Publicidade

Casa Branca anuncia 'nas próximas semanas' valor doado ao Fundo Amazônia

Embaixadora dos EUA no Brasil também anunciou que países devem intensificar ações de defesa da democracia

Casa Branca anuncia 'nas próximas semanas' valor doado ao Fundo Amazônia
Publicidade

A embaixadora dos Estados Unidos no Brasil, Elizabeth Frawley Bagley, afirmou nesta 4ª feira (15.fev) que nas próximas semanas deve sair a confirmação do valor que os EUA vai liberar pro Fundo Amazônia. Na semana passada, após encontro do presidente americano Joe Biden com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), em Washington, os Estados Unidos anunciaram intenção de contribuir com o fundo, mas não informaram o valor.

"Prevemos que nas próximas semanas o valor será divulgado. Estamos muito entusiasmados. Ficamos muito felizes de fazer parte [do fundo]. O Congresso dos Estados Unidos vai tomar as decisões, e eles poderão e farão a determinação dos valores exatos autorizados, a Casa Branca e o Congresso. Primeiro, a Casa Branca, e depois, o Senado, trabalharão juntos para estabelecerem os valores exatos", declarou a embaixadora.

O Fundo Amazônia, criado em 2008, conta com mais de R$ 3 bilhões doados pelos governos da Alemanha e da Noruega para ações de redução na emissão de gases que agravam o efeito estufa e em defesa do meio ambiente. O Fundo ficou parado entre 2019 e 2022, no governo de Jair Bolsonaro (PL) e foi reativado, em janeiro deste ano, com a posse do presidente Lula.

As declarações foram dadas em conversa com a imprensa na Embaixada dos EUA, em Brasília. Elizabeth recebeu jornalistas para falar sobre a reunião dos presidentes americano e brasileiro, na Casa Branca, no último dia 10.

Navios iranianos

A embaixadora aproveitou para renovar um apelo ao governo brasileiro. Elizabeth afirmou que já manifestou ao ministro das Relações Exteriores do Brasil, Mauro Vieira, a posição americana de ser contra a autorização para os navios iranianos de guerra ficarem atracados no Rio de Janeiro, entre o fim deste mês e o início de março. 

Segundo a diplomata, essas embarcações são de um país que financiam o comércio de produtos ilegais e o terrorismo. "Esses navios, no passado, facilitaram o comércio ilícito e atividades terroristas. O Brasil é um país soberano, mas acreditamos fortemente que esses navios não deveriam atracar em qualquer lugar", disse.

Para evitar qualquer desconforto com o governo americano, o governo brasileiro adiou a permissão para a atracagem dos navios dias antes do encontro entre os presidentes Joe Biden e Luiz Inácio Lula da Silva.

Democracia

Bagley disse ainda que os presidentes americano e brasileiro devem intensificar ações conjuntas de defesa da democracia. No sábado (11.fev), ainda em repercussão ao encontro, pelas redes sociais, ela disse que Biden gostou tanto do diálogo com o petista, que já confimou visita ao Brasil.

"Será uma honra receber o presidente Biden em Brasília para continuar essas conversas essenciais com o governo brasileiro", disse a embaixadora. 

Elizabeth Bagley, 70 anos, chegou ao país para comandar a Embaixada dos EUA, em Brasília, no último dia 1º de fevereiro. O cargo estava vago ha 18 meses.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbtnews
lula
biden
eua
casa branca
democracia
fundo amazônia
governo

Últimas notícias

Brasil Agora: governo terá de cortar gastos, mas Lula resiste; Trump, o atentado e a convenção

Brasil Agora: governo terá de cortar gastos, mas Lula resiste; Trump, o atentado e a convenção

Confira essas e outras notícias que serão destaque nesta quarta-feira (17)
+Milionária sorteia prêmio de R$ 245 milhões nesta quarta-feira (17)

+Milionária sorteia prêmio de R$ 245 milhões nesta quarta-feira (17)

Apostas podem ser feitas até as 19h em casas lotéricas ou pela internet
Hóspedes são encontrados mortos em hotel 5 estrelas na Tailândia

Hóspedes são encontrados mortos em hotel 5 estrelas na Tailândia

Polícia aponta para envenenamento com cianeto; corpos são de cidadãos vietnamitas
Carpinteiro atingido por estaca de madeira na cabeça deixa o CTI

Carpinteiro atingido por estaca de madeira na cabeça deixa o CTI

Vitor Soares do Nascimento precisou passar por cirurgia de emergência para retirada do objeto; quadro de saúde é estável
Com R$ 362 milhões, "Divertida Mente 2" se torna maior arrecadação em bilheterias da história no Brasil

Com R$ 362 milhões, "Divertida Mente 2" se torna maior arrecadação em bilheterias da história no Brasil

Nova animação da Disney/Pixar já foi assistida por 18 milhões de espectadores
Nota Fiscal Paulista libera R$ 46,5 milhões em créditos; veja como resgatar

Nota Fiscal Paulista libera R$ 46,5 milhões em créditos; veja como resgatar

Valor é referente às compras realizadas em março de 2024 e ficará disponível para transferência por um ano
SBT News na TV: Chiquinho Brazão volta a alegar inocência no assassinato de Marielle

SBT News na TV: Chiquinho Brazão volta a alegar inocência no assassinato de Marielle

Confira o que foi notícia ao longo do dia e os assuntos que serão destaque nesta quarta-feira (17); assista!
EUA: jovem armado com fuzil é preso perto de convenção republicana

EUA: jovem armado com fuzil é preso perto de convenção republicana

Detenção ocorreu fora do perímetro de segurança do evento; suspeito não tinha autorização de porte
Entrevista de Biden à NBC "não convenceu ninguém", afirma analista político

Entrevista de Biden à NBC "não convenceu ninguém", afirma analista político

Arick Wierson avaliou o desempenho do presidente dos Estados Unidos, marcado por respostas desencontradas e dificuldade na comunicação
Supremo atende governo e Congresso e dá mais tempo para desoneração na folha

Supremo atende governo e Congresso e dá mais tempo para desoneração na folha

Ministro Fachin deu prazo para solução até 11 de setembro; Senado quer concluir votação em agosto
Publicidade
Publicidade