Publicidade

Cachorra torna-se a primeira a alcançar topo de montanha no Himalaia

Alpinista Don Wargowsky ganhou a companheira ao longo da expedição e ficou surpreso pela sua persistência e resistência

Cachorra torna-se a primeira a alcançar topo de montanha no Himalaia
Cachorra torna-se a primeira a alcançar topo de montanha no Himalaia
Publicidade

 

Uma cachorra vira-lata pode ter entrado para a história após se tornar a primeira a alcançar o topo de uma montanha no Himalaia, no Nepal. Sua aventura foi documentada pelo alpinista Don Wargowsky, que ficou encantado pela coragem e carinho do animal.
 

A cadela conhecida como Mera acompanhou Don e um grupo de alpinistas até o cume da Baruntse, uma montanha de 7.129 metros de altura localizada ao sul do Monte Everest. A expedição ocorreu em novembro de 2018 e a história foi divulgada pelo alpinista somente nesta semana.
 

 


Por ficar próximo a alguns dos maiores do mundo, o pico muitas vezes não é lembrado, mas possui uma dificuldade altíssima por conta do seu relevo extremamente íngreme. 

Rebatizada de Baru, em homenagem ao nome da montanha, a cachorra tem cerca de 20kg e aparenta ser um cruzamento das raças mastim tibetano e pastor do Himalaia. Seu primeiro contato com Wargowsky foi na pequena cidade de Kare. Segundo ele, os dois se reencontraram dias depois, já a mais de mil metros de altura. 
 

 

 

"Quando a vi pela segunda vez, jamais imaginei que ela iria nos acompanhar até o topo. Afinal, não há nenhuma razão para um cão ir até locais como este. No dia da nossa subida, deixei ela na minha tenda e saímos bem cedo. Ela esperou o Sol nascer, seguiu nosso rastro e nos encontrou pouco depois", disse Don. 
 

Wargowsky liderava uma expedição promovida pela agência tibetana Summit Climb. Ao ver sua persistência, o alpinista rapidamente criou um laço com a cadelinha e ela logo virou a mascote da viagem. 


  


"Eu comecei a ficar muito empolgado por ela, mas extremamente nervoso também! Eu amo cães e ela se mostrou muito especial. Seria mesmo muito fácil para ela se machucar lá em cima e isso partiria meu coração", continuou o alpinista morador de Washington, nos Estados Unidos. 

Durante os quase 20 dias de expedição, Baru e Wargowsky tornaram-se inseparáveis, chegando a dormir juntos na mesma tenda. Carinhosa e obediente, a cachorra não dificultou a ascensão do alpinista e do restante do grupo. 

 

 
 

Ao longo do trajeto, Baru machucou suas patas e precisou de tratamento dos alpinistas e seus auxiliares, conhecidos como sherpas. Segundo Wargowsky, os trabalhadores passaram a respeitar a cadela ao testemunharem sua resistência e destreza.

Ao final da viagem, Baru foi adotada pelo gerente do acampamento base da expedição, conhecido como Kaji. "Eu pensei muito em trazê-la de volta para casa comigo. Eu realmente amaria fazer isso, mas seria uma atitude egoísta da minha parte", disse Don.

 

 
(Fotos: Reprodução / Facebook / Don Wargowsky)

"Eu viajo muito e vivo em um pequeno apartamento com outro cachorro grande. Não seria nada justo forçar um animal tão ativo a viver em um espaço reduzido como a minha casa. Se eu morasse em uma fazenda eu traria ela junto comigo em um piscar de olhos", completou. 

No último Natal, Kaji enviou a Don fotos de Baru. A cachorrinha apareceu mais forte após recuperar o peso que perdeu durante a subida, feliz e super ativa acompanhando viajantes nas montanhas. 

Segundo especialistas, há relatos de cães que alcançaram altitudes elevadas como a do Acampamento Base do Everest, que fica a 5.364 metros de altura, e também até o Camp II, localizado a 6.492 metros do nível do mar. Entretanto, nenhum foi tão longe quanto a companheira de Don. 

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbtbrasil
sbt
cachorra
himalaia
alpinista
don wargowsky
baru
baruntse

Últimas notícias

Jovem sofre ataque com ácido; câmeras flagram pedido de ajuda

Jovem sofre ataque com ácido; câmeras flagram pedido de ajuda

Isabelly Ferreira Moro, de 23 anos, foi atingida no rosto e no tórax e está internada em estado grave; ex-namorado é suspeito
PMB anuncia apoio a pré-candidatura de Boulos à Prefeitura de SP; aliança chega a 7 partidos

PMB anuncia apoio a pré-candidatura de Boulos à Prefeitura de SP; aliança chega a 7 partidos

Essa é a primeira sigla que não é de esquerda a apoiar o deputado federal do PSOL na corrida pelo comando da capital paulista
Tony Ramos inicia reabilitação com fisioterapia após cirurgias no cérebro

Tony Ramos inicia reabilitação com fisioterapia após cirurgias no cérebro

Ator, de 75 anos, recebeu alta do CTI na última quarta-feira
Lula diz que reconhecimento da Palestina por países europeus é histórico

Lula diz que reconhecimento da Palestina por países europeus é histórico

Espanha, Noruega e Irlanda anunciaram, na quarta-feira (22), o reconhecimento do Estado Palestino
Carlo Acutis: quem é jovem que deve virar santo da Igreja Católica

Carlo Acutis: quem é jovem que deve virar santo da Igreja Católica

Beato morreu aos 15 anos, em 2006, por complicações de uma leucemia
Comissão do Senado para acompanhar enfrentamento da calamidade no RS faz diligência no estado

Comissão do Senado para acompanhar enfrentamento da calamidade no RS faz diligência no estado

Senadores devem visitar alojados em abrigo e se encontrar com o governador Eduardo Leite (PSDB)
Caso Anic Herdy: cães farejadores são usados em buscas por advogada desaparecida

Caso Anic Herdy: cães farejadores são usados em buscas por advogada desaparecida

Polícia Civil foi até um sítio localizado na Baixada Fluminense na manhã desta quinta-feira (23), mas a vítima não foi localizada
Receita Federal cria ferramenta de proteção do CPF; saiba como usar

Receita Federal cria ferramenta de proteção do CPF; saiba como usar

Recurso impede que o CPF da pessoa seja incluído de forma indevida em quadro societário de empresas
Reoneração gradual da folha de pagamento pode ser votada na primeira semana de junho, diz Efraim

Reoneração gradual da folha de pagamento pode ser votada na primeira semana de junho, diz Efraim

Senador Jaques Wagner deve incluir acordo referente aos municípios no mesmo Projeto de Lei
Volta a chover forte no Rio Grande do Sul nesta quinta-feira

Volta a chover forte no Rio Grande do Sul nesta quinta-feira

Serra Gaúcha pode ter temperatura abaixo de zero durante o final de semana
Publicidade
Publicidade