Publicidade

Coreia do Sul emite alerta de evacuação em ilhas após Coreia do Norte disparar mais de 200 projéteis

Agência estatal sul-coreana afirmou que artefatos militares tinham como alvo o mar na costa oeste e chamou ato de "provocação"

Coreia do Sul emite alerta de evacuação em ilhas após Coreia do Norte disparar mais de 200 projéteis
Publicidade

A Coreia do Sul emitiu alerta de evacuação nas ilhas de Yeonpyeong e Baengnyeong, na costa oeste do país, após afirmar que a Coreia do Norte disparou cerca de 200 projéteis de artilharia contra o mar na região, na manhã desta sexta-feira (5.jan). As informações são da Yonhap, agência estatal sul-coreana. Não há relatos oficiais de feridos ou danos materiais e militares.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Além dessa medida para retirar civis, a Coreia do Sul também iniciou exercícios militares nessas regiões em resposta ao que chamou de ato de "provocação" dos norte-coreanos.

Segundo autoridades sul-coreanas, os projéteis foram disparados entre 9h e 11h, no horário local (21h e 23h de quinta-feira, no horário de Brasília).

De acordo com a Yonhap, os projéteis atingiram a zona conhecida como Linha de Limite Norte, a fronteira marítima entre as duas Coreias no Mar Amarelo.

Em resposta, a Coreia do Sul fez cerca de 400 disparos contra essa zona marítima.

"A inteira responsabilidade por essas situações de crise é da Coreia do Norte, e nós reforçamos o pedido para que parem imediatamente", disse um oficial militar, em coletiva de imprensa.

Ele completou informando que a Coreia do Sul e os Estados Unidos estão trabalhando juntos para "identificar e monitorar" atividades relacionadas ao ataque de hoje, bem como "conduzir medidas correspondentes às provocações da Coreia do Norte".

O ministro da Defesa, Shin Won-sik, participou virtualmente, da capital, Seul, dos exercícios militares sul-coreanos e disse que os militares precisam se equipar com uma "postura de retaliação".

"Para que o inimigo jamais tente outra provocação do tipo e possamos garantir a paz por meio da nossa força", completou, em fala reproduzida pela Yonhap.

Ainda de acordo com a estatal, a agência de espionagem da Coreia do Sul descobriu, no mês passado, que a Coreia do Norte planeja provocações militares ou ciberataques no começo de 2024, às vésperas da eleição parlamentar sul-coreana, em abril, e do pleito presidencial nos Estados Unidos, em novembro.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Mundo
Coreia do Sul
Coreia do Norte

Últimas notícias

Caixa libera Bolsa Família para beneficiários com NIS final 6

Caixa libera Bolsa Família para beneficiários com NIS final 6

Valor pode ser sacado em agências bancárias ou movimento virtualmente; depósito inclui Auxílio Gás
Estudantes e professores protestam contra cortes na educação na Argentina

Estudantes e professores protestam contra cortes na educação na Argentina

Mobilização recebeu apoio de setores da oposição em todo o país
Após morte de Joca, Gol suspende transporte de cães e gatos por 30 dias

Após morte de Joca, Gol suspende transporte de cães e gatos por 30 dias

Segundo a empresa, a suspensão é "para se dedicar totalmente a concluir o processo de investigação" do caso
Perfis de bolsonaristas no X bloqueados pelo STF usaram canal de bate-papo para fazer lives "clandestinas"

Perfis de bolsonaristas no X bloqueados pelo STF usaram canal de bate-papo para fazer lives "clandestinas"

PF identificou que acusados de integrar milícia digital fizeram, dos EUA, transmissões ao vivo, por canais inativados judicialmente
Polícia desarticula quadrilhas especializadas em roubos a condomínios

Polícia desarticula quadrilhas especializadas em roubos a condomínios

Investigações pegaram criminosos que atuavam em 5 estados, se passavam por moradores e ostentavam nas redes sociais
Polícia prende integrantes de quadrilha envolvida na morte de empresário, em SP

Polícia prende integrantes de quadrilha envolvida na morte de empresário, em SP

Caso aconteceu em setembro do ano passado; criminosos usavam aplicativos de namoro para atrair as vítimas
Empresária condenada por matar o marido com um tiro na nuca se entrega à polícia em SP

Empresária condenada por matar o marido com um tiro na nuca se entrega à polícia em SP

Crime aconteceu em janeiro de 2013, na Zona Leste de São Paulo; Andressa Ramos de Araújo foi condenada a 13 anos e seis meses de prisão
Câmara aprova continuidade de benefício para o setor de eventos com impacto de R$ 15 bilhões

Câmara aprova continuidade de benefício para o setor de eventos com impacto de R$ 15 bilhões

Andamento do programa emergencial contrariou pedido do governo e valerá para 30 atividades econômicas. Texto segue para o Senado
Datena, educação e polarização na Segurança Pública: confira íntegra da entrevista de Tabata Amaral

Datena, educação e polarização na Segurança Pública: confira íntegra da entrevista de Tabata Amaral

Pré-candidata à Prefeitura de São Paulo pelo PSB falou sobre propostas para a maior cidade do Brasil ao SBT News
Candidatos reclamam de falhas técnicas e problemas na lista de espera do Fies

Candidatos reclamam de falhas técnicas e problemas na lista de espera do Fies

Mesmo com os problemas relatados, Ministério da Educação afirma que não deve fazer alterações no cronograma
Publicidade
Publicidade