Publicidade

Filho de brasileiros, deputado eleito nos EUA, admite que mentiu

George Santos declarou que se formou em duas instituições norte-americanas

Filho de brasileiros, deputado eleito nos EUA, admite que mentiu
deputado_eleito_eua_george_santos
Publicidade

Deputado eleito pelo partido Republicanos, nos Estados Unidos, e filho de imigrantes brasileiros, George Anthony Devolder Santos admitiu ter mentido em seu currículo profissional e acadêmico. George ficou uma semana em silêncio sobre o caso.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Santos, que foi eleito com 54% dos votos para representar o 3º distrito de Nova York, afirmou que pretende tomar posse no dia 3 de janeiro, para integrar a maioria republicana presente na Câmara dos Estados Unidos. Em entrevista para o jornal New York Post, Santos afirmou que "floreou" o currículo e buscou minimizar as mentiras declaradas durante a campanha.

Além disso, o deputado eleito negou ser réu em um processo na justiça do Rio de Janeiro, no qual  foi acusado pelo crime de estelionato. Na ocasião, o republicano teria utilizado folhas do talão de cheques e falsificado a assinatura de um idoso para o qual sua mãe trabalhava. Ele teria utilizado os cheques para fazer compras fraudulentas, em 2008, em Niterói, região metropolitana da capital fluminense.

Na época, Santos chegou a confessar o crime, mas como não foi localizado para a citação no processo, a ação foi suspensa. Apesar de ser réu, o deputado eleito negou ter cometido qualquer crime dentro ou fora dos EUA.

"Eu não sou criminoso aqui. Aqui, no Brasil ou em qualquer jurisdição no mundo. Absolutamente não sou. Isso não aconteceu", disse ele ao New York Post.

Em sua defesa, Santos afirmou que o que está em questão são as informações falsas em seu histórico profissional e acadêmico. "Meus pecados aqui são florear meu currículo", declarou.

Durante suas campanhas, Santos afirmou que se formou na Faculdade Baruch e na Universidade de Nova York, onde teria recebido diplomas em Finanças e Economia. No entanto,  o deputado do partido Republicanos admitiu que mentiu sobre a formação acadêmica e declarou estar arrependido de ter feito tais declarações falsas. "Eu não me formei em nenhuma instituição de Ensino Superior. Estou envergonhado e me arrependo de ter floreado meu currículo. Nós fazemos coisas estúpidas na vida", completou.

Além da formação no ensino superior, Santos também disse que mentiu sobre a quantidade de propriedades que tinha, um total de 13. Segundo o deputado, ele não tem nenhuma. No entanto, em setembro deste ano, Santos declarou ao Congresso americano ter um apartamento no Rio de Janeiro. O deputado eleito reconheceu ainda que passou por dificuldades financeiras, o que contribuiu para que ele devesse milhares de dólares para credores e locatários.

Em entrevista ao SBT News, em novembro deste ano, Santos confessou ter vindo de uma família sem muitos recursos financeiros. "Eu tenho uma história de vida bem simples. Eu vim de uma família muito pobre. Quando eu nasci, meus pais moravam num porão, um apartamento de porão que a gente conhece como basement, e foi uma luta de batalha pelo sonho americano", afirmou. 

No entanto, Santos não conseguiu explicar como conseguiu resolver sua situação tão rapidamente quando conseguiu investir 700 mil dólares em sua própria campanha eleitoral para disputar a vaga para o Congresso americano.

Sobre as acusações de mentiras acerca dos supostos empregos em empresas de sucesso em Wall Street, região importante em Nova York onde se localizam as maiores companhias do mercado financeiro, o republicano disse que nunca trabalhou diretamente para a Citigroup e a Goldman. Ele culpou o que chamou de "escolhas equivocadas de palavras", que podem ter provocado a impressão de que ele teria afirmado sua passagem profissional por essas companhias.

O deputado disse que trabalhou com as duas empresas por meio da LinkBridge Inestors, onde realmente tinha vínculo trabalhista. Essa empresa, de acordo com Santos, tinha "parcerias limitadas" com o Citigroup e Goldman.

Porém, seu antigo site de campanha trazia a informação de que ele "começou a trabalhar para o Citigroup como um associado e rapidamente cresceu para se tornar um gerente associado de ativos na divisão de ativos reais da firma".

