Publicidade

Jovem morre após ser atingido por ponta de fuzil de PM em SP; veja vídeo

Policial avançou à rua para dar ordem de parada quando moto avançou; garupa não resistiu aos ferimentos

Jovem morre após ser atingido por ponta de fuzil de PM em SP; veja vídeo
Publicidade

Um jovem de 21 anos morreu após ser atingido pela ponta de um fuzil de um policial militar. O caso foi registrado na Brasilândia, zona norte de São Paulo, na manhã de domingo (25).

+ Com 4 detidos, apoio interceptado e esconderijo localizado, polícias ainda caçam os 2 fugitivos de Mossoró

Imagens de câmeras de monitoramento na rua mostram policiais em patrulha, armados, quando um deles, com o fuzil em punho, se movimenta ao avistar uma moto em alta velocidade se aproximando, aparentemente dando ordem de parada.

O PM avançou e o armamento atingiu o pescoço do rapaz, que estava acompanhado de outro homem na moto. Os dois estavam sem capacete e o piloto seguiu trafegando.

O rapaz atingido caiu e ficou no asfalto, enquanto o outro fugiu com a moto. Pessoas próximas viram o homem ferido e, depois, constataram que foi a vítima que se chocou com o PM. Nem o piloto nem a moto foram encontrados até o momento.

A polícia foi ao local para averiguar dois carros suspeitos, em frente a uma adega. Logo depois, o PM com o fuzil viu a aproximação e, ao ir para o meio da rua dar a ordem de parada, a moto acelerou. O rapaz atingido pelo fuzil estava na garupa. Ele foi socorrido, mas morreu antes de chegar ao hospital.

O PM que estava com o armamento também sofreu ferimentos, foi levado ao hospital e já foi liberado. Após a morte, a população questionou a abordagem dos agentes, ficando revoltada com a ação. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Polícia
Crime
Zona Norte
São Paulo
Polícia Militar
Arma

Últimas notícias

Pagodeiro "proibidão" era "empresário" dos negócios ligados ao PCC, diz MP

Pagodeiro "proibidão" era "empresário" dos negócios ligados ao PCC, diz MP

Latrell Brito usava empresas dele e de laranjas para simular concorrência em contratações de prefeituras alvos da Operação Munditia
Brasil Agora: Lula na Colômbia, PEC antidrogas e cadáver em agência bancária

Brasil Agora: Lula na Colômbia, PEC antidrogas e cadáver em agência bancária

Confira essas e outras notícias que serão destaque nesta quarta-feira (16)
Tribunal define primeiros jurados para julgamento de Trump em NY

Tribunal define primeiros jurados para julgamento de Trump em NY

Ex-presidente dos EUA é acusado de subornar atriz pornô durante período eleitoral; júri será composto por 12 pessoas
Musk x Moraes: STF autoriza depoimentos de representantes do X no Brasil

Musk x Moraes: STF autoriza depoimentos de representantes do X no Brasil

Decisão faz parte do inquérito que investiga empresário por suposta obstrução de Justiça e incitação ao crime
+Milionária sorteia prêmio de R$ 173 milhões nesta quarta-feira (17)

+Milionária sorteia prêmio de R$ 173 milhões nesta quarta-feira (17)

Apostas podem ser feitas até as 19h em casas lotéricas ou pela internet
Zelensky assina lei para aumentar recrutas e preencher linha de frente na Ucrânia

Zelensky assina lei para aumentar recrutas e preencher linha de frente na Ucrânia

Decisão acontece em meio ao aumento da ofensiva russa no país
Senacon notifica Latam após passageiros esperarem 8h por voo

Senacon notifica Latam após passageiros esperarem 8h por voo

Viajantes foram transferidos de um avião para o outro até conseguirem embarcar para Madri
EUA devem anunciar sanções contra o Irã nos próximos dias, diz governo

EUA devem anunciar sanções contra o Irã nos próximos dias, diz governo

Restrições devem englobar o programa de mísseis e drones do país, utilizado no ataque contra Israel
SBT News na TV: Lula chega a Bogotá para encontro com Gustavo Petro; Senado aprova PEC das Drgoas

SBT News na TV: Lula chega a Bogotá para encontro com Gustavo Petro; Senado aprova PEC das Drgoas

Confira o que foi notícia ao longo do dia e os assuntos que serão destaque nesta quarta-feira (17); assista!
STF condena mais 8 pessoas por participarem dos atos golpistas do 8/1

STF condena mais 8 pessoas por participarem dos atos golpistas do 8/1

Penas foram fixadas entre 14 e 17 anos de prisão; total de condenações chega a 196
Publicidade
Publicidade