Publicidade

Réus do caso Flordelis prestam depoimento neste sábado

É a penúltima fase do julgamento, que começou na 2ª, antes de os jurados se reunirem para tomar decisão

Réus do caso Flordelis prestam depoimento neste sábado
Flordelis
Publicidade

O julgamento da pastora e ex-deputada Flordelis chega ao sexto dia. A previsão é de que cinco réus pela morte do pastor Anderson do Carmo -- Flordelis, três filhos e uma neta -- sejam ouvidos neste sábado (12.nov). 

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Após o depoimento dos réus, haverá uma fase de debates entre acusação e defesas. Será a última fase antes de os jurados se reunirem para decidir pela condenação ou absolvição dos envolvidos.

Na 6ª feira (11.nov), foram ouvidos dois peritos indicados pela defesa, que traçaram o perfil psicológico de Flordelis, da filha afetiva Marzi da Silva e da neta Rayane dos Santos. Um dos especialistas exibiu vídeos de um dos netos e de uma filha da ex-deputada falando sobre episódios de violência física e sexual que teriam sido cometidos por Anderson do Carmo.

O julgamento começou na 2ª feira (7.nov), mais de três anos após o crime. Desde então, já foram ouvidas 24 testemunhas, sendo 13 de acusação e 11 de defesa.

O caso

Ao todo, 1.240 dias separam o assassinato de Anderson do Carmo e o julgamento da ex-deputada federal, cantora e pastora. E, 16 de junho de 2109, às 03h25, o pastor e Flordelis chegam em casa, em Niterói, região metropolitana do Rio de Janeiro. Poucos minutos depois, ele foi morto a tiros na garagem, aos 42 anos.

"Eu só fui dar um passeio com o meu marido, mais nada, gente. Só um passeio e que acabou dessa forma, perdendo a vida pra tentar proteger a casa, proteger a família. Infelizmente, abriu o portão da garagem e ele tentou evitar que eles entrassem dentro da casa", disse Flordelis na época.

A versão de latrocínio, o roubo seguido de morte, porém, começou a desmoronar no dia seguinte. Na saída do enterro de Anderson, a polícia prendeu Flávio, filho do primeiro casamento de Flordelis. Horas depois, foi preso um irmão afetivo dele, Lucas.

Os dois confessaram participação no assassinato. Flávio, como o autor dos disparos, e Lucas, por ter comprado a arma do crime.

"Quem acompanha polícia, já tem faro de perceber quando a história está estranha. Essa história, desde o começo, já tinha vindo estranha", afirma o delegado Marcelo Carregosa.

Para a polícia, Anderson do Carmo foi vítima de um complô da família. O celular apreendido de uma das filhas mostrou que ela fez pesquisas na internet por "veneno para matar pessoa". Ela também procurou por "alguém da barra pesada" e "assassino, onde achar".

Os investigadores descobriram que a ex-deputada chegou a escrever para um dos filhos: "simula um assalto. Aproveita que ele foi pro Rio e espera ele na volta".

"Foi ela quem arregimentou essas pessoas, arquitetou o plano, convenceu essas pessoas, ela financiou a compra da arma, ela avisou sobre a chegada ao local do crime", diz o delegado Allan Duarte, responsável pelo inquérito.

Em agosto do ano passado, a pastora teve o mandato de deputada federal cassado. Dois dias depois, foi presa. Nas últimas semanas, virou notícia na cadeia por ter usado um telefone celular e por voltar para a cela, após uma visita, com R$ 72,00 nas partes íntimas.

Quatro filhos dela já foram julgados e condenados: Flávio, a 29 anos de prisão; Lucas, a 9 anos; e Adriano e Carlos Ubiraci, que conseguiram a liberdade condicional.

"Eu não espero a absolvição de ninguém. Eu espero a condenação de todos, inclusive dela. porque se não fosse ela, o Anderson estaria vivo até hoje", afirma o advogado da família de Anderson, Ângelo Máximo.

O destino de Flordelis vai ser decidido por um júri popular, formado por sete pessoas. Será o desfecho de um processo complexo, com mais de 30 mil páginas. A advogada de defesa adiantou que vai recorrer, em caso de condenação, mas ressaltou que a ex-deputada está confiante.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
justica
flordelis
julgamento
julgamento flordelis
rio de janeiro
anderson do carmo

Últimas notícias

 Idosa que desapareceu ao desembarcar em Natal é achada em mata

Idosa que desapareceu ao desembarcar em Natal é achada em mata

Rita Caetana de Sousa, de 70 anos, que estava desaparecida desde sábado (8)
Brigadeirão: armas do empresário envenenado são encontradas

Brigadeirão: armas do empresário envenenado são encontradas

Ex-namorado da mentora do crime vendeu o armamento e tentou comercializar outros objetos do homem para um conhecido, que prestou depoimento
7 funcionários da Cobasi são indiciados por mortes de animais durante enchente no RS

7 funcionários da Cobasi são indiciados por mortes de animais durante enchente no RS

Polícia estima que mais de 175 bichos morreram afogados; empresa diz que foi "surpreendida" por cheia e relatou "indignação" com indiciamento
Morre, aos 89 anos, a atriz Ilva Niño

Morre, aos 89 anos, a atriz Ilva Niño

Artista estava internada no Hospital Quali Ipanema, na zona sul do Rio, desde o dia 13 de maio
Governo deve trocar antenas parabólicas antigas de 5 milhões de famílias, diz presidente da Anatel

Governo deve trocar antenas parabólicas antigas de 5 milhões de famílias, diz presidente da Anatel

Carlos Baigorri diz ao Perspectivas que agência planeja ampliar público-alvo da troca gratuita de antenas para modelo digital
Senai e Google vão ajudar estudantes a encontrar emprego

Senai e Google vão ajudar estudantes a encontrar emprego

Central de carreiras usará IA do Google Cloud para mapear pontos fortes e fracos dos currículos dos candidatos para oferecer formação e vagas de trabalho
PF indicia ministro das Comunicações, Juscelino Filho, por desvio de emendas

PF indicia ministro das Comunicações, Juscelino Filho, por desvio de emendas

Relatório da investigação já foi enviado para o ministro Flávio Dino, relator do inquérito no STF e ex-colega de Esplanada
Motorista de caminhão de lixo morre após veículo cair dentro de piscina no RJ

Motorista de caminhão de lixo morre após veículo cair dentro de piscina no RJ

Acidente aconteceu na manhã desta quarta-feira (12), em Belford Roxo, na Baixada Fluminense
Lula volta a defender exploração de petróleo na Margem Equatorial: "Chance de o Brasil crescer"

Lula volta a defender exploração de petróleo na Margem Equatorial: "Chance de o Brasil crescer"

Presidente também critica discussões sobre economia que não leva em consideração questões sociais e diz que Brasil deve crescer de forma distribuída
Saidinha temporária: mais de 100 presos são recapturados no 1º dia por violar regras

Saidinha temporária: mais de 100 presos são recapturados no 1º dia por violar regras

Segundo a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, 35 mil foram soltos, devendo retornar aos presídios na próxima segunda-feira (17)
Publicidade
Publicidade