Outra polêmica envolvendo o nome de Santos é a omissão de um casamento heterossexual de anos. Ele, que é o primeiro republicano assumidamente homossexual a ser eleito para a Câmara, reconheceu que o divórcio teve sua conclusão duas semanas antes da formalização de sua primeira candidatura, em 2020.

Ao New York Post, ele afirmou que está resolvido em relação à sua sexualidade. "Eu namorei mulheres no passado. Eu casei com uma mulher. São coisas pessoais", disse.

Já ao SBT, o deputado declarou que seu mérito foi o que contribuiu para que ele fosse eleito e não sua orientação sexual. "A minha orientação sexual não foi uma grande parte da campanha. Isso é parte de quem eu sou. O que foi parte da campanha são meus méritos. O que me levou a chegar a este ponto da minha carreira, o que me levou a ser candidato qualificado para o Congresso. Eu acredito muito em mérito", afirmou.

Não obstante as mentiras de Santos, ele ainda pode tomar posse no dia 3 de janeiro, já que nos Estados Unidos, apenas divergências de idade, cidadania e residência no estado em que concorreram os deputados podem ser considerados como empecilhos para que assumam o cargo para o qual foram eleitos.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
warley-junior
estados unidos
deputado
george santos
mentiras
eleições

Últimas notícias

Primeira pesquisa após atentado contra Trump indica empate técnico com Biden

Primeira pesquisa após atentado contra Trump indica empate técnico com Biden

Ataque não provocou grandes mudanças nas intenções de voto, mas aumentou preocupação com violência
Ramagem presta depoimento à PF nesta quarta (17) sobre "Abin paralela" de Bolsonaro

Ramagem presta depoimento à PF nesta quarta (17) sobre "Abin paralela" de Bolsonaro

Deputado federal e ex-diretor da agência fala à Polícia Federal após nova fase da operação Última Milha e divulgação de áudio com Bolsonaro
ENGANOSO: Presos que aparecem em vídeo não são ex-membros da Suprema Corte de El Salvador

ENGANOSO: Presos que aparecem em vídeo não são ex-membros da Suprema Corte de El Salvador

Confira a verificação realizada pelos jornalistas integrantes do Projeto Comprova
Brasil Agora: governo terá de cortar gastos, mas Lula resiste; Trump, o atentado e a convenção

Brasil Agora: governo terá de cortar gastos, mas Lula resiste; Trump, o atentado e a convenção

Confira essas e outras notícias que serão destaque nesta quarta-feira (17)
+Milionária sorteia prêmio de R$ 245 milhões nesta quarta-feira (17)

+Milionária sorteia prêmio de R$ 245 milhões nesta quarta-feira (17)

Apostas podem ser feitas até as 19h em casas lotéricas ou pela internet
Hóspedes são encontrados mortos em hotel 5 estrelas na Tailândia

Hóspedes são encontrados mortos em hotel 5 estrelas na Tailândia

Polícia aponta para envenenamento com cianeto; corpos são de cidadãos vietnamitas
Carpinteiro atingido por estaca de madeira na cabeça deixa o CTI

Carpinteiro atingido por estaca de madeira na cabeça deixa o CTI

Vitor Soares do Nascimento precisou passar por cirurgia de emergência para retirada do objeto; quadro de saúde é estável
Com R$ 362 milhões, "Divertida Mente 2" se torna maior arrecadação em bilheterias da história no Brasil

Com R$ 362 milhões, "Divertida Mente 2" se torna maior arrecadação em bilheterias da história no Brasil

Nova animação da Disney/Pixar já foi assistida por 18 milhões de espectadores
Nota Fiscal Paulista libera R$ 46,5 milhões em créditos; veja como resgatar

Nota Fiscal Paulista libera R$ 46,5 milhões em créditos; veja como resgatar

Valor é referente às compras realizadas em março de 2024 e ficará disponível para transferência por um ano
SBT News na TV: Chiquinho Brazão volta a alegar inocência no assassinato de Marielle

SBT News na TV: Chiquinho Brazão volta a alegar inocência no assassinato de Marielle

Confira o que foi notícia ao longo do dia e os assuntos que serão destaque nesta quarta-feira (17); assista!
Publicidade
Publicidade