Publicidade

PF prende dois homens acusados de ameaçar familiares de Alexandre de Moraes

Alvos foram detidos no Rio de Janeiro e em São Paulo; outros cinco mandatos de busca e apreensão foram cumpridos

PF prende dois homens acusados de ameaçar familiares de Alexandre de Moraes
Coordenação-geral de comunicação social da PF e PGR informou que operação segue em sigilo | Reprodução
Publicidade

A pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR), a Polícia Federal (PF) cumpriu nesta sexta-feira (31) dois mandados de prisão e cinco de busca e apreensão contra dois homens suspeitos de ameaçar familiares do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Raul Fonseca de Oliveira e Oliveirino de Oliveira Junior foram detidos no Rio de Janeiro e em São Paulo. Ainda nesta sexta, os suspeitos serão interrogados para se avaliar se tinham intenção de colocar os crimes em prática e/ou se as ações contavam com a participação de outras pessoas.

Mandados foram expedidos pela Suprema Corte. Segundo nota da PF, a ação desta sexta teve "o objetivo de complementar as evidências em torno de violentas ameaças".

Segundo nota enviada pelo gabinete de Moraes, o procurador-geral da República, Paulo Gonet, justificou os pedidos de prisão ao afirmar que "o conteúdo das mensagens, com referências a 'comunismo' e 'antipatriotismo', evidencia com clareza o intuito de, por meio das graves ameaças a familiares do Ministro Alexandre de Moraes, restringir o livre exercício da função judiciária pelo magistrado do Supremo Tribunal Federal à frente das investigações relativas aos atos que culminaram na tentativa de abolição do Estado Democrático de Direito em 8.1.2023".

Gonet apontou ainda a existência de "provas suficientes da existência do crime e indícios razoáveis de autoria, já abordados, que vinculam Raul Fonseca de Oliveira e Oliveirino de Oliveira Junior aos fatos. A gravidade das ameaças veiculadas, sua natureza violenta e os indícios de que há monitoramento da rotina das vítimas evidenciam, ainda, o perigo concreto de que a permanência dos investigados em liberdade põe em risco a garantia da ordem pública. A medida é, assim, proporcional, ante o risco concreto à integridade física e emocional das vítimas".

Ameaças a ministros do Supremo

O magistrado Alexandre de Moraes tem segurança reforçada desde 2022, quando passou a ser alvo constante durante as eleições – ele presidia o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), à época.

Para além, o inquérito das "fake news", também relatado por Moraes, se propõe a "investigar a existência de notícias falsas, denunciações caluniosas, ameaças e roubos de publicação sem os devidos direitos autorais, infrações que podem configurar calúnia, difamação e injúria contra os membros da Suprema Corte e seus familiares", como consta nos documentos do caso.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

STF
Polícia Federal
Polícia
Justiça
Ameaça

Últimas notícias

Itamaraty lança edital para concurso de diplomata; são 50 vagas com salário inicial em R$ 21 mil

Itamaraty lança edital para concurso de diplomata; são 50 vagas com salário inicial em R$ 21 mil

Inscrições poderão ser feitas a partir de segunda (15) e vão até 26 de julho, via site da Cebraspe (banca selecionada para o exame)
Câmera de segurança registra momento em que diretora de curso é arrastada por carro no RJ

Câmera de segurança registra momento em que diretora de curso é arrastada por carro no RJ

A vítima, Raquel Schwab, bateu a cabeça no chão e chegou a desmaiar; veja o vídeo
Atribuir aumento de alíquota à carne é "conversa fiada", diz deputado que relatou reforma tributária

Atribuir aumento de alíquota à carne é "conversa fiada", diz deputado que relatou reforma tributária

Antes da aprovação do primeiro projeto de regulamentação, Haddad disse, na última terça (9), que isenção de carne poderia elevar alíquota em 0,53%
Nego Di e mulher são alvos de operação por suspeita de lavagem de R$ 2 mi em rifas virtuais

Nego Di e mulher são alvos de operação por suspeita de lavagem de R$ 2 mi em rifas virtuais

Defesa do influenciador confirmou a prisão disse que "inocência dos investigados será provada em momento oportuno"
Ladies Lounge: a história do museu exclusivo para mulheres que exibiu quadro falso de Picasso no banheiro

Ladies Lounge: a história do museu exclusivo para mulheres que exibiu quadro falso de Picasso no banheiro

O local, na Austrália, repercutiu mundialmente e enganou "especialistas em artes", em um grito de liberdade feminina
Brasil registrou aumento de 119% de áreas atingidas pelo fogo no primeiro semestre de 2024, diz MapBiomas

Brasil registrou aumento de 119% de áreas atingidas pelo fogo no primeiro semestre de 2024, diz MapBiomas

Ao todo, 4,48 milhões de hectares foram queimados entre janeiro e junho deste ano
Mulheres em cargos de liderança na OTAN: “temos que melhorar isso”, diz porta-voz americano

Mulheres em cargos de liderança na OTAN: “temos que melhorar isso”, diz porta-voz americano

Dos 32 países, apenas Estados Unidos, Noruega, Bélgica, Finlândia, França e Montenegro têm mulheres como representantes permanentes da organização
Avião russo cai perto de Moscou e mata três tripulantes

Avião russo cai perto de Moscou e mata três tripulantes

Aeronave estava sem passageiros porque havia acabado de passar por reparos
Ministério Público Federal pede extradição de Miguel Gutierrez, ex-CEO das Americanas

Ministério Público Federal pede extradição de Miguel Gutierrez, ex-CEO das Americanas

O ex-presidente-executivo chegou a ser preso na Espanha, onde tem cidadania, por um dia; Brasil pode pedir ao país europeu que ele seja julgado lá
Haddad atrela má avaliação da economia à desinformação: "temos um desafio de comunicação"

Haddad atrela má avaliação da economia à desinformação: "temos um desafio de comunicação"

Segundo o ministro da Fazenda, oposição "protofascista" atua nas redes sociais para "minar" as instituições e o estado brasileiro
Publicidade
Publicidade