Publicidade

4 suspeitos de estupro de brasileira na Índia ainda são procurados; veja o que se sabe sobre caso

Vítima e marido têm um canal de viagens nas redes sociais e já conheceram 66 países viajando de moto

4 suspeitos de estupro de brasileira na Índia ainda são procurados; veja o que se sabe sobre caso
Brasileira estuprada na Índia | Reprodução/Redes sociais
Publicidade

A polícia indiana segue à procura de quatro suspeitos de estuprar a brasileira Fernanda Santos, no distrito de Dumka, no leste da Índia, na noite de sexta-feira (1º). A influencer de viagens, de 28 anos, acampava com o marido, o espanhol Vicente Barbera, quando foram atacados por um grupo de sete homens. Três suspeitos do crime foram detidos no sábado (2) e permanecem em prisão preventiva.

+ Brasileira sofre estupro coletivo na Índia

O que aconteceu?

Fernanda e Vicente, do canal Volta ao Mundo em Moto, viajavam rumo ao Nepal quando resolveram montar um acampamento do distrito de Dumka, no estado de Jharkhand. Eles foram atacados na noite de sexta-feira (1º) por ao menos sete homens. Nas redes sociais em que compartilham suas viagens pelo mundo, ela contou o que aconteceu:

"Algo aconteceu conosco que não desejamos a ninguém. Sete homens me estupraram, nos espancaram e nos roubaram. Não levaram muitas coisas porque o que eles queriam mesmo era me estuprar. Estamos no hospital com a polícia", disse ela.

O espanhol contou que foi agredido com um capacete e uma pedra enquanto a esposa era vítima do estupro coletivo. "Minha boca está destruída, mas minha parceira está pior que eu. Me bateram várias vezes com o capacete, com uma pedra na cabeça", contou Vicente.

Onde eles estão?

Após serem levados ao hospital, onde foi constatado que Fernanda foi estuprada, e receberem tratamento, o casal de viajantes foi hospedado pelo governo de Dumka.

Eles devem retornar para a Espanha nos próximos dias, segundo autoridades locais.

Influenciadores de viagens

O casal tem um canal de viagens, onde compartilha a rotina de rodar pelo mundo de motocicleta. Em cinco anos, eles já percorreram mais de 170 mil quilômetros e conheceram 66 países.

Vicente é espanhol e Fernanda, que é brasileira, também tem cidadania espanhola. Eles chegaram na Índia em julho de 2023 e, nesse período, conheceram países vizinhos como o Nepal, Sri Lanka e Bangladesh, mas sempre retornando para território indiano.

Fernanda e Vicente no Taj Mahal | Reprodução/Redes sociais
Fernanda e Vicente no Taj Mahal | Reprodução/Redes sociais

Suspeitos presos

Três homens foram presos no sábado (2) por suspeita de participação no estupro. a Polícia de Dumka publicou nas redes sociais uma foto dos suspeitos, com o rosto coberto.

"Durante o interrogatório, os arguidos confessaram sua participação (…) Os demais serão detidos em breve", afirmou o superintendente da polícia local durante uma coletiva de imprensa.

3 homens foram presos pelo estupro de brasileira na Índia | Reprodução/Polícia de Dumka
3 homens foram presos pelo estupro de brasileira na Índia | Reprodução/Polícia de Dumka

Outros quatro suspeitos foram identificados pela polícia e seguem sendo procurados. Fernanda publicou em suas redes sociais a foto de um deles. "Um dos mais violentos", disse ela.

Defenderam a Índia

A brasileira condenou as generalizações feitas nos comentários de suas publicações. "Ninguém está livre disso em nenhum país do mundo. Isso já aconteceu muitas vezes na Espanha, no Brasil", disse Fernanda.

"A Índia é um grande país. Vale a pena visitá-la com suas coisas boas e ruins. Isso é apenas um incidente. Não queremos que pensem que é um país mau. Não é assim", disse Vicente.

