Publicidade

ONU escolhe general Santos Cruz para chefiar missão de apuração na Ucrânia

Santos Cruz disse ficar "muito honrado" por ter sido considerado

ONU escolhe general Santos Cruz para chefiar missão de apuração na Ucrânia
General Santos Cruz com uniforme militar (Reprodução)
Publicidade

O general Santos Cruz (Podemos), ex-ministro-chefe da Secretaria de Governo do Brasil, foi escolhido pela Organização das Nações Unidas (ONU) para liderar uma missão para apurar os fatos referentes a uma explosão na Ucrânia, segundo anúncio feito nesta 5ª feira (18.ago) pelo secretário-geral da entidade, António Guterres, em conversa com jornalistas - tida ao lado dos presidentes ucraniano, Volodymyr Zelensky, e turco, Recep Tayyip Erdogan, na cidade ucraniana de Lviv.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

A Ucrânia está em guerra com a Rússia desde 24 de fevereiro, quando os russos invadiram o primeiro país. Os fatos a serem apurados pela missão dizem respeito à explosão que matou dezenas de pessoas em um centro de detenção em Olenivka, no território ucraniano, em 29 de julho. No local, estavam prisioneiros de guerra ucranianos.

O secretário-geral da ONU classificou como inaceitável o ocorrido, disse que qualquer prisioneiro de guerra deve ser protegido com base na Lei Humanitária Internacional e pontuou que a Cruz Vermelha precisa ter acesso aos presos. Tanto o governo da Ucrânia como o da Rússia pediram a missão para apuração do caso.

Os dados sobre seu funcionamento e a formação da equipe que participará serão informados às duas nações. Para Guterres, o general Santos Cruz é um oficial respeitado. O secretário-geral relembrou ainda que o brasileiro possui mais de 40 anos de experiência em segurança pública e militar. O general comandou duas missões de paz da ONU: Minustah, no Haiti, e Monusco, na República Democrática do Congo.

Santos Cruz disse ficar "muito honrado" por ter sido considerado. Falou ainda ter certeza "de que os companheiros que irão também ser selecionados pelas Nações Unidas são pessoas da mais alta qualidade, e isso é uma grande garantia para o nosso trabalho, para que possamos ter um resultado positivo sobre o assunto que vai ser tratado". 

Conforme Guterres, uma missão como essa a ser realizada por causa da explosão de 29 de julho precisa ser livre para apurar os acontecimentos, e os participantes devem poder obter e analisar a informação necessária, com segurança e acesso total aos indivíduos e provas.

Veja também:

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbtnews
mundo
onu
guerra-na-ucrânia
general santos cruz
missão
apuração
fatos
explosão
prisioneiros de guerra
secretário geral
olenivka
rússia
guilherme-resck

Últimas notícias

STF discute, nesta quinta (13), desoneração dos agrotóxicos

STF discute, nesta quinta (13), desoneração dos agrotóxicos

No plenário virtual, os ministros já haviam formado maioria a favor dos benefícios fiscais, mas ainda há tempo de reverter o placar no plenário físico
Futuro de Juscelino depende de negociação com União Brasil por fidelidade no Congresso

Futuro de Juscelino depende de negociação com União Brasil por fidelidade no Congresso

Ministro indiciado ganha tempo para se defender enquanto Lula estiver cumprindo agenda pela Europa
Entenda como decisão do STF pode aumentar o seu saldo do FGTS

Entenda como decisão do STF pode aumentar o seu saldo do FGTS

Os ministros decidiram, nesta quarta (12), que correção do Fundo deve ser pelo IPCA, a fim de evitar perdas inflacionárias
PF abre inquérito para investigar leilão do arroz, para suprir demanda com tragédia no RS

PF abre inquérito para investigar leilão do arroz, para suprir demanda com tragédia no RS

Conab, responsável pela compra dos grãos importados, suspendeu o negócio após suspeitas de irregularidades
Polícia argentina usa gás de pimenta para reprimir protestos contra a Lei de Bases

Polícia argentina usa gás de pimenta para reprimir protestos contra a Lei de Bases

Pacote de reformas enviado pelo governo Milei está em debate no Senado
Tarcísio autoriza abertura de licitação para privatizar gestão de 33 novas escolas

Tarcísio autoriza abertura de licitação para privatizar gestão de 33 novas escolas

O prazo de concessão será de 25 anos, de acordo com a Secretaria de Educação do estado
Alexandre de Moraes prorroga mais uma vez inquéritos das fake news e milícias digitais

Alexandre de Moraes prorroga mais uma vez inquéritos das fake news e milícias digitais

O ministro deu mais 180 dias para conclusão das investigações, atendendo a pedido feito pela Polícia Federal (PF)
Lula: “O Brasil não vai desperdiçar oportunidade de se tornar uma grande economia”

Lula: “O Brasil não vai desperdiçar oportunidade de se tornar uma grande economia”

Presidente brasileiro participou de abertura de evento no Rio de Janeiro que reúne investidores árabes e brasileiros
Senado aprova projeto que obriga restaurantes a terem cartaz ensinando manobra de desengasgo

Senado aprova projeto que obriga restaurantes a terem cartaz ensinando manobra de desengasgo

Texto foi aprovado na forma de um substitutivo da relatora, senadora Damares Alves (Republicanos-DF), e volta agora à Câmara dos Deputados
Erika Hilton processa Nikolas Ferreira por crime de transfobia e cobra indenização de R$ 5 milhões

Erika Hilton processa Nikolas Ferreira por crime de transfobia e cobra indenização de R$ 5 milhões

A acusação da deputada foi após uma fala de Nikolas na reunião da Comissão da Defesa dos Direitos das Mulheres, na última quarta-feira
Publicidade
Publicidade