Publicidade

Caso Anic: defesa diz que filhos "não sabiam de nada"

Advogada está desaparecida há 116 dias; Anic de Almeida foi vista pela última vez em Petrópolis, na Região Serrana do Rio de Janeiro

Caso Anic: defesa diz que filhos "não sabiam de nada"
Anic desapareceu em fevereiro deste ano. | Reprodução/Redes Sociais
Publicidade

A defesa dos filhos do principal suspeito do desaparecimento da advogada Anic de Almeida Peixoto Herdy, Lourival Correa Netto Fadiga, funcionário e apontado como amante da vítima, pede a absolvição dos jovens e afirma que Maria Luiza Vieira Fadiga e Henrique Vieira Fadiga “não sabiam de nada”.

Segundo o advogado Vinicius Santos, a resposta enviada à Justiça contém provas juntas aos autos que comprovam que a filha, de 24 anos, não sabia do desaparecimento da mulher.

“As provas juntas aos autos são mensagens de áudio trocadas entre o pai e a filha Maria Luiza, onde ela questiona ao pai o que está acontecendo, e como resposta o pai explica que a Anic sumiu e que a polícia está achando que era ele o culpado”, explica Vinicius Santos.

Maria Luiza e Henrique Fadiga foram presos no dia 20 de março. Além deles, o pai e uma amante dele, Rebecca Azevedo dos Santos também estão detidos.

De acordo com o advogado, as mensagens foram trocadas em março, no dia em que a polícia foi até a casa de Lourival pela primeira vez e ele estava em uma viagem. “A filha manda mensagem para tentar entender o que estava acontecendo. Eles não sabiam de nada”, detalha.

Envolvimento da jovem

Segundo o inquérito, Maria Luiza acompanhou o pai até a concessionária da Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio de Janeiro, onde foi feito o pagamento de R$ 500 mil por uma caminhonete de luxo, no dia do encontro com os supostos sequestradores.

Ainda de acordo com as investigações, um Pix de alta quantia que saiu da conta da própria Maria Luiza seria destinado para a compra da moto realizada na mesma concessionária do carro do pai. O modelo da motocicleta, uma Royal Enfield, é avaliado em R$ 30 mil.

O desaparecimento de Anic Herdy, de 55 anos, completou 116 dias nesta segunda-feira (24). A principal linha de investigação da Polícia Civil é que a advogada foi assassinada. No dia do desaparecimento, o marido dela, Benjamin Cordeiro Herdy, recebeu uma mensagem de texto dos sequestradores exigindo R$ 4,6 milhões, além do pedido para não acionar a polícia. Há cerca de um mês, policiais civis da delegacia de Petrópolis realizaram buscas pelo corpo da advogada em um sítio do município de Guapimirim, na Baixada Fluminense.

Quando o valor do resgate foi pago, o companheiro recebeu mensagens do telefone da mulher que diziam que ela está se separando da família para viajar para fora do país com um suposto amante.

“Peço, por gentileza, que não fale com ninguém o que aconteceu na íntegra. Diga só que só nos separamos, principalmente para nossos funcionários”, diz em um trecho do texto.

Relembre o caso

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Rio de Janeiro
Desaparecimento
psicóloga
Crime
Advogado

Últimas notícias

Pagamentos do Bolsa Família começam nesta semana; veja datas

Pagamentos do Bolsa Família começam nesta semana; veja datas

Benefício é destinado a famílias com renda per capita de até R$ 218
SBT News na TV: Nego Di é preso por golpe de R$ 5 milhões em rifa virtual

SBT News na TV: Nego Di é preso por golpe de R$ 5 milhões em rifa virtual

Confira o que foi notícia ao longo do dia e os assuntos que serão destaque nesta segunda-feira (15); assista!
Vídeo: Nego Di chega algemado ao Palácio da Polícia em Porto Alegre após ser preso por estelionato

Vídeo: Nego Di chega algemado ao Palácio da Polícia em Porto Alegre após ser preso por estelionato

Ele é suspeito de aplicar um golpe de rifa virtual que causou prejuízo de R$ 5 milhões a clientes
Após identificar atirador, FBI busca informações sobre a motivação do atentado contra Trump

Após identificar atirador, FBI busca informações sobre a motivação do atentado contra Trump

O diretor da polícia dos Estados Unidos declarou que as autoridades “não deixarão pedra sobre pedra” na investigação sobre a tentativa de assassinato
Jornalismo ambiental e de dados e pautas sociais foram destaques no Congresso da Abraji

Jornalismo ambiental e de dados e pautas sociais foram destaques no Congresso da Abraji

19º Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo terminou neste domingo (14), em São Paulo
Vítima de atentado contra Trump morreu tentando proteger sua família

Vítima de atentado contra Trump morreu tentando proteger sua família

Corey Comperatore, de 50 anos, era bombeiro e tinha duas filhas. Ele morreu pelos disparos de Thomas Crooks. Outros dois homens foram feridos gravemente
Lula lamenta morte do pai do ex-governador do Rio Sergio Cabral

Lula lamenta morte do pai do ex-governador do Rio Sergio Cabral

Em nota de pesar, o presidente da República ressaltou, entre outros atributos, a “irreverência” na carreira do jornalista, que faleceu aos 87 anos
Atentado a Trump eleva valor do bitcoin, que supera o patamar de US$ 60 mil

Atentado a Trump eleva valor do bitcoin, que supera o patamar de US$ 60 mil

Segundo analistas, chance de retorno do ex-presidente ao poder aumentou, e ele é a favor da desregulamentação do mercado financeiro
Responsável por atentado contra Trump agiu sozinho, afirma FBI

Responsável por atentado contra Trump agiu sozinho, afirma FBI

Thomas Matthew Crooks, de 20 anos, foi o atirador que tentou assassinar Donald Trump
Presidente da Itália, Sergio Mattarella, chega ao Brasil neste domingo

Presidente da Itália, Sergio Mattarella, chega ao Brasil neste domingo

Esta é a primeira visita de um chefe de Estado italiano ao país em 24 anos
Publicidade
Publicidade