Publicidade

Bom Prato prorroga refeição gratuita à população de rua até julho

Com os restaurantes fechados devido à pandemia de Covid-19, a refeição é entregue através de marmitas

Bom Prato prorroga refeição gratuita à população de rua até julho
Bom Prato prorroga refeição gratuita à população de rua até julho
Publicidade
O Governo do Estado de São Paulo prorrogou a gratuidade do programa Bom Prato para pessoas em situação de rua e baixa renda até o dia 31 de julho. O anúncio foi feito em coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes nesta segunda-feira (22).

A medida, que iria valer até o dia 30 deste mês, foi tomada para auxiliar as famílias em vulnerabilidade em meio à pandemia do novo coronavírus. A partir de agora, serão distribuídas 3,2 milhões de refeições por mês.

De acordo com o governador João Doria, já foram servidos 56 mil pratos em 59 restaurantes do Estado. A rede oferecia café da manhã por R$ 0,50 e almoço e jantar por R$ 1.

"Ampliamos também para café da manhã, almoço e jantar aos fins de semana e feriados, o que antes não acontecia. Tudo isso para minimizar os efeitos da crise social advinda da Saúde", disse.

O horário de atendimento, durante o período de isolamento social, foi ampliado para evitar aglomerações - os cafés da manhã são servidos das 7h às 9h, almoços das 10h às 15h e jantares das 17h30 às 19h, ou enquanto houver refeições disponíveis.
Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbt brasil
bom prato
coronavírus
covid-19
refeição gratuita
joão doria
ajuda

Últimas notícias

SP: Motorista de Porsche é investigado por agredir ex-madrasta

SP: Motorista de Porsche é investigado por agredir ex-madrasta

Fernando Sastre Filho está preso pela morte de motorista de aplicativo após colisão na zona leste da capital paulista, em março
WikiLeaks posta foto de Julian Assange a caminho de tribunal nos EUA

WikiLeaks posta foto de Julian Assange a caminho de tribunal nos EUA

Jornalista australiano fundou plataforma que publicou milhares de documentos confidenciais dos Estados Unidos e estava preso na Inglaterra desde 2019
Enfermeira que desapareceu após dívidas do “jogo do tigrinho” volta para casa

Enfermeira que desapareceu após dívidas do “jogo do tigrinho” volta para casa

Mulher estava desaparecida há oito dias; ela saiu de Piracicaba, no interior de SP, e foi para o Mato Grosso do Sul
Suspeito de matar PM durante discussão em adega é preso

Suspeito de matar PM durante discussão em adega é preso

Policial foi morto com tiros da própria arma durante briga na zona leste de SP; dono do local também foi detido
Novo Ensino Médio: relator na Câmara critica carga horária em cursos técnicos e espanhol obrigatório

Novo Ensino Médio: relator na Câmara critica carga horária em cursos técnicos e espanhol obrigatório

Mendonça Filho (União Brasil-PE) quer reverter mudanças feitas pelo Senado no texto e que votação ocorra antes do recesso parlamentar
André Mendonça toma posse como titular do TSE nesta terça (25)

André Mendonça toma posse como titular do TSE nesta terça (25)

O ministro, que já compõe a corte eleitoral como substituto, ocupará a cadeira deixada por Alexandre de Moraes
Incêndio destrói centenas de moradias na zona sul de SP

Incêndio destrói centenas de moradias na zona sul de SP

Foram necessárias 16 equipes do Corpo de Bombeiros para combater as chamas; ninguém se feriu na tragédia
CONTEXTUALIZANDO: Hotel em que Lula ficou na Itália tem diárias de até R$ 2,5 mil, e não de mais de R$ 71 mil

CONTEXTUALIZANDO: Hotel em que Lula ficou na Itália tem diárias de até R$ 2,5 mil, e não de mais de R$ 71 mil

Confira a verificação realizada pelos jornalistas integrantes do Projeto Comprova
Brasil Agora: STF volta a julgar porte de maconha, fogo no Pantanal e mais notícias do dia

Brasil Agora: STF volta a julgar porte de maconha, fogo no Pantanal e mais notícias do dia

Confira esses e outros destaques no programa matinal do SBT News, com apresentação de Murilo Fagundes e comentários de Iasmin Costa
STF retoma julgamento sobre descriminalização da maconha nesta terça (25)

STF retoma julgamento sobre descriminalização da maconha nesta terça (25)

Os ministros estão a um voto de derrubar o caráter criminal do porte da erva para consumo próprio; faltam votar Luiz Fux e Cármen Lúcia
Publicidade
Publicidade