Publicidade

Cessar-fogo temporário na guerra entre Israel e Hamas entra em vigor

Trégua em Gaza deve durar quatro dias e inclui a troca de reféns israelenses e prisioneiros palestinos

Cessar-fogo temporário na guerra entre Israel e Hamas entra em vigor
Divulgação/exército de Israel
Publicidade

O cessar-fogo temporário na guerra entre Israel e o grupo extremista Hamas entrou em vigor na madrugada desta 6ª feira (24.nov). A trégua foi acordada em troca da libertação de 50 dos cerca de 240 reféns capturados pelo Hamas no dia 7 de outubro e da soltura de dezenas de palestinos detidos em prisões israelenses. 

+ Acompanhe a cobertura da guerra em Israel

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Segundo o Ministério das Relações Exteriores do Catar, que participou das negociações, o primeiro grupo de reféns inclui 13 pessoas, entre mulheres e crianças, e deve ser liberado pelo Hamas na tarde de hoje. A libertação dos palestinos presos em Israel também deve ser feita dentro de um prazo semelhante. As trocas devem ocorrer durante quatro dias.

"Durante os quatro dias, serão coletados dados sobre os reféns restantes, a possibilidade de libertar mais reféns será considerada e o trabalho para estender a pausa. Espero que essa pausa contribua para encontrar uma chance de iniciar mais trabalho no âmbito de alcançar uma trégua e paz permanentes", disse o porta-voz da pasta, Majed bin Mohammed Al Ansari.

Além da troca de reféns, a pausa temporária das hostilidades permitirá a entrada de um número maior de comboios e ajuda humanitária na Faixa de Gaza pela fronteira com o Egito. As ações incluirão o envio de combustível para o abastecimento de geradores de energia, o que deve auxiliar os hospitais que estão em situação de calamidade.

"Foi acordado que haverá um cessar-fogo completo durante a trégua humanitária. Espero que não haja violações por parte de ambas as partes, o que contribuirá para um clima claro para a libertação dos reféns", disse Majed bin Mohammed Al Ansari, ressaltando que o Catar irá garantir a criação de um ambiente adequado para a saída segura dos reféns.

+ Habitantes de Gaza não têm opções para segurança, alerta ONU

Apesar do acordo, o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, afirmou que o país continuará com os esforços de inteligência durante a pausa, permitindo que o exército se prepare para retomar os combates após o término do cessar-fogo. A expectativa do governo israelense é de que a guerra, que já deixa mais de 14 mil mortos, dure mais dois meses ou até quando o Hamas não representar mais uma ameaça para o país.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbt
sbtnews
portalnews
mundo
guerra-israel
cessar-fogo temporario
guerra
israel
hamas
vigor
faixa de gaza
troca
refens
prisioneiros palestinos
catar
negociaçoes
camila-stucaluc

Últimas notícias

Homem é preso após ameaçar ex com foto de casal dentro de caixão

Homem é preso após ameaçar ex com foto de casal dentro de caixão

Crime foi cometido em Nova Iguaçu (RJ); vítima tinha medida protetiva, descumprida pelo criminoso
Operação da PF em quatro estados mira criminosos que invadiram sistema do TSE

Operação da PF em quatro estados mira criminosos que invadiram sistema do TSE

Polícia Federal cumpriu seis mandados de busca e apreensão; suspeitos usaram aplicativo e-Título para realizar pelo menos 158 registros irregulares
Professora é retirada de escola pela polícia após agressões a alunos

Professora é retirada de escola pela polícia após agressões a alunos

Mulher foi flagrada arrastando criança em sala de aula; segundo os pais, crianças ficaram agressivas, além de apresentarem machucados constantemente
Judeus ultraortodoxos passam a ser obrigados ao serviço militar em Israel

Judeus ultraortodoxos passam a ser obrigados ao serviço militar em Israel

Militares disseram que são capazes de alistar 3 mil este ano; 66 mil são elegíveis para alistamento
Anvisa proíbe venda e uso de produtos à base de fenol em procedimentos estéticos e de saúde

Anvisa proíbe venda e uso de produtos à base de fenol em procedimentos estéticos e de saúde

Resolução da agência é publicada semanas após morte do empresário Henrique Chagas, em São Paulo
Mulher é morta a facadas por não compartilhar senha do wi-fi

Mulher é morta a facadas por não compartilhar senha do wi-fi

Casal usava senha do dispositivo até vítima alterar a combinação de números; crime brutal por motivo banal foi registrado no Pará
Suas publicações do Instagram, WhatsApp e Facebook vão treinar a inteligência artificial da Meta; saiba como evitar

Suas publicações do Instagram, WhatsApp e Facebook vão treinar a inteligência artificial da Meta; saiba como evitar

IA generativa Meta AI terá acesso as fotos e legendas compartilhadas publicamente nas redes sociais da big tech
Senador do MS cobra rapidez contra incêndios no Pantanal: "Do contrário, o tempo vai nos vencer"

Senador do MS cobra rapidez contra incêndios no Pantanal: "Do contrário, o tempo vai nos vencer"

Nelsinho Trad (PSD-MS) disse que trabalha para acelerar tramitação de projeto de lei que institui Política Nacional de Manejo Integrado do Fogo
Fogo destrói ônibus e caminhão-baú na zona oeste de SP

Fogo destrói ônibus e caminhão-baú na zona oeste de SP

Veículos estavam no estacionamento de empresa na Barra Funda; ninguém se feriu
SP: Motorista de Porsche é investigado por agredir ex-madrasta

SP: Motorista de Porsche é investigado por agredir ex-madrasta

Fernando Sastre Filho está preso pela morte de condutor de aplicativo após colisão na zona leste da capital paulista, em março
Publicidade
Publicidade