Publicidade

'Homossexualidade não é crime', diz Papa Francisco

Pontífice pediu que bispos recebam a comunidade LGBT+ nas igrejas

'Homossexualidade não é crime', diz Papa Francisco
Papa Francisco
Publicidade

Em entrevista exclusiva à Associated Press, o papa Francisco criticou as leis que criminalizam a homossexualidade, dizendo que Deus ama todos os seus filhos assim como eles são e pediu aos bispos católicos que apoiam as leis contrárias a isso que recebam pessoas LGBTQIA+ na igreja.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

"Ser homossexual não é crime", afirmou Francisco, que também falou sobre a necessidade de que haja uma reforma dos bispos que apoiam leis que criminalizam a homossexualidade ou discriminam a comunidade LGBTQIA+. Apesar de ele mesmo se referir à questão em termos de "pecado", o pontífice pediu que a "ternura" seja aplicada pelos bispos, assim "como Deus tem por cada um de nós".

Francisco citou o Catecismo da Igreja Católica ao dizer que os gays devem ser bem-vindos e respeitados, e não devem ser marginalizados ou discriminados.

"Somos todos filhos de Deus, e Deus nos ama como somos e pela força que cada um de nós luta pela nossa dignidade", disse Francisco, falando à AP no hotel do Vaticano onde mora.

Os comentários de Francisco são os primeiros proferidos por um papa sobre tais leis, mas são consistentes com sua abordagem geral à comunidade LGBTQIA+ e a crença de que a Igreja Católica deve acolher a todos e não discriminar. Segundo o papa, é preciso haver uma distinção entre crime e pecado em relação à homossexualidade.

"Ser homossexual não é crime", disse ele. "Não é crime. Sim, mas é pecado. Tudo bem, mas primeiro vamos distinguir entre um pecado e um crime. Também é pecado faltar à caridade uns com os outros", acrescentou.

O ensinamento católico sustenta que, embora os gays devam ser tratados com respeito, os atos homossexuais são "intrinsecamente desordenados". Francisco não mudou esse ensinamento, mas fez do alcance da comunidade LGBTQIA+ uma marca registrada de seu papado.

Começando com a declaração de 2013, "Quem sou eu para julgar?" -- quando lhe perguntaram sobre um padre supostamente gay -- Francisco passou a ministrar repetidamente e publicamente à comunidade gay e trans.

Como arcebispo de Buenos Aires, ele favoreceu a concessão de proteção legal a casais do mesmo sexo como alternativa ao endosso ao casamento gay, que a doutrina católica proíbe.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbtnews
portalnews
associated press
mundo
papa francisco
entrevista
religião
catolicismo
comunidade
lgbtqia+

Últimas notícias

Atentado contra Donald Trump: o que se sabe até agora

Atentado contra Donald Trump: o que se sabe até agora

Candidato republicano à Presidência dos Estados Unidos foi alvejado durante comício na Pensilvânia; ao menos duas pessoas morreram no ato criminoso
Atirador fez vários disparos de "posição elevada" do lado de fora de comício de Trump, diz Serviço Secreto

Atirador fez vários disparos de "posição elevada" do lado de fora de comício de Trump, diz Serviço Secreto

O porta-voz do órgão, Anthony Guglielmi, afirmou que o autor dos disparos foi “neutralizado” logo após atirar
Trump diz que sentiu bala rasgando sua pele em atentado nos EUA

Trump diz que sentiu bala rasgando sua pele em atentado nos EUA

Ex-presidente foi atingido durante comício. Duas pessoas morreram no ato, uma delas era o suposto atirador. Ainda há um ferido
Biden condena violência e diz estar orando por Trump após atentado

Biden condena violência e diz estar orando por Trump após atentado

Presidente agradeceu ao Serviço Secreto por colocar seu adversário político em segurança
Atentado em comício de Trump: Atirador foi morto por agentes do Serviço Secreto

Atentado em comício de Trump: Atirador foi morto por agentes do Serviço Secreto

Uma pessoa que participava do evento na Pensilvânia também foi morta, segundo promotor. Campanha afirma que Trump "está bem" e em segurança
Lula se solidariza com Trump e diz que ataque é inaceitável

Lula se solidariza com Trump e diz que ataque é inaceitável

Candidato à presidência americana foi ferido durante comício na Pensilvânia
Confira números sorteados em jogo da Mega-Sena, que tem prêmio acumulado de R$ 15 mi

Confira números sorteados em jogo da Mega-Sena, que tem prêmio acumulado de R$ 15 mi

Apostas podem ser feitas em agências lotéricas de todo o país ou pelo site da Caixa
Trump "está bem", afirma campanha após atentado durante comício na Pensilvânia

Trump "está bem", afirma campanha após atentado durante comício na Pensilvânia

Ex-presidente dos EUA discursava quando teria sido atingido na orelha direita. Segundo o Serviço Secreto, o republicano "está em segurança"
“Nossa solidariedade ao maior líder mundial”, diz Bolsonaro sobre tiros em comício de Trump

“Nossa solidariedade ao maior líder mundial”, diz Bolsonaro sobre tiros em comício de Trump

O ex-presidente brasileiro se manifestou na rede social X sobre suposto ataque ao ex-presidente dos Estados Unidos
Donald Trump é alvo de ataque durante comício na Pensilvânia

Donald Trump é alvo de ataque durante comício na Pensilvânia

Imagens mostram ex-presidente dos EUA com ferimentos na orelha após sons de tiros; suspeito foi morto por seguranças do Serviço Secreto
Publicidade
Publicidade