Publicidade

Uganda aprova nova versão de lei que discrimina comunidade LGBTQIA+

Casos de homossexualidade continuarão podendo resultar em prisões perpétuas ou pena de morte

Uganda aprova nova versão de lei que discrimina comunidade LGBTQIA+
Texto voltou às mãos dos parlamentares após pedido do presidente Yoweri Museveni | Pexels
Publicidade

O Parlamento da Uganda aprovou, nesta 3ª feira (3.mai), uma nova versão do projeto de lei que criminaliza atos e promoção da homossexualidade no país. O texto voltou às mãos dos parlamentares após pedido do presidente Yoweri Museveni, que cobrou mais clareza sobre a classificação das pessoas que poderão ser punidas pela norma.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

"O que está claro é que nossa sociedade não apoia condutas ou ações homossexuais. Portanto, a lei proposta deve ser clara de modo que o que se busca criminalizar não é o estado de alguém que tem uma inclinação desviante, mas sim as ações de alguém agindo sobre esse desviante ou promovendo os mesmos atos", alegou Museveni.

Com o pedido, o Parlamento recomendou a troca das cláusulas 2 e 3 para enfatizar as pessoas que poderão ser criminalizadas. Entre elas estão aquelas que tiverem relações sexuais com pessoas do mesmo sexo e que promoverem a homossexualidade. As punições para quem infringir a lei vão desde prisão perpétua até pena de morte.

O presidente também recomendou a alteração da cláusula 14, que impõe o dever de denunciar casos suspeitos de homossexualidade no país. Os parlamentares, no entanto, alegaram que a cláusula é importante para penalizar aqueles que promover a homossexualidade para crianças e adolescentes.

+ Austrália proíbe cigarros eletrônicos e vapers de uso único

O projeto de lei, aprovado inicialmente em março, é criticado por países como Estados Unidos e União Europeia. O mesmo é feito pela Organização das Nações Unidas (ONU), que classificou a medida como "perturbadora" e "discriminatória".

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbt
sbtnews
portalnews
mundo
parlamento
uganda
aprova
nova versao
lei
discrimina
comunidade
lgbt
promoçao
homossexualidade
relaçoes sexuais

Últimas notícias

Aplicativo da Uber apresenta instabilidade, aponta site de monitoramento

Aplicativo da Uber apresenta instabilidade, aponta site de monitoramento

Clientes fizeram reclamações nas redes sociais: "mds o fim do mundo n consigo pedir um uber" (sic)
Apagão cibernético não afetou sistemas do Congresso

Apagão cibernético não afetou sistemas do Congresso

Câmara e Senado disseram que não registraram qualquer problema; recesso parlamentar teve início na quinta-feira
PSDB antecipa convenção partidária para anunciar candidatura de Datena em SP

PSDB antecipa convenção partidária para anunciar candidatura de Datena em SP

Apresentador já desistiu quatro vezes de concorrer a cargos políticos; evento ocorre no mesmo dia do lançamento da candidatura de Tabata Amaral
Assalto com granada deixa dois feridos em Copacabana, no Rio

Assalto com granada deixa dois feridos em Copacabana, no Rio

Bandido que estava com o explosivo conseguiu fugir; vítima foi encaminhada para o Hospital Municipal Miguel Couto
Atleta australiano amputa parte do dedo para participar das Olimpíadas de Paris

Atleta australiano amputa parte do dedo para participar das Olimpíadas de Paris

O jogador de hóquei Matt Dawson quebrou o dedo semanas antes do início dos Jogos Olímpicos
SP: Feira busca tutores para cães resgatados no Rio Grande do Sul

SP: Feira busca tutores para cães resgatados no Rio Grande do Sul

Pets foram castrados e receberam tratamento após as enchentes
Eleições municipais 2024: partidos poderão realizar convenções a partir de sábado

Eleições municipais 2024: partidos poderão realizar convenções a partir de sábado

Reuniões são necessárias para que legendas e federações possam lançar políticos na disputa e seguem calendário oficial da Justiça Eleitoral
Filha de deputado é encontrada morta no Mato Grosso

Filha de deputado é encontrada morta no Mato Grosso

Polícia Civil ainda apura as circunstâncias da morte da jovem de 26 anos na zona rural da cidade de Nova Mutum
Apagão cibernético afeta coleta de exames em hospital de SP

Apagão cibernético afeta coleta de exames em hospital de SP

Hospital Sírio-Libanês diz que parceiro que faz o serviço enfrentou instabilidade no sistema e coleta foi interrompida; outras unidades funcionam normalmente
"Aproveitar minha família", diz homem que sobreviveu após ter crânio perfurado por estaca de madeira

"Aproveitar minha família", diz homem que sobreviveu após ter crânio perfurado por estaca de madeira

Vitor Soares disse que o acidente aconteceu "muito rápido" e "não teve como reagir"
Publicidade
Publicidade