem ser um reforço para demandas específicas da empresaEspecialistas que sabem mais que você ajudam no desempenho da empresa | Imagem gerada por IA
Funcionários terceirizados podem ser um reforço para demandas específicas da empresaEspecialistas que sabem mais que você ajudam no desempenho da empresa | Imagem gerada por IA

Empresa com demanda de pessoal extra, temporário ou não, para complementar seu time: isto pode ser devido a uma alta carga de trabalho pontual ou a uma falta de habilidades específicas dentro da organização.

  • Existem diversas empresas especializadas em terceirização de mão de obra, desde as mais simples, como serviços gerais, até as mais sofisticadas, como pesquisadores.
  • É importante saber onde encontrar habilidades e a experiência necessárias para o momento específico pelo qual a empresa está passando.
  • O terceiro contratado pode ajudar a aliviar a carga de trabalho do pessoal interno e auxiliar na entrega eficaz de projetos ou atividades.

5. Ampliar o networking

É importante valorizar o network para encontrar profissionais que ajudem a empresa a crescer | Imagem gerada por IA
É importante valorizar o network para encontrar profissionais que ajudem a empresa a crescer | Imagem gerada por IA

Empresa almejando acessar rede de contatos e recursos que ainda não possui: expandir redes de contato, objetivando acessar novos mercados, novos clientes, fornecedores, investidores ou fontes de financiamento, é comum.

  • Por vezes, é menos custoso alavancar-se na rede de outrem, que levou décadas para desenvolvê-la, do que fazer isso “dentro de casa”, até porque, na maior parte das vezes, a rede de contatos sai da empresa quando os executivos a deixam.
  • É maduro o empresário que percebe isso, e valoriza o network do profissional que está contratando para assessorá-lo.
  • Em casos de problemas financeiros da empresa, este profissional poderá ainda “emprestar” sua reputação, de forma que a empresa consiga renegociar dívidas ou levantar recursos adicionais necessários para a sua operação.

6. Especialistas são essenciais

É importante que empresários contratem especialistas | Imagem gerada por IA
É importante que empresários contratem especialistas | Imagem gerada por IA

Empresa com desafio de promover e implementar mudanças: ao passar por momentos de crise ou mudança, é importante que empresários contratem especialistas. Sabemos que o clínico geral e o cirurgião plástico são médicos, mas um não faz o trabalho do outro, pelo menos de forma eficiente.

  • Colocar o futuro da empresa, que está em momento de virada, nas mãos de pessoas inexperientes é colocar a vida de um paciente que acabou de sofrer um acidente nas mãos de um clínico geral. As chances de fracasso são elevadas.
  • Especialistas em gestão de mudanças são fundamentais nessas situações, e empresários conscientes, que contam com esse tipo de profissional, tendem a ter mais sucesso.
  • Esses profissionais irão ajudar o time da empresa a desenvolver e implementar planos de ação e, por vezes, de sobrevivência.

+ Leia as colunas de Estevão Seccatto

Publicidade
Publicidade
Publicidade