Publicidade

Israel proíbe a entrada de caminhões de ajuda humanitária em Gaza

Segundo a organização Crescente Vermelho, Israel proibiu a entrada de água, comida, medicamentos e combustível no enclave palestino "por tempo indeterminado"

Israel proíbe a entrada de caminhões de ajuda humanitária em Gaza
Comboio de caminhões de ajuda humanitária aguardando para entrar na Faixa de Gaza
Publicidade

Com o fim do cessar-fogo provisório, Israel voltou a impedir a entrada de caminhões de ajuda humanitária na Faixa de Gaza, denunciou a Sociedade do Crescente Vermelho Palestino (PRCS) na tarde desta 3ª feira (28.nov).

+ Acompanhe a cobertura da guerra em Israel

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

No X, antigo Twitter, a organização humanitária internacional informou que as Forças de Defesa de Israel (FDI) avisaram todas as organizações e entidades que operam na passagem de Rafah, na fronteira com o Egito, que a entrada de comboios de ajuda está proibida por tempo indeterminado.

"Fomos alertados a desobstruir a passagem de caminhões do lado palestino o mais rapidamente possível", continuou 

Segundo a organização, a decisão de Israel "agrava o sofrimento dos cidadãos e aumenta os desafios enfrentados pelas organizações humanitárias e de ajuda humanitária para aliviar as dificuldades dos cidadãos e das pessoas deslocadas devido à agressão em curso na Faixa de Gaza". 

Philippe Lazzarini, diretor da agência da ONU para refugiados palestinos, a UNRWA, também demonstrou preocupação com o bloqueio. 

"Estamos mais do que "preocupados" com o fato de NENHUMA ajuda humanitária ter sido permitida hoje emGaza, incluindo combustível" disse no X. " A pausa chegou ao fim. As Forças Israelenses retomaram as operações militares, muitos serão deslocados, inclusive buscando refúgio em abrigos já lotados", continuou. 

Com o fim do cessar-fogo de 7 dias, bombardeios israelenses no norte e sul de Gaza já fizeram novas vítimas. Segundo o Ministério da Saúde da Palestina, 178 palestinos foram mortos e 589 ficaram feridos em ataques realizados desde a manhã desta 6ª feira (1º.dez). O número de mortos no enclave palestino chega a 15 mil, incluindo 6.150 crianças e 4.000 mulheres, segundo dados da UNRWA.

O número de palestinos deslocados em Gaza supera 1,8 milhões.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbtnews
portalnews
guerra-israel
impede
ajuda humanitária
palestinos
sofrimentos
crescente vermelho
faixa de gaza
crianças
mulheres
deslocados
feridos
água
comida
noticias

Últimas notícias

Selic: Banco Central deve manter taxa básica de juros em 10,5% ao ano nesta quarta (19)

Selic: Banco Central deve manter taxa básica de juros em 10,5% ao ano nesta quarta (19)

Presidente Lula voltou a subir tom de críticas a Roberto Campos Neto; expectativa do mercado é de interrupção do ciclo de cortes
VÍDEO: Garçonete reage a marteladas a agressão de cliente nos EUA

VÍDEO: Garçonete reage a marteladas a agressão de cliente nos EUA

Em depoimento, trabalhadora afirmou que agressor ficou irritado com o aumento dos preços no café
RJ: Mulher vai cobrar pensão de ex e homem espanca vítima

RJ: Mulher vai cobrar pensão de ex e homem espanca vítima

Crime foi registrado em Nova Iguaçu; criminoso tem mais de 10 passagens por violência doméstica
SP terá início de inverno com sol e máxima de 27°C; veja previsão

SP terá início de inverno com sol e máxima de 27°C; veja previsão

Bloqueios atmosféricos continuarão elevando as temperaturas e deixando o tempo mais seco
Concurso da Codevasf reabre inscrições nesta quarta (19), com salários de R$ 9 mil e 61 vagas

Concurso da Codevasf reabre inscrições nesta quarta (19), com salários de R$ 9 mil e 61 vagas

Prazo vai até 9 de julho, às 18h; previsão é de que provas do certame sejam realizadas em 8 de setembro
Dino suspende mais duas leis municipais que proíbem uso da linguagem neutra

Dino suspende mais duas leis municipais que proíbem uso da linguagem neutra

Decisão atendeu ações de grupos em defesa dos direitos LGBTQIA+; liminar será levada ao Plenário
EXPLICA: O que você precisa saber sobre as eleições municipais de 2024 para não cair em desinformação

EXPLICA: O que você precisa saber sobre as eleições municipais de 2024 para não cair em desinformação

Confira a verificação realizada pelos jornalistas integrantes do Projeto Comprova
Mais de 500 muçulmanos morrem por forte calor durante peregrinação na Arábia Saudita

Mais de 500 muçulmanos morrem por forte calor durante peregrinação na Arábia Saudita

Movimento anual reuniu 1,8 milhão de fiéis; termômetros marcaram 43ºC nesta quarta-feira (19)
Brasil Agora: Copom discute futuro da taxa Selic; presidente da Câmara cria comissão para debater PL do aborto

Brasil Agora: Copom discute futuro da taxa Selic; presidente da Câmara cria comissão para debater PL do aborto

Confira essas e outras notícias que serão destaque nesta quarta-feira (19)
Enem 2024: estudantes têm até hoje para pagar taxa de inscrição

Enem 2024: estudantes têm até hoje para pagar taxa de inscrição

Boleto estará disponível na Página do Participante; mais de 5 milhões de pessoas se cadastraram para realizar o exame este ano
Publicidade
Publicidade