Publicidade

Eleições americanas: Trump faz um novo ataque à votação

Nas redes sociais, Trump diz que há uma "discrepância de eleitores em grande escala" em Nevada

Eleições americanas: Trump faz um novo ataque à votação
reprodução AP contagem de votos nos EUA
Publicidade
Enquanto as autoridades dos condados mais populosos de Nevada certificavam os resultados da eleição de 3 de novembro, o presidente Donald Trump foi ao Twitter com um novo ataque à votação que deu ao candidato democrata Joe Biden uma vitória de 33.596 votos em todo o estado.

Trump disse que há uma "discrepância de eleitores em grande escala" e afirmou que "Os funcionários do condado de Clark não confiam em sua própria segurança eleitoral. Grande impacto! "
 

O ex-vice-presidente Joe Biden obteve 50,06% dos votos e Trump 47,67% - uma diferença de 2,39% - nos resultados apresentados para aprovação por comissários em 17 condados, incluindo Clark, que abrange Las Vegas, e Washoe.

Na área de Las Vegas, as autoridades identificaram seis pessoas que votaram duas vezes, disse o secretário eleitoral do condado de Clark, Joe Gloria. Ele pediu investigações ao Secretário de Estado de Nevada sobre esses casos para um possível processo.

Gloria disse ainda que as autoridades eleitorais encontraram 936 "discrepâncias" entre os votos em todo o condado - variando de votos cancelados inadvertidamente, cartões de eleitor reativados e erros de check-in em locais de votação.Mesmo assim, acrescentou que uma recontagem não mudaria o resultado final.
Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
mundo
eleicao americana
joe biden
donald trump
nevada
vegas
joe gloria

Últimas notícias

Lula lamenta morte do pai do ex-governador do Rio Sergio Cabral

Lula lamenta morte do pai do ex-governador do Rio Sergio Cabral

Em nota de pesar, o presidente da República ressaltou, entre outros atributos, a “irreverência” na carreira do jornalista, que faleceu aos 87 anos
Atentado a Trump eleva valor do bitcoin, que supera o patamar de US$ 60 mil

Atentado a Trump eleva valor do bitcoin, que supera o patamar de US$ 60 mil

Segundo analistas, chance de retorno do ex-presidente ao poder aumentou, e ele é a favor da desregulamentação do mercado financeiro
Responsável por atentado contra Trump agiu sozinho, afirma FBI

Responsável por atentado contra Trump agiu sozinho, afirma FBI

Thomas Matthew Crooks, de 20 anos, foi o atirador que tentou assassinar Donald Trump
Presidente da Itália, Sergio Mattarella, chega ao Brasil neste domingo

Presidente da Itália, Sergio Mattarella, chega ao Brasil neste domingo

Esta é a primeira visita de um chefe de Estado italiano ao país em 24 anos
Romildo Magalhães, ex-governador do Acre, morre aos 78 anos

Romildo Magalhães, ex-governador do Acre, morre aos 78 anos

O político faleceu na tarde deste domingo (14) em decorrência de complicações da diabetes
Biden diz que investigadores terão todos recursos para apurar atentado contra Trump

Biden diz que investigadores terão todos recursos para apurar atentado contra Trump

"Deixem o FBI fazer o seu trabalho", diz presidente dos EUA. Segurança de convenção republicana será reforçada
Itamaraty condena ataque a Gaza com mais de 90 mortos e quase 300 feridos

Itamaraty condena ataque a Gaza com mais de 90 mortos e quase 300 feridos

Em nota, a pasta declarou que “o governo de Israel segue sabotando o processo de paz e o cessar-fogo no Oriente Médio”
Presidentes do Congresso e do STF condenam atentado contra Trump

Presidentes do Congresso e do STF condenam atentado contra Trump

Pacheco alertou para sucessão de "atos extremistas que vêm se repetindo mundo afora"
Atirador que tentou matar Trump carregava explosivos em seu carro

Atirador que tentou matar Trump carregava explosivos em seu carro

Thomas Matthew Crooks atingiu o ex-presidente de raspão, feriu gravemente duas pessoas presentes e causou a morte de outra
Atentado contra Trump diminui chances de trocar Biden por Kamala, diz analista político

Atentado contra Trump diminui chances de trocar Biden por Kamala, diz analista político

Segundo Arick Wierson, atual presidente americano deverá usar a tentativa de assassinato para ostentar sua experiência em momentos turbulentos
Publicidade
Publicidade