Publicidade

Lula afirma que nunca igualou responsabilidades da Rússia e Ucrânia pela guerra

Entretanto, na mesma entrevista, presidente disse que ambos os países não querem parar o conflito

Lula afirma que nunca igualou responsabilidades da Rússia e Ucrânia pela guerra
Lula ao lado de Marcelo Rebelo e Janja, próximo às bandeiras do Brasil e Portugal (Ricardo Stuckert)
Publicidade

Em coletiva de imprensa logo após o discurso feito nesta manhã, em Portugal, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse que nunca igualou as responsabilidades da Rússia e da Ucrânia pela guerra que ocorre no território ucraniano.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

"Eu nunca igualei os dois países, porque eu sei o que é invasão, eu sei o que é integridade territorial. E todos nós achamos que a Rússia errou e já condenamos em todas as decisões da ONU", afirmou, em resposta a pergunta feita ao jornalista Sérgio Utsch, do SBT.

Na mesma coletiva, Lula falou anteriormente, porém, que tanto a Rússia como a Ucrânia não querem parar a guerra. "Eu não tenho experiênica de guerra porque a última do Brasil foi a do Paraguai, eu não era nascido, mas eu tenho experiênica de muitos movimentos sociais, conheço quando se radicaliza muito ou não. Às vezes você começa uma luta pensando que vai acontecer uma coisa, não acontece e, depois, você não sabe como parar", iniciou o presidente.

Na sequência, pontuou: "No caso da guerra, a Rússia não quer parar, a Ucrânia não quer parar. Pois bem, nós vamos ter que encontrar um grupo de países que possam formular, numa relação de confiança, a ideia de que a guerra para, senta na mesa e conversa que a gente vai encontrar um resultado muito melhor".

Ele ressaltou ainda que o Brasil quer encontrar um jeito de estabelecer a pez entre as duas nações em conflito. "O Brasil  não quer participar de guerra. O Brasil quer encontrar um grupo de pessoas que se disponha a gastar um pouco do seu tempo conversando com todas as pessoas que prezam pela paz, para fazer a paz".

Lula falou que não foi à Rússia e não vai à Ucrânia. "Eu sou vou quando houver possibilidade de efetivamente ter um clima de construção de paz", complementou.

Por determinação do presidente, o ex-chanceler brasileiro Celso Amorim, atual assessor especial de Lula para assuntos internacionais, visitará a Ucrânia. Na coletiva de hoje, o chefe do Executivo federal brasileiro não quis revelar o que Amorim falará ao presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, no encontro no país europeu. Sérgio Utsch perguntou.

O governo da Ucrânia convidou Lula a visitar Kiev para que "compreenda" a realidade da guerra provocada pela Rússia, um dia após a visita do chanceler russo, Sergei Lavrov, ao petista. Anteriormente, ainda em sua viagem à China, Lula afirmou que o Ocidente está contribuindo para a continuidade do conflito, em vez de buscar pela paz. A declaração foi criticada pelo governo dos Estados Unidos, que acusou o Brasil de estar "papagueando a propaganda russa e chinesa sem observar os fatos em absoluto".

Veja também:

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbtnews
governo
mundo
lula
coletiva
portugal
presidentes
ucrânia
rússia
guerra-na-ucrania
grupo
países
invasão
celso amorim
guilherme-resck

Últimas notícias

Dólar fecha a R$ 5,60, com alta influenciada por apagão cibernético e temor fiscal

Dólar fecha a R$ 5,60, com alta influenciada por apagão cibernético e temor fiscal

Ganho diário foi de 0,3% nesta sexta; acúmulo semanal chegou a 3,2%
Após fala de Maduro sobre banho de sangue, Lula diz que “os venezuelanos devem eleger quem eles quiserem”

Após fala de Maduro sobre banho de sangue, Lula diz que “os venezuelanos devem eleger quem eles quiserem”

Presidente brasileiro falou no evento no interior de São Paulo. Nicolás Maduro disse que haverá "banho de sangue" na Venezuela se ele não ganhar as eleições
Apagão interrompeu programação de veículos de comunicação pelo mundo

Apagão interrompeu programação de veículos de comunicação pelo mundo

O canal de notícias Sky News, que opera em países de língua inglesa, chegou a ficar fora do ar no mundo inteiro
Tempo deve seguir firme em quase todo o Brasil no fim de semana

Tempo deve seguir firme em quase todo o Brasil no fim de semana

Cenário deve durar até o início da semana que vem
Ataque com drone reivindicado pelos houthis do Iêmen deixa um morto em Tel Aviv

Ataque com drone reivindicado pelos houthis do Iêmen deixa um morto em Tel Aviv

O dispositivo foi detectado pelo Exército israelense, mas “uma falha humana” impediu o acionamento dos sistemas de interceptação e defesa
MG pede ao STF nova prorrogação para renegociar dívida com governo federal

MG pede ao STF nova prorrogação para renegociar dívida com governo federal

Prazo se encerra em 1º de agosto, mas estado pede mais 27 dias
Exclusivo: SBT mostra testes das novas câmeras corporais da PM que permitem apagar ocorrências

Exclusivo: SBT mostra testes das novas câmeras corporais da PM que permitem apagar ocorrências

Seis concorrentes alegam que a empresa vencedora do pregão foi beneficiada; ouvidor diz que vai pedir revisão do processo
Idosa é baleada no Rio de Janeiro após assalto a casa lotérica

Idosa é baleada no Rio de Janeiro após assalto a casa lotérica

Dois homens fugiam da polícia quando começou o confronto
 Número de eleitores jovens no Brasil aumenta 78,16%

Número de eleitores jovens no Brasil aumenta 78,16%

Voto é facultativo para população com 16 e 17 anos
Brasil suspende parte de exportações de frango após caso da doença de Newcastle no RS

Brasil suspende parte de exportações de frango após caso da doença de Newcastle no RS

Ministério declarou emergência zoossanitária no Rio Grande do Sul, por 90 dias, devido à detecção da doença
Publicidade
Publicidade