Publicidade

Dino atende solicitação de Silveira e pede que PF investigue apagão

Ministro afirmou ser necessária uma análise mais ampla do caso; ação criminosa não é descartada

Dino atende solicitação de Silveira e pede que PF investigue apagão
Publicidade

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, encaminhou, na 4ª feira (16.ago), um documento à Polícia Federal solicitando que sejam investigados os motivos que ocasionaram o apagão do último dia 15. A medida atende à solicitação do ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, que pediu auxílio nas apurações do caso.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Pelas redes sociais, Dino afirmou que a ajuda da Polícia Federal é necessária devido à ausência de elementos técnicos que expliquem o corte de energia que provocou a separação elétrica das regiões Norte e Nordeste e Sul e Sudeste. "Assim, é prudente uma análise mais ampla, inclusive quanto à possibilidade de atos ilícitos", escreveu o ministro.

+ Apagão: comissões da Câmara aprovam convite para ouvir ministro de Minas e Energia

Ao todo, 29 milhões de brasileiros foram afetados pelo apagão, que atingiu 25 estados e o Distrito Federal. Segundo Silveira, as apurações iniciais apontam que a falta de energia ocorreu por dois problemas simultâneos, que estão relacionados à sobrecarga no sistema de transmissão do Ceará. Assim como Dino, o ministro não descarta a hipótese de uma ação criminosa.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbt
sbtnews
portalnews
governo
flavio dino
ministerio da justiça
atende
solicitaçao
alexandre silveira
pede
policia federal
investigue
apagao

Últimas notícias

"Eu tinha razão, fui mau profeta", diz Gilmar Mendes sobre críticas à Lava Jato

"Eu tinha razão, fui mau profeta", diz Gilmar Mendes sobre críticas à Lava Jato

Ministro do STF voltou a defender criação de uma comissão da verdade para avaliar excessos e irregularidades na condução da operação
Vai esquentar? Veja previsão do tempo para o final de semana

Vai esquentar? Veja previsão do tempo para o final de semana

Sol deve aparecer na maior parte das capitais brasileiras, acompanhado de chuva em alguns estados. Confira
Flagra: Macaco foge de zoológico e vai parar em presídio no RJ

Flagra: Macaco foge de zoológico e vai parar em presídio no RJ

Caso foi registrado na zona norte da capital; bichinho circulou pela penitenciária até ser resgatado
Rendimento mensal do 1% mais rico é quase 40 vezes maior que dos 40% mais pobres no Brasil, diz IBGE

Rendimento mensal do 1% mais rico é quase 40 vezes maior que dos 40% mais pobres no Brasil, diz IBGE

Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua) aponta aumento no valor médio recebido em 2023, mas desigualdade segue alta
EXCLUSIVO: Gilmar Mendes rebate relatório dos EUA e defende Moraes: "Nenhum excesso"

EXCLUSIVO: Gilmar Mendes rebate relatório dos EUA e defende Moraes: "Nenhum excesso"

"O que mostram como irregular são processos de caráter sigiloso, como a quebra de sigilo. Absolutamente normal", disse o decano ao SBT
Com doença cônica, menino corre risco de perder movimentos do corpo

Com doença cônica, menino corre risco de perder movimentos do corpo

Garotinho precisa de remédio injetável semanal e caro, mas medicamento está em falta na rede pública de saúde de São José dos Campos (SP)
Mapa Mundi ao vivo: Israel ataca Irã e homem-bomba em consulado iraniano em Paris

Mapa Mundi ao vivo: Israel ataca Irã e homem-bomba em consulado iraniano em Paris

SBT News também traz entrevista com presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, e atualiza informações sobre a invasão russa
Temos prendido muito e prendido mal, diz Gilmar Mendes

Temos prendido muito e prendido mal, diz Gilmar Mendes

Ao SBT, decano do STF afirma buscar conter assimetria social com julgamento sobre drogas: "Não se trata de permitir o uso para recreação"
Homem em fuga invade casa e faz mulher refém em Salvador

Homem em fuga invade casa e faz mulher refém em Salvador

Região do Subúrbio Ferroviário vive semana de tensão, com mortes e tiroteios; criminoso morreu em confronto
3ª Guerra Mundial? Estamos longe, mas mais perto do que há 20 anos, diz especialista

3ª Guerra Mundial? Estamos longe, mas mais perto do que há 20 anos, diz especialista

Analista político Uriã Fancelli vê uma espécie de Guerra Fria 2.0 entre EUA, China e Rússia e comenta temor de conflito ampliado no Oriente Médio
Publicidade
Publicidade