Publicidade

Homem coordenou sequestro de médica no Pará de dentro de presídio no Rio; entenda

Ana Letícia Leite Sena Passos foi sequestrada na saída de um evento em Belém e levada para um cativeiro no município de Ananindeua

Homem coordenou sequestro de médica no Pará de dentro de presídio no Rio; entenda
Médica Ana Letícia foi sequestrada no bairro Cidade Velha, em Belém | Divulgação/Draco
Publicidade

A Polícia Civil do Estado do Pará libertou, no último domingo (23), a médica Ana Letícia Leite Sena Passos de um cativeiro no município de Ananindeua, a 20 km da capital. Segundo as investigações da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) e da Delegacia de Repressão a Roubos a Bancos e Antissequestro (DRRBA), a mulher foi sequestrada na saída de um evento no bairro da Cidade Velha, em Belém.

Para liberar a vítima, os criminosos pediram R$ 200 mil de resgate. Após o contato com os sequestradores, o namorado da médica foi até a delegacia e relatou o crime aos policiais.

Ao localizar o cativeiro, os agentes foram atacados a tiros por um dos bandidos e revidaram. O criminoso morreu e cinco comparsas dele – três homens e duas mulheres – foram presos em flagrante.

Segundo a Polícia Civil, entre os investigados está um criminoso preso no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na zona oeste do Rio. Ele é apontado como o responsável pela coordenação do sequestro.

Em nota, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) do Rio de Janeiro informou que o homem foi localizado depois de uma ampla operação de revista em todas as celas da Penitenciária Moniz Sodré, ainda no domingo (23). Após ser encontrado, o homem foi transferido para o presídio de segurança máxima Laércio da Costa Pelegrino, também em Bangu.

"A Corregedoria da Secretaria abriu uma sindicância para apurar o caso. A Seap acrescenta que tem intensificado o combate à entrada de aparelhos celulares nas unidades prisionais e, por meio da Operação Mute, realizada em parceria com a Secretaria Nacional de Políticas Penais (Senappen), tem identificado e bloqueado os sinais dos telefones através do uso de aparato tecnológico de inteligência".

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Sequestro
Rio de Janeiro
medicina
Belém
Pará

Últimas notícias

PF intima líder do MBL a depor em inquérito que apura suposta difamação contra Lula

PF intima líder do MBL a depor em inquérito que apura suposta difamação contra Lula

Renan Santos deve ser ouvido em setembro; movimento contesta acusações
Polícia pede prisão preventiva de suspeitos de matar motorista de aplicativo

Polícia pede prisão preventiva de suspeitos de matar motorista de aplicativo

Felipe Gambeta Malheiro e Gustavo Moreira Cardozo são acusados de provocar acidente que resultou na morte de Ednaldo de Souza Mendes, no dia 13 de julho
Brian Rodríguez: atacante uruguaio cobiçado pelo Corinthians é investigado por estupro

Brian Rodríguez: atacante uruguaio cobiçado pelo Corinthians é investigado por estupro

Caso teria ocorrido em maio, no México. Time paulista está disposto a pagar 5 milhões de euros por 50% dos direitos econômicos do atleta
25 de julho: entenda em 5 pontos a importância do Dia da Mulher Negra

25 de julho: entenda em 5 pontos a importância do Dia da Mulher Negra

No Brasil, mulheres pretas e pardas sofrem mais violência, são maioria dos desempregados e minoria entre políticos e juízes
Operação da Polícia Militar deixa três mortos no morro do Juramento (RJ)

Operação da Polícia Militar deixa três mortos no morro do Juramento (RJ)

Outros cinco suspeitos foram presos; foram apreendidos três fuzis, duas pistolas e drogas
Sequestro de bebê: médica pediu exoneração de universidade no começo do mês

Sequestro de bebê: médica pediu exoneração de universidade no começo do mês

Neurologista era professora efetiva da Universidade Estadual de Goiás desde 2019 e agora está presa
Governo bate recorde histórico de arrecadação em junho: R$ 208,8 bilhões

Governo bate recorde histórico de arrecadação em junho: R$ 208,8 bilhões

Valor representa um aumento real (acima da inflação) de 11,02% frente ao mesmo período de 2023; recorde do semestre também foi batido
Paraguaios trabalhavam sem receber salário em fábrica clandestina de cigarros no RJ

Paraguaios trabalhavam sem receber salário em fábrica clandestina de cigarros no RJ

Eles foram resgatados pela Polícia Militar; grupo teve os celulares retirados e foi levado vendado até o local
Idec considera “falácia” e uma "punição coletiva" o adiamento da Meta AI no Brasil

Idec considera “falácia” e uma "punição coletiva" o adiamento da Meta AI no Brasil

Entidade de defesa do consumidor diz que justificativa da empresa de tecnologia é “questionável”
Operação policial contra milícia deixa quatro mortos em Nova Iguaçu (RJ)

Operação policial contra milícia deixa quatro mortos em Nova Iguaçu (RJ)

Criminosos foram capturados pela PRF após um serviço de monitoramento da Polícia Civil
Publicidade
Publicidade