Publicidade

De olho em promessa de campanha, Lula planeja titular 39 quilombos

Movimento do governo federal vem após queda de 60% de regularização

De olho em promessa de campanha, Lula planeja titular 39 quilombos
Presidente Lula irá voltar a titular territórios quilombolas no próximo dia 21 de março
Publicidade

O governo Lula prepara uma série de ações para voltar a titular territórios quilombolas após a gestão Bolsonaro, que reduziu a regularização desses espaços, entre os anos de 2019 a 2022, em mais de 60%, segundo o Incra. Como noticiou o SBT News, o presidente deve anunciar as primeiras titulações durante agenda com Ministério da Igualdade Racial no próximo dia 21 de março, quando a pasta irá comemorar 20 anos de existência.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

O MIR e outras entidades ligadas aos quilombos repassaram ao governo uma lista com o nome de 39 territórios que estão em processo de regularização. Durante a agenda, Lula deve divulgar alguns locais que passarão a ter os títulos.

Ainda não há data definida, mas o presidente também deve ir pessoalmente a algum desses lugares para acompanhar uma cerimônia de titulação. Com essas ações, o petista irá atender a uma das pautas do movimento negro, que no ano passado publicou carta pedindo celeridade nas definições das áreas quilombolas. 


De acordo com a Coordenação Nacional de Articulação de Quilombos, na gestão do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) o processo de titularização, que é de responsabilidade do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária, e o processo de certificação, que fica com a Fundação Palmares, praticamente deixaram de existir. 

O coordenador do Conaq, Renildo Rodrigues, diz que quase não se lembra dos territórios contemplados: "Nós tivemos de seis anos de paralisação das titularizações. O governo também deu uma parada na questão orçamentária. Havia um recurso de R$ 70 milhões para a pauta quilombola nos governos anteriores ao de Bolsonaro. No dele, havia R$300 mil para a regularização", afirma.

Programa aquilomba Brasil

O secretário nacional de Políticas para Quilombos, Povos e Comunidades Tradicionais de Matriz Africana e Ciganos, Ronaldo dos Santos, afirma que o MInistério da Igualdade Racial também planeja lançar o programa "Aquilomba Brasil", ação interministerial que vai criar um plano para organizar as demandas quilombolas no país. 

Ao falar sobre os desafios que a pasta terá para titular os quilombos, o secretário afirma que é necessário ter uma "mudança de paradigma" com relação à causa no Brasil: "Essa questão quilombola é reparação. Isso é uma decisão de governo, mas eu sei que é um governo de coalizão, mas vamos lidar com isso e vamos enfrentar isso respeitosamente", diz.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
governo lula
quilombo
milena teixeira
incra
fundação palmares

Últimas notícias

Fisiculturista alega queda, mas é preso suspeito de espancar mulher

Fisiculturista alega queda, mas é preso suspeito de espancar mulher

Homem ainda fez publicação nas redes sociais após internação; atleta levou vítima ao hospital, em Goiás
ENGANOSO: Fotos de alagamento no Maranhão são antigas e não retratam atual situação do estado

ENGANOSO: Fotos de alagamento no Maranhão são antigas e não retratam atual situação do estado

Confira a verificação realizada pelos jornalistas integrantes do Projeto Comprova
Brasil Agora: Lula cobra prioridades para o RS; TSE retoma julgamento de Moro

Brasil Agora: Lula cobra prioridades para o RS; TSE retoma julgamento de Moro

Confira essas e outras notícias que serão destaque nesta terça-feira (21)
ChatGPT: após queixa, OpenAI suspende uso de voz parecida com a de Scarlett Johansson

ChatGPT: após queixa, OpenAI suspende uso de voz parecida com a de Scarlett Johansson

Atriz disse que negou convite para participar de projeto e que ficou chocada com semelhança
Governo federal prorroga Desenrola Brasil até 19 de julho

Governo federal prorroga Desenrola Brasil até 19 de julho

Programa garante desconto médio de 83% e parcelamento especial para renegociação de dívidas; veja como aderir
Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 37 milhões nesta terça-feira (21)

Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 37 milhões nesta terça-feira (21)

Apostas podem ser feitas em casas lotéricas ou pela internet até as 19h
SP: Virada Cultura arrecada 10 toneladas de donativos para o Rio Grande do Sul

SP: Virada Cultura arrecada 10 toneladas de donativos para o Rio Grande do Sul

Itens foram levados para o Banco de Alimentos da prefeitura e devem ser enviados em breve para o estado gaúcho
Após morte do presidente, Irã marca eleições para 28 de junho

Após morte do presidente, Irã marca eleições para 28 de junho

Primeiro vice-presidente permanecerá no cargo até realização do pleito
SBT News na TV: RS confirma primeira morte por leptospirose

SBT News na TV: RS confirma primeira morte por leptospirose

Confira o que foi notícia ao longo do dia e os assuntos que serão destaque nesta terça-feira (21); assista!
“Faria tudo novamente”, diz adolescente que matou família por causa de celular

“Faria tudo novamente”, diz adolescente que matou família por causa de celular

Jovem foi detido após confessar o crime para a polícia; pai, mãe e irmã foram atingidos por tiros na cabeça e nuca
Publicidade
Publicidade