Publicidade

Guarda Municipal atira três vezes contra vizinho negro no interior de SP

Família da vítima acusa o atirador de tentativa de homicídio, racismo e injúria racial

Guarda Municipal atira três vezes contra vizinho negro no interior de SP
Publicidade

Um guarda municipal está sendo procurado depois atirar três vezes em um vizinho, em Mogi das Cruzes, no interior de São Paulo. Além da tentativa de homicídio, a família da vítima vai processar o atirador por racismo e injúria racial. Câmeras de segurança gravaram os crimes.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

O acusado, José Carlos de Oliveira, aparece nas imagens, no começo do mês, caminhando com o cachorro e, de repente, joga uma casca de banana no chão. No dia seguinte, ele tira mais uma casca do bolso e atira na calçada do vizinho.

Nesta 4ª feira (23.nov), José Carlos foi mais longe. O guarda conversa com Pedro Azpilicueta Neto, de 28 anos. O rapaz pega o celular na mochila para gravar as ofensas racistas. Irritado, o guarda municipal pega uma barra de ferro e dá dois golpes na vítima.

Ele entra em casa e, segundos depois, volta com uma arma na mão. O guarda mira na vítima e dispara três vezes.

O pai de Pedro, Jefferson Azpilicueta, acordou com o barulho dos tiros e socorreu o filho: "você ter seu filho baleado quase morto na sua frente, você ter que sair carregando ele sem saber o que ia acontecer, você fica pensando, por que uma pessoa fez isso?".

Pedro contou ao pai o que ouviu do guarda municipal. Segundo ele, o guarda começou a xingar ele e seus pais, e teria chamado sua mãe de "macaca suja", momento em que ele ficou nervoso.

Pedro foi atingido pelas costas por dois tiros. Um deles, pegou de raspão no rosto. O outro acertou o intestino. Ele está internado em um hospital e já passou por uma cirurgia.

O rapaz, que se recupera bem, conversou com a nossa equipe por telefone: "um misto de indignado com raiva, enojado. Eu já passei várias situações de racismo, não só com ele, mas nesse ponto extremo, eu não imaginava acontecer, sabe? Alguém tentar tirar a minha vida porque eu sou preto".

Quatro anos atrás, o pai de Pedro quase passou pela mesma situação do filho. "Ele pegou a arma e apontou pra mim, ele tem muita raiva, muito ódio dentro dele", conta Jefferson.

Segundo a secretaria municipal de Segurança, o guarda estava licenciado, não tinha permissão para usar arma, o revólver não pertence à prefeitura. Agora, o guarda municipal, que está foragido, foi afastado.

"Esses indícios do racismo, as ofensas com injúria, os atos racistas como jogar uma casca de banana no portão ou dentro do quintal, isso não pode mais ser encarado pela sociedade brasileira como 'mimimi', porque a gente viu que se a gente for deixando acontecer culmina nisso que a gente está vendo aqui", afirma o advogado da vítima, Ewerton Carvalho.

Leia também:

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbtnews
portalnews
sbt-brasil
policia
guarda municipal
racismo
mogi das cruzes

Últimas notícias

Ministro das Comunicações debate "TV do futuro" em evento nos EUA

Ministro das Comunicações debate "TV do futuro" em evento nos EUA

Juscelino Filho está no NAB Show, em Las Vegas, acompanhado de Carlos Baigorri, presidente da Anatel
Autora atacada por pitbulls escreve poesia pela primeira vez após acidente

Autora atacada por pitbulls escreve poesia pela primeira vez após acidente

A autora, reconhecida na literatura infantil brasileira, foi atacada por três cães da raça pitbull no dia 5 de abril
Do protagonismo na Lava-Jato à suspensão pelo CNJ: quem é Gabriela Hardt?

Do protagonismo na Lava-Jato à suspensão pelo CNJ: quem é Gabriela Hardt?

Juíza foi substituta de Sergio Moro na 13ª Vara Federal, em Curitiba, durante o auge da operação
Chuva forte pode atingir 161 cidades de Minas Gerais

Chuva forte pode atingir 161 cidades de Minas Gerais

Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu alerta para risco de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de árvores e de alagamentos
Teto de supermercado desaba e deixa feridos em Diadema

Teto de supermercado desaba e deixa feridos em Diadema

Duas pessoas ficaram gravemente feridas e foram socorridas ao Hospital Municipal da cidade; outras nove tiveram ferimentos leves
Tutor de pitbull morre após ser atacado pelo próprio cachorro

Tutor de pitbull morre após ser atacado pelo próprio cachorro

Vítima sofria ataque de epilepsia enquanto foi mordida pelo animal
Governo propõe aumento de R$ 90 no salário mínimo e déficit zero em 2025

Governo propõe aumento de R$ 90 no salário mínimo e déficit zero em 2025

Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) de 2025 foi apresentado nesta segunda-feira (15)
Adolescente de 17 anos é estuprada pelo cunhado no interior de SP

Adolescente de 17 anos é estuprada pelo cunhado no interior de SP

Vítima estava na casa da irmã e cuidava dos sobrinho quando sofreu a violência, neste final de semana
Poder Expresso: Irã ataca Israel, conflito pode ter reflexos econômicos no Brasil

Poder Expresso: Irã ataca Israel, conflito pode ter reflexos econômicos no Brasil

A edição desta segunda-feira (15) analisa como a escalada do confronto no Oriente Médio pode atingir brasileiros
Por que existem gêmeos siameses? Entenda

Por que existem gêmeos siameses? Entenda

As causas dessa anomalia rara ainda não são bem explicadas pela ciência, mas a descoberta pode vir durante a gestação
Publicidade
Publicidade