Violência sexual no país

Segundo o Escritório Nacional de Registro de Crimes, em 2022 a Índia registrou uma média de 90 estupros por dia. Os números, denunciam organizações, são subnotificados por causa do estigma a que essas mulheres são submetidas e das raras condenações.

A lei indiana estabelece penas severas para crimes de estupro, com ao menos 10 anos de reclusão. Nos casos de estupro coletivo, a pena pode chegar à prisão perpétua.

Entretanto, as condenações são raras e muitas denúncias acabam soterradas pelo sistema judicial do país com maior população do planeta.

Embaixadas acompanham o caso

A embaixada do Brasil em Nova Delhi repudiou o ataque e afirmou que tem prestado assistência consular à brasileira.

Como Fernanda entrou na Índia com o passaporte espanhol, as autoridades locais procuraram a embaixada da Espanha, que está dando assistência consular às vítimas.

A embaixada da Espanha na Índia se pronunciou no X (antigo Twitter), destacando que é preciso um "compromisso de eliminar a violência contra as mulheres em todo o mundo".

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

estupro
Brasil
Espanha
Índia
Crime
Agressão
Violência Sexual
Violência contra mulher
Influenciador digital
Moto

Últimas notícias

Morre Celeste Arantes, mãe de Pelé, aos 101 anos

Morre Celeste Arantes, mãe de Pelé, aos 101 anos

Ela estava internada há oito dias em um hospital de Santos e a causa da morte não foi divulgada
Vídeo: miliciano morre após carro ser metralhado em Queimados (RJ)

Vídeo: miliciano morre após carro ser metralhado em Queimados (RJ)

Caso aconteceu nesta sexta-feira (21); um homem que também estava no veículo conseguiu fugir
Justiça Eleitoral condena Lula e Boulos por pedido de votos no 1º de Maio

Justiça Eleitoral condena Lula e Boulos por pedido de votos no 1º de Maio

Presidente terá que pagar R$ 20 mil; deputado federal foi condenado em R$ 15 mil; políticos podem recorrer
Programa para desenvolver chips e semicondutores no Brasil é aprovado na Câmara

Programa para desenvolver chips e semicondutores no Brasil é aprovado na Câmara

Brasil Semicon visa aumentar investimentos com linhas de financiamento e incentivos para o setor de semicondutores e tecnologia da informação
Primeiro filhote de baleia-franca de 2024 é avistado no Sul do Brasil; veja vídeo

Primeiro filhote de baleia-franca de 2024 é avistado no Sul do Brasil; veja vídeo

Registro do bebê baleia e sua mãe foi feito em Santa Catarina, por uma equipe de pesquisadores do ProFRANCA
Policial militar e outros quatro homens são presos suspeitos de praticar golpe do FGTS no Rio

Policial militar e outros quatro homens são presos suspeitos de praticar golpe do FGTS no Rio

Segundo o Ministério público, o PM Gustavo de Oliveira Piau é o líder da organização criminosa que tinha idosos como principais alvos
Vídeo: simulação de incêndio com fumaça no Congresso Nacional chama atenção em Brasília

Vídeo: simulação de incêndio com fumaça no Congresso Nacional chama atenção em Brasília

Exercício será repetido às 15h, segundo assessoria do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG)
Cariúcha passa por cirurgia de emergência após miomatose uterina; o que é?

Cariúcha passa por cirurgia de emergência após miomatose uterina; o que é?

Apresentadora teve hemorragia causada pela condição, que pode aparecer durante a vida reprodutiva da mulher
Empresária denuncia agressão de ex e descobre que foi denunciada pelo homem

Empresária denuncia agressão de ex e descobre que foi denunciada pelo homem

Ex-marido assumiu agressões em mensagens enviadas à vítima; caso foi registrado em Goiânia
Lula diz que leilão de arroz foi anulado por “falcatrua em uma empresa”

Lula diz que leilão de arroz foi anulado por “falcatrua em uma empresa”

O presidente da República reafirmou que compra de produto importado foi decidida porque pacotes de arroz estavam sendo vendidos acima dos R$ 30
Publicidade
Publicidade