Publicidade

Onda de calor extremo deixa quase 100 mortos na Índia

Alta temperatura também resultou em internações; governo estuda se há outro motivo para óbitos

Onda de calor extremo deixa quase 100 mortos na Índia
Estados de Uttar Pradesh e Bihar chegaram a registrar 42ºC e 44ºC | Soumi Das/Unicef
Publicidade

A onda de calor extremo que chegou à Índia na última semana já resultou na morte de ao menos 96 pessoas. Segundo autoridades de saúde locais, os óbitos foram registrados em dois dos estados mais populosos do país, Uttar Pradesh e Bihar, onde as temperaturas chegaram a atingir 42ºC e 44ºC nos últimos dias.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

O forte calor também fez com que mais de 400 pessoas fossem levadas aos hospitais, que precisaram aumentar o número de ar condicionados portáteis. Jornais locais relataram que a maioria dos sintomas dos pacientes incluía febre, falta de ar e diarreia. O governo afirmou que estuda se há outro motivo para as internações, como água contaminada.

+ Espada de bronze feita há mais de 3 mil anos é encontrada na Alemanha

Apesar das ondas de calor serem comuns em junho, a Índia ainda sofre para lidar com as altas temperaturas, sobretudo em meio ao aumento constante da população. Além de ter impactos múltiplos na saúde humana, o calor extremo afeta ainda a produção agrícola e o abastecimento de água e energia no país.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbt
sbtnews
portalnews
mundo
onda de calor
mortos
india
uttar pradesh
bihar
agua

Últimas notícias

Lula diz que recuperação do RS é possibilidade de fazer economia do Brasil "crescer ainda mais"

Lula diz que recuperação do RS é possibilidade de fazer economia do Brasil "crescer ainda mais"

Presidente também citou a possibilidade de criar um fundo internacional das "pessoas que poluem" para reconstruir o Rio Grande do Sul
Detentos fabricam camas de madeira para as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul

Detentos fabricam camas de madeira para as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul

Os presos também confeccionam rodos e casinhas para abrigar cachorros resgatados
Calendário do Enem no RS será diferente dos outros estados; entenda

Calendário do Enem no RS será diferente dos outros estados; entenda

Novas datas ainda não foram divulgadas pelo Ministério da Educação
Exército reduz número de armas que podem ser compradas por policiais e bombeiros

Exército reduz número de armas que podem ser compradas por policiais e bombeiros

Regra anterior, que permitia a compra de até seis armas, foi suspensa por Ricardo Lewandowski
"Tatuzão" abre cratera em condomínio durante obras da Linha-6 Laranja do Metrô de SP

"Tatuzão" abre cratera em condomínio durante obras da Linha-6 Laranja do Metrô de SP

Em fevereiro de 2022, um acidente durante a construção da mesma estação deixou a Marginal Tietê interditada após a abertura de um buraco
Batagaika: "porta para o submundo" cresce 1 milhão de metros cúbicos por ano

Batagaika: "porta para o submundo" cresce 1 milhão de metros cúbicos por ano

Imagens de satélite descobriram o local em 1991, na República de Sakha, centro oriente da Rússia
Ministério da Saúde envia kits emergenciais para atender 195 mil pessoas no RS

Ministério da Saúde envia kits emergenciais para atender 195 mil pessoas no RS

Cada kit tem 32 tipos de medicamentos e 16 tipos de insumos, como luvas, seringas e ataduras
Morte por leptospirose é confirmada em cidade do Rio Grande do Sul

Morte por leptospirose é confirmada em cidade do Rio Grande do Sul

Município de Travesseiro é o primeiro a confirmar óbito; mais três pessoas recebem o tratamento para a doença
Poder Expresso: doenças e acúmulo de lixo são os próximos desafios do Rio Grande do Sul

Poder Expresso: doenças e acúmulo de lixo são os próximos desafios do Rio Grande do Sul

Esta edição discute as repercussões e os próximos passos do Irã após acidente de helicóptero que matou o presidente
Espanha ameaça romper relações diplomáticas com a Argentina após falas de Milei

Espanha ameaça romper relações diplomáticas com a Argentina após falas de Milei

Presidente argentino usou Begoña Gomez, mulher do primeiro-ministro Pedro Sánchez, para atacá-lo
Publicidade
Publicidade