Publicidade

Polícia investiga criminosos que se passavam por ministros de Lula para pedir Pix

Apuração da PCDF durou seis meses; grupo utilizava imagens e nomes de políticos do governo para solicitar ajuda financeira

Polícia investiga criminosos que se passavam por ministros de Lula para pedir Pix
Polícia investiga criminosos que se passavam por ministros de Lula para pedir Pix (Reprodução/PCDF)
Publicidade

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) realizou, nesta 3ª feira (7.nov), a Operação Alto Escalão, mirando criminosos que se passavam por ministros do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para pedir transferências via Pix.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Após seis meses de investigação, agentes da PCDF, com apoio das polícias civis de Pernambuco e Paraíba, cumpriram sete mandados de busca e apreensão em Recife (PE) e um em João Pessoa (PB).

A apuração começou após ministros procurarem a 5ª Delegacia de Polícia (Asa Norte, na área central de Brasília) para denunciar a utilização de nomes e imagens de representantes do governo no cometimento de crimes.

Dez integrantes do grupo foram identificados e podem responder por fraude eletrônica (pena prevista de quatro a oito anos de prisão) e associação criminosa (um a três anos de prisão).

Segundo a investigação da PCDF, os suspeitos clonavam perfis dos ministros em aplicativos de mensagens e usavam imagens e informações coletadas na internet para transmitir autenticidade ao golpe.

"Os autores entravam em contato com diretores e presidentes de órgãos públicos e privados e solicitavam ajuda. Geralmente, com o pretexto de ajudar terceiras pessoas, os falsos ministros contatavam as vítimas e lhes pediam que realizassem transferências via Pix para alguma pessoa necessitada. Os autores diziam que os ministros não poderiam transferir diretamente, pois não poderiam vincular seu some a tal pessoa e que, depois de feito o pagamento solicitado, eles ressarciriam a vítima", detalha a PCDF em comunicado.

Os investigadores citam caso em que um criminoso, se passando por um ministro, fez contato com o presidente de uma associação comercial do interior de São Paulo. O falso ministro disse que uma pessoa ligada a ele teria morrido e, então, solicitou ajuda para repasse financeiro à família.

O criminoso pediu que a associação fizesse a transferência e prometeu ressarcimento. "Os autores tinham conhecimento da agenda das autoridades públicas pelas quais se passavam, pois tal ministro teria tido um compromisso político naquela mesma região, dias antes, e a associação comercial vítima teria participado do encontro", explica a PCDF.

Depois da operação desta 3ª, a polícia tenta identificar o número de vítimas enganadas e de autoridades públicas utilizadas nos golpes, bem como quantificar o lucro obtido pelos suspeitos e o destino desse dinheiro.

Leia também:

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbtnews
portalnews
noticias
pcdf
polícia
governo lula
pix
golpe
fraude
operação alto escalão
recife
pernambuco
joão pessoa
pb

Últimas notícias

Miss Buenos Aires de 60 anos fica sem coroa na etapa nacional

Miss Buenos Aires de 60 anos fica sem coroa na etapa nacional

Modelo viralizou nas redes sociais ao vencer o Miss Universo em abril; prêmio foi para a Magalí Benejam, da província de Córdoba
SBT lança "live da transparência" em tenda de doações

SBT lança "live da transparência" em tenda de doações

Iniciativa transmitirá a movimentação ao vivo na tenda de doações e conferência dos itens no galpão da Jequiti
Histórias Inspiradoras de Adoção: amor e acolhimento transformam vidas

Histórias Inspiradoras de Adoção: amor e acolhimento transformam vidas

No Dia Nacional da Adoção, conheça relatos emocionantes de crianças e adolescentes que encontraram lares repletos de carinho e dedicação
Cachorros resgatados das enchentes do RS são colocados para adoção em feira de Florianópolis

Cachorros resgatados das enchentes do RS são colocados para adoção em feira de Florianópolis

Feira contou com cerca de 40 animais que precisam de um novo lar
Sala Lilás: entenda a função desse espaço de atendimento a mulheres que são vítimas de violência

Sala Lilás: entenda a função desse espaço de atendimento a mulheres que são vítimas de violência

Desde final de abril, Unidades Básicas de Saúde são obrigadas a ter salas. Humanização do atendimento é apontada por especialistas e vítimas como fundamental
Fiéis lotam a Praça da Apoteose durante a Marcha para Jesus, no Rio de Janeiro

Fiéis lotam a Praça da Apoteose durante a Marcha para Jesus, no Rio de Janeiro

Estimativa é de que cerca de 40 mil pessoas participaram da 17ª edição do evento
Desastres naturais forçaram 26 milhões de deslocamentos internos em 2023, diz relatório

Desastres naturais forçaram 26 milhões de deslocamentos internos em 2023, diz relatório

Refúgio climático, que também acontece no Brasil, alerta para a necessidade de uma política nacional de amparo às vítimas de impactos ambientais
Cidades do Vale do Taquari seguem arrasadas pelas inundações no RS

Cidades do Vale do Taquari seguem arrasadas pelas inundações no RS

Moradores contabilizam o caos causado pelas enchentes; Exército vai refazer travessias levadas pelas cheias
Pescadores de Pelotas lamentam perdas pelas chuvas: “Imensidão horrível de água”

Pescadores de Pelotas lamentam perdas pelas chuvas: “Imensidão horrível de água”

Região do Rio Grande do Sul lida com dificuldades por aumento do nível das águas. Em outros locais, população enfrenta situação de frio
Israel ignora decisão da Corte Internacional de Justiça e bombardeia sul de Gaza

Israel ignora decisão da Corte Internacional de Justiça e bombardeia sul de Gaza

Órgão máximo da ONU para deliberar sobre disputas entre Estados havia determinado fim de ataques a Rafah
Publicidade
Publicidade