Publicidade

PM mata 2 homens na Baixada Santista; total de mortes na Operação Verão chega a 45

Segundo a Polícia, agentes atendiam uma ocorrência no local, foram recebido a tiros e revidaram

PM mata 2 homens na Baixada Santista; total de mortes na Operação Verão chega a 45
FOTO REPRODUÇÃO | Polícia Militar
Publicidade

Na noite dessa quarta-feira (13), dois homens, que ainda não foram identificados, foram mortos pela Polícia Militar (PM), em São Vicente, na Baixada Santista. A ocorrência aconteceu na Rua João Ribeiro. Com a ocorrência, a 'Operação Verão', do governo Tarcísio de Freitas, soma 45 mortes na Baixada Santista.

+ Atos no Rio de Janeiro marcam os seis anos da morte de Marielle e Anderson

Segundo a Polícia, os agentes estavam investigando denúncias de um suposto grupo armado no local, quando foram recebidos a tiros. Durante confronto, os dois suspeitos foram baleados pela polícia.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e os homens atingidos foram encaminhados para um hospital da região, mas não resistiram aos ferimentos e morreram, na unidade hospitalar.

+ Fuga do presídio de Mossoró completa um mês: entenda as buscas, prisões e pistas dos foragidos

A polícia informou que foram encontrado dois revólveres, uma mochila com drogas e um rádio comunicador

O caso foi registrado como morte decorrente de intervenção policial, legítima defesa, tráfico de drogas e tentativa de homicídio.

Operação Verão

A Operação Verão iniciou no dia 7 de fevereiro com o foco de combater o crime organizado na Baixada Santista. Segundo o governo do Estado de São Paulo, as ações seguirão pela região, por tempo indeterminado.

A primeira fase da ação ocorreu em 18 de dezembro. Na época, 912 criminosos foram presos, incluindo 354 pessoas que já estavam sendo procuradas pela Justiça. Na época, os agente apreenderam 654,8 quilos de drogas.

Durante as ações, foram capturadas 93 armas ilegais, incluindo fuzis.

A Polícia afirma que os casos de mortes durante confrontos são investigados pela Polícia Civil e Militar. O Ministério público e Poder Judiciário também estão investigando as ações nas regiões. A Ouvidoria da Polícia Militar acompanha as apurações sobre as mortes e assinou um relatório junto a entidades de defesa dos direitos humanos denunciando abusos policiais na operação, entre eles execuções sumárias de suspeitos.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Operação Verão
Crime
crime organizado
Drogas
Morte

Últimas notícias

Fila de espera no INSS para concessão de benefícios cai em 2024, diz relatório da Previdência Social

Fila de espera no INSS para concessão de benefícios cai em 2024, diz relatório da Previdência Social

Ao todo, os processos a espera de resposta inicial somam quase 1 milhão e 400, diminuição de 600 mil em relação a 2023
Mega-Sena acumula e chega a R$ 53 milhões; veja os números sorteados

Mega-Sena acumula e chega a R$ 53 milhões; veja os números sorteados

Quina teve 67 apostas ganhadoras, que vão receber mais de R$ 52 mil cada
Vídeo: homem morre e bebê é baleado em tiroteio em praça de Fortaleza

Vídeo: homem morre e bebê é baleado em tiroteio em praça de Fortaleza

Imagens mostram correria no local; estado de saúde da criança é grave
Produção de cinema na Argentina está praticamente paralisada

Produção de cinema na Argentina está praticamente paralisada

Trabalhadores da área acusam Javier Milei de ter um plano para prejudicar o setor
Divertida Mente 2: saiba tudo sobre o filme que chega aos cinemas na quinta-feira (20)

Divertida Mente 2: saiba tudo sobre o filme que chega aos cinemas na quinta-feira (20)

SBT Brasil visitou os estúdios da Pixar, em Los Angeles, para mostrar como a continuação foi produzida
Verão fora de época preocupa lojistas que contam com a venda de roupas de frio

Verão fora de época preocupa lojistas que contam com a venda de roupas de frio

Último inverno rigoroso que garantiu boas vendas foi em 2022. No ano passado, houve queda de 20%
Pré-candidata a vereadora e filho são mortos a tiros no RJ

Pré-candidata a vereadora e filho são mortos a tiros no RJ

Juliana Silva, conhecida como Nega Juh, foi morta em Nova Iguaçu, na noite deste sábado (15)
Número de acidentes em estradas federais tem aumentado

Número de acidentes em estradas federais tem aumentado

Só no ano passado, foram mais de 65 mil casos, três mil a mais do que em 2022
Novos temporais ameaçam a região metropolitana de Porto Alegre

Novos temporais ameaçam a região metropolitana de Porto Alegre

Marinha montou base de operações na região das ilhas de Porto Alegre para auxiliar rapidamente a população
Caso Marielle: defesas pedem ao STF rejeição de denúncia e atacam falta de provas e delação inválida

Caso Marielle: defesas pedem ao STF rejeição de denúncia e atacam falta de provas e delação inválida

Ministros da 1ª Turma decidem na terça (18) se irmãos Brazão, delegado do Rio e dois ligados à milícia do Rio sentam no banco dos réus como mandantes do crime
Publicidade
Publicidade