Publicidade

Megaoperação prende 40 pessoas envolvidas com jogo do bicho

Megaoperação prende 40 pessoas envolvidas com jogo do bicho
Publicidade

A operação "Dedo de Deus" contou com mais de 600 policiais e 120 delegados. Foram presas 41 pessoas envolvidas com o jogo do bicho, hoje no Rio de Janeiro.

Anísio Abrãao David, patrono da Beija Flor, está entre os envolvidos mas não foi encontrado. Outros dois contraventores são procurados: Luizinho Drumond, presidente da Imperatriz Leopoldinense, e Helinho de Oliveira, da Grande Rio. As investigações começaram há um ano. Nesse período, os agentes monitoraram a instalação de máquinas eletrônicas de cartões de crédito no mercado clandestino das apostas.

A máfia do jogo do bicho na cidade tem ramificações em vários estados do Brasil. A polícia mapeou os territórios onde a contravenção é mais forte. Um deles é na Escola de Samba Beija Flor de Nilópolis, onde foram apreendidos 18 computadores e R$ 115 mil.

A quadrilha agia em onze cidades do Rio de Janeiro e em mais três estados: Bahia, Maranhão e Pernambuco.

Na Região Serrana do Rio, a Polícia prendeu Mário Tricano, ex-prefeito de Teresópolis, município que foi ponto de partida das investigações e que deu nome a operação "Dedo de Deus", uma referência à Serra. Foram apreendidos R$ 300 mil, oito carros, 39 computadores, joias, uma arma, notas fiscais, documentos e máquinas portáteis de cartões de crédito. Os três contraventores procurados pela polícia não foram encontrados.

Segundo a Polícia, cinco famílias controlam, o jogo do bicho no Rio de Janeiro, Região Serrana e Baixada Fluminense. Anísio, Capitão Guimarães, Luizinho Drumond, Turcão e os herdeiros de Castor de Andrade, que já chegaram a ser presos.
Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

jogo
bicho
bicheiros
tecnologia
polícia
crime
operação
polícia
civil
escolas
de
samba

Últimas notícias

Vítima de atentado contra Trump era bombeiro e tinha duas filhas

Vítima de atentado contra Trump era bombeiro e tinha duas filhas

Corey Comperatore, de 50 anos, foi ferido mortalmente pelos disparos de Thomas Crooks. Outros dois homens foram feridos gravemente
Lula lamenta morte do pai do ex-governador do Rio Sergio Cabral

Lula lamenta morte do pai do ex-governador do Rio Sergio Cabral

Em nota de pesar, o presidente da República ressaltou, entre outros atributos, a “irreverência” na carreira do jornalista, que faleceu aos 87 anos
Atentado a Trump eleva valor do bitcoin, que supera o patamar de US$ 60 mil

Atentado a Trump eleva valor do bitcoin, que supera o patamar de US$ 60 mil

Segundo analistas, chance de retorno do ex-presidente ao poder aumentou, e ele é a favor da desregulamentação do mercado financeiro
Responsável por atentado contra Trump agiu sozinho, afirma FBI

Responsável por atentado contra Trump agiu sozinho, afirma FBI

Thomas Matthew Crooks, de 20 anos, foi o atirador que tentou assassinar Donald Trump
Presidente da Itália, Sergio Mattarella, chega ao Brasil neste domingo

Presidente da Itália, Sergio Mattarella, chega ao Brasil neste domingo

Esta é a primeira visita de um chefe de Estado italiano ao país em 24 anos
Romildo Magalhães, ex-governador do Acre, morre aos 78 anos

Romildo Magalhães, ex-governador do Acre, morre aos 78 anos

O político faleceu na tarde deste domingo (14) em decorrência de complicações da diabetes
Biden diz que investigadores terão todos recursos para apurar atentado contra Trump

Biden diz que investigadores terão todos recursos para apurar atentado contra Trump

"Deixem o FBI fazer o seu trabalho", diz presidente dos EUA. Segurança de convenção republicana será reforçada
Itamaraty condena ataque a Gaza com mais de 90 mortos e quase 300 feridos

Itamaraty condena ataque a Gaza com mais de 90 mortos e quase 300 feridos

Em nota, a pasta declarou que “o governo de Israel segue sabotando o processo de paz e o cessar-fogo no Oriente Médio”
Presidentes do Congresso e do STF condenam atentado contra Trump

Presidentes do Congresso e do STF condenam atentado contra Trump

Pacheco alertou para sucessão de "atos extremistas que vêm se repetindo mundo afora"
Atirador que tentou matar Trump carregava explosivos em seu carro

Atirador que tentou matar Trump carregava explosivos em seu carro

Thomas Matthew Crooks atingiu o ex-presidente de raspão, feriu gravemente duas pessoas presentes e causou a morte de outra
Publicidade
Publicidade