Publicidade

Rede social X, antigo Twitter, inicia pagamentos a usuários por engajamento

Contas verificadas do X Premium começam a receber pelo envolvimento na plataforma, mas sem detalhes de remuneração

Rede social X, antigo Twitter, inicia pagamentos a usuários por engajamento
Rede social X
Publicidade

A remuneração pelo engajamento gerado na rede social X, anteriormente conhecida como Twitter, já está sendo realizada para as contas verificadas. Os primeiros pagamentos foram efetuados na semana passada.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Em julho, Elon Musk, proprietário da plataforma, anunciou planos para monetizar os criadores de conteúdo. Contudo, somente os usuários com a inscrição do serviço X Premium - antes chamado de Twitter Blue - estão habilitados a receber a remuneração. A assinatura deste serviço tem um custo de R$ 440 por ano, equivalente a cerca de R$ 36 mensais.

Para ser elegível à remuneração, os usuários precisam cumprir três critérios: acumular pelo menos 5 milhões de visualizações em suas postagens nos últimos três meses, ter um valor mínimo de US$ 10 a receber e contar com no mínimo 500 seguidores.

Na última 6ª feira (11.ago), houve uma flexibilização nas regras de monetização, já que anteriormente era necessário obter 15 milhões de visualizações e pelo menos US$ 50 para receber pagamentos.

"Reduzimos o limite para qualificação no compartilhamento de receitas de anúncios de 15 milhões para 5 milhões de visualizações nos últimos 3 meses. Também diminuímos o valor mínimo de pagamento de US$ 50 para US$ 10. Assine o Premium para acessar", compartilhou a empresa.

Elon Musk não esclareceu detalhadamente o cálculo por trás da remuneração. De acordo com o bilionário, a métrica não é baseada somente no número de visualizações das publicações, mas também no volume de anúncios exibidos para outros usuários verificados.

O programa de remuneração no X possibilita que os usuários sejam pagos de acordo com o número de visualizações alcançadas pelos anúncios exibidos em resposta ao conteúdo que publicam. A empresa segue um cronograma determinado para efetuar esses pagamentos. Além de serem assinantes pagos, os usuários precisam se inscrever no programa de pagamentos para participar.

Os primeiros pagamentos foram processados na primeira semana de agosto. Em duas mensagens publicadas, a empresa explicou o atraso nos pagamentos, alegando que "o número de inscrições para compartilhamento de receitas de anúncios ultrapassou as expectativas".

No mesmo comunicado de 4 de agosto, a rede informou que precisava de "um pouco mais de tempo para revisar tudo". Os pagamentos começaram três dias depois.

+ Twitter agora é 'X': Entenda as mudanças da rede social de Elon Musk

Caso uma conta não atenda a algum dos critérios de elegibilidade ou viole os termos de uso da plataforma, o X envia notificações aos usuários. A empresa ressalta que pode "rejeitar inscrições a seu critério exclusivo, incluindo por razões comerciais, financeiras ou legais".

*Estagiário sob supervisão Camila Stucaluc

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbt
sbtnews
portalnews
tecnologia
mundo
rede
social
x
twitter
elon
musk
pagamento
remuneracao
engajamento
usuarios
repasse
premium

Últimas notícias

Brasil ultrapassa marca de 6 milhões de casos de dengue em 2024

Brasil ultrapassa marca de 6 milhões de casos de dengue em 2024

SP e MG seguem liderando ranking de infecções; número de mortes confirmadas chega a 4 mil
Ataques contra igrejas e sinagogas deixam mais de 15 mortos na Rússia

Ataques contra igrejas e sinagogas deixam mais de 15 mortos na Rússia

Homens armados invadiram os locais na tarde de domingo (23); autoridades investigam o caso
Caixa libera Bolsa Família de junho para beneficiários com NIS final 6

Caixa libera Bolsa Família de junho para beneficiários com NIS final 6

Valor pode ser sacado em agências bancárias ou movimentado virtualmente; calendário também conta com Auxílio Gás
SBT News na TV: Professores das universidades federais decidem encerrar greve

SBT News na TV: Professores das universidades federais decidem encerrar greve

Confira o que foi notícia ao longo do dia e os assuntos que serão destaque nesta segunda-feira (24); assista!
Netanyahu diz que combate intenso contra o Hamas está perto do fim, mas que guerra continuará

Netanyahu diz que combate intenso contra o Hamas está perto do fim, mas que guerra continuará

Primeiro-ministro israelense concedeu entrevista a uma emissora do país pela primeira vez desde o início da guerra
Universidades federais: professores decidem encerrar greve

Universidades federais: professores decidem encerrar greve

Paralisação nacional começou em abril. Retorno às aulas depende de decisão interna de cada instituição
Professores de ensino básico e técnico de instituições federais aceitam acordo e anunciam fim da greve

Professores de ensino básico e técnico de instituições federais aceitam acordo e anunciam fim da greve

Propostas de reajuste para as duas categorias foram aprovadas por 89 votos a 15
Testado na África, novo medicamento contra HIV alcança 100% de eficiência

Testado na África, novo medicamento contra HIV alcança 100% de eficiência

Ensaio clínico apontou que uma injeção semestral de lenacapavir deu proteção total contra o vírus
Número de peregrinos mortos na Arábia Saudita passa de 1.300

Número de peregrinos mortos na Arábia Saudita passa de 1.300

O ministro da Saúde saudita, Fahd bin Abdurrahman Al-Jalajel, disse que 83% das mortes são de peregrinos não autorizados
CNJ vai apurar esquema alvo da Polícia Federal de venda de sentenças no TJ paulista

CNJ vai apurar esquema alvo da Polícia Federal de venda de sentenças no TJ paulista

Luis Felipe Salomão, corregedor nacional de Justiça, abriu processo disciplinar contra desembargador Ivo de Almeida, afastado pelo STJ
Publicidade
Publicidade