Publicidade

Bolsas de valores definem parâmetros para rotular negócios como "verdes"

Regras surgem para evitar o greenwashing, "maquiagem" que empresas usam para atrair investidores

Bolsas de valores definem parâmetros para rotular negócios como "verdes"
B3
Publicidade

Para evitar o GreenWashing, nome dado a uma "maquiagem verde" feita por empresas para atrair investidores, bolsas de valores do mundo todo criaram regras para rotular o que realmente é ou não é sustentável nos negócios.

Cinco critérios mínimos foram impostos pela Federação Mundial de Bolsas (WFE): 

- Ter ao menos 50% da receita anual proveniente de atividades que contribuam para a economia verde;

- Divulgar a taxonomia e quaisquer outros critérios ou definições usadas para verificar que as receitas vêm de serviços verdes;

- Atender os critérios de governança da bolsa em que estiverem listadas;

- Avaliar anualmente com um certificador externo como as atividades e receitas relacionadas estão contribuindo para uma economia verde;

- Disponibilizar apropriadamente as informações sobre como atende aos critérios e às classificações.

São diretrizes gerais, que dão margem para as bolsas criarem padrões próprios. Desse modo, será difícil comparar os papéis negociados em diferentes mercados. Apesar disso, profissionais de finanças sustentáveis receberam bem as regras.

Em nota, a Brasil-Bolsa-Balcão (B3) informou que "considera os princípios publicados pela entidade uma importante contribuição ao debate global visando à transição para uma economia verde. A B3 irá avaliar a publicação para identificar oportunidades de utilização desses insumos em eventuais discussões para o aprimoramento do mercado brasileiro".

A WFE defendeu que a intenção é promover a evolução do mercado de capitais, de forma semelhante ao que acontece com a oferta de títulos de dívida.

Veja também:

+ Previsão do tempo: crateras gigantes ameaçam engolir casas no Maranhão

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbtnews
economia
verde
bolsa
valores
b3
greenwashing
green equity

Últimas notícias

Brasil Agora: governo terá de cortar gastos, mas Lula resiste; Trump, o atentado e a convenção

Brasil Agora: governo terá de cortar gastos, mas Lula resiste; Trump, o atentado e a convenção

Confira essas e outras notícias que serão destaque nesta quarta-feira (17)
+Milionária sorteia prêmio de R$ 245 milhões nesta quarta-feira (17)

+Milionária sorteia prêmio de R$ 245 milhões nesta quarta-feira (17)

Apostas podem ser feitas até as 19h em casas lotéricas ou pela internet
Hóspedes são encontrados mortos em hotel 5 estrelas na Tailândia

Hóspedes são encontrados mortos em hotel 5 estrelas na Tailândia

Polícia aponta para envenenamento com cianeto; corpos são de cidadãos vietnamitas
Carpinteiro atingido por estaca de madeira na cabeça deixa o CTI

Carpinteiro atingido por estaca de madeira na cabeça deixa o CTI

Vitor Soares do Nascimento precisou passar por cirurgia de emergência para retirada do objeto; quadro de saúde é estável
Com R$ 362 milhões, "Divertida Mente 2" se torna maior arrecadação em bilheterias da história no Brasil

Com R$ 362 milhões, "Divertida Mente 2" se torna maior arrecadação em bilheterias da história no Brasil

Nova animação da Disney/Pixar já foi assistida por 18 milhões de espectadores
Nota Fiscal Paulista libera R$ 46,5 milhões em créditos; veja como resgatar

Nota Fiscal Paulista libera R$ 46,5 milhões em créditos; veja como resgatar

Valor é referente às compras realizadas em março de 2024 e ficará disponível para transferência por um ano
SBT News na TV: Chiquinho Brazão volta a alegar inocência no assassinato de Marielle

SBT News na TV: Chiquinho Brazão volta a alegar inocência no assassinato de Marielle

Confira o que foi notícia ao longo do dia e os assuntos que serão destaque nesta quarta-feira (17); assista!
EUA: jovem armado com fuzil é preso perto de convenção republicana

EUA: jovem armado com fuzil é preso perto de convenção republicana

Detenção ocorreu fora do perímetro de segurança do evento; suspeito não tinha autorização de porte
Entrevista de Biden à NBC "não convenceu ninguém", afirma analista político

Entrevista de Biden à NBC "não convenceu ninguém", afirma analista político

Arick Wierson avaliou o desempenho do presidente dos Estados Unidos, marcado por respostas desencontradas e dificuldade na comunicação
Supremo atende governo e Congresso e dá mais tempo para desoneração na folha

Supremo atende governo e Congresso e dá mais tempo para desoneração na folha

Ministro Fachin deu prazo para solução até 11 de setembro; Senado quer concluir votação em agosto
Publicidade
Publicidade