Publicidade

Sonia Guajajara pede adiamento de marco temporal na Câmara

Ministra também disse não estar totalmente satisfeita com reorganização de ministérios e se reúne com Pacheco

Sonia Guajajara pede adiamento de marco temporal na Câmara
sonia guajajara no salão verde
Publicidade

Ao lado de parlamentares indígenas e de apoiadores à causa, a ministra dos Povos Indígenas, Sonia Guajajara, fez um apelo nesta 3a feira (30.mai) para que a Câmara dos Deputados não vote o marco temporal. O projeto está previsto para ser votado hoje entre deputados. Guajajara também disse que o ministro Alexandre Padilha, das Relações Institucionais, está negociando o tema entre parlamentares.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

"A demarcação vai trazer prejuizos sérios, não só para povos indígenas, mas para a economia do povo brasileiro. Temos que pensar como ter outro modelo econômico que nao seja a partir da destruição", declarou Guajajara.

A ministra direcionou o pedido de adiamento do marco temporal a outros deputados e ao presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL). Pouco após, Guajajara foi ao Senado, para uma reunião com o presidente da Casa, Rodrigo Pacheco (PSD-MG). Representantes da agricultura, que são favoráveis ao marco temporal, também foram vistos entrando no local.

Caso seja aprovado na Câmara, o projeto segue para o Senado, ficando a cargo de Pacheco a decisão de colocar na pauta para votação - ou de criar outros espaços para discutir a proposta. 

Paralelo ao Congresso, o tema também está em discussão no Supremo Tribunal Federal. Com votação prevista para o próximo 7 de junho, ministros julgam um caso em Santa Catarina, que pode servir de base jurídica para demais decisões relacionadas ao marco temporal.

Reestruturação dos ministérios 

Outro tema em discussão no Congresso e que afeta a pauta ambiental é a reestruturação de ministérios, que também deve ser votada nesta semana. Guajajara disse não estar totalmente satisfeita a respeito das mudanças.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbtnews
portalnews
terrasindígenas
stf
ministeriodospovosindígenas

Últimas notícias

Vídeo: homem morre e bebê é baleado em tiroteio em praça de Fortaleza

Vídeo: homem morre e bebê é baleado em tiroteio em praça de Fortaleza

Imagens mostram correria no local; estado de saúde da criança é grave
Produção de cinema na Argentina está praticamente paralisada

Produção de cinema na Argentina está praticamente paralisada

Trabalhadores da área acusam Javier Milei de ter um plano para prejudicar o setor
Divertida Mente 2: saiba tudo sobre o filme que chega aos cinemas na quinta-feira (20)

Divertida Mente 2: saiba tudo sobre o filme que chega aos cinemas na quinta-feira (20)

SBT Brasil visitou os estúdios da Pixar, em Los Angeles, para mostrar como a continuação foi produzida
Verão fora de época preocupa lojistas que contam com a venda de roupas de frio

Verão fora de época preocupa lojistas que contam com a venda de roupas de frio

Último inverno rigoroso que garantiu boas vendas foi em 2022. No ano passado, houve queda de 20%
Pré-candidata a vereadora e filho são mortos a tiros no RJ

Pré-candidata a vereadora e filho são mortos a tiros no RJ

Juliana Silva, conhecida como Nega Juh, foi morta em Nova Iguaçu, na noite deste sábado (15)
Número de acidentes em estradas federais tem aumentado

Número de acidentes em estradas federais tem aumentado

Só no ano passado, foram mais de 65 mil casos, três mil a mais do que em 2022
Novos temporais ameaçam a região metropolitana de Porto Alegre

Novos temporais ameaçam a região metropolitana de Porto Alegre

Marinha montou base de operações na região das ilhas de Porto Alegre para auxiliar rapidamente a população
Caso Marielle: defesas pedem ao STF rejeição de denúncia e atacam falta de provas e delação inválida

Caso Marielle: defesas pedem ao STF rejeição de denúncia e atacam falta de provas e delação inválida

Ministros da 1ª Turma decidem na terça (18) se irmãos Brazão, delegado do Rio e dois ligados à milícia do Rio sentam no banco dos réus como mandantes do crime
PL que cria cadastro nacional de agressores deve ser analisado pelo Senado

PL que cria cadastro nacional de agressores deve ser analisado pelo Senado

Previsão é de que avaliação seja realizada nos próximos dias
Comidas típicas de Festa Junina estão mais caras com inflação

Comidas típicas de Festa Junina estão mais caras com inflação

Levantamento do Instituto de Economia da Fundação Getúlio Vargas, divulgado com exclusividade para o SBT, analisou 27 itens tradicionais juninos
Publicidade
Publicidade