Publicidade

Lula embarca para China visando ao menos 20 acordos bilaterais

Entre os temas dos encontros estão as parcerias econômicas e a guerra na Ucrânia

Lula embarca para China visando ao menos 20 acordos bilaterais
Esta será a terceira visita oficial de Lula à China - principal parceiro financeiro do Brasil | Reprodução/Ricardo Stuckert/Flickr
Publicidade

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) embarca, nesta 3ª feira (11.abr), para a China. O mandatário estará acompanhado de uma comitiva com empresários, governadores, parlamentares e ministros, que ficarão no país asiático até o fim da semana. A expectativa é que cerca de 20 acordos bilaterais sejam assinados durante o período.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Inicialmente, a viagem de Lula a Pequim estava programada para o fim de março, mas precisou ser adiada após o presidente ser diagnosticado com influenza e pneumonia. Parte da delegação que já havia viajado, contudo, continuou no país, o que gerou acordos importantes para o Brasil, como a suspensão do embargo à carne bovina.

Pela nova programação, a visita da comitiva brasileira à China começa na 5ª feira (13.abr), em Xangai. De manhã, Lula participa da cerimônia de posse da ex-presidenta Dilma Rousseff no comando do Novo Banco de Desenvolvimento (BRICS). Posteriormente, o petista terá encontros com empresários e, à noite, voltará para Pequim.

Já na 6ª feira (14.abr), a agenda oficial na capital chinesa inclui uma reunião com o Presidente da Assembleia Popular Nacional, Zhao Leji, e encontros com lideranças sindicais. À tarde, Lula se reúne com o premiê chinês, Li Qiang, e com o presidente Xi Jinping, com quem deverá assinar os acordos bilaterais.

Entre os acordos propostos está a construção do CBERS-6, o sexto de uma linha de satélites construídos em parceria entre Brasil e China. O diferencial do novo modelo é uma tecnologia que permite o monitoramento de biomas como a Floresta Amazônica mesmo com nuvens. Pautas como turismo e comércio também serão abordadas.

Outro ponto que deve ser citado por Lula é a guerra na Ucrânia. Isso porque, assim como outros líderes mundiais, o presidente acredita que Pequim é o único país capaz de ter um impacto imediato no conflito, já que possui fortes laços com a Rússia. A ideia é criar um grupo neutro para mediar os diálogos entre os países, levando a um cessar-fogo.

+ 100 dias: Governo Lula concentra comunicação digital no Twitter

Esta será a terceira visita oficial de Lula à China - principal parceiro financeiro do Brasil. A relação entre os dois países se estreitou em 2004, com a primeira visita do presidente a Pequim, e depois, em 2009. Antes de deixar o país e embarcar para Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos, Lula deve convidar Xi para visitar o Brasil.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbt
sbtnews
portalnews
governo
lula
embarca
china
pautas
guerra na ucrania
economia
comercio
turismo
acordos bilaterais
cronograma
brics
camila-stucaluc

Últimas notícias

Caixa libera Bolsa Família para beneficiários com NIS final 5

Caixa libera Bolsa Família para beneficiários com NIS final 5

Recurso pode ser sacado em agências bancárias ou movimentado virtualmente
Bombeiros combatem seis focos de incêndios florestais no Pantanal (MS)

Bombeiros combatem seis focos de incêndios florestais no Pantanal (MS)

Fogo se intensificou no fim de semana por conta das condições climática
"Quem se assustou que tome um chá de camomila", diz Maduro após Lula comentar "banho de sangue"

"Quem se assustou que tome um chá de camomila", diz Maduro após Lula comentar "banho de sangue"

Maduro também perguntou ao público: "Vocês querem que chegue ao poder um Milei? Que chegue um Bolsonaro?"
Resultado Mega-Sena 2752: ninguém acerta dezenas e prêmio acumula para R$ 65 milhões

Resultado Mega-Sena 2752: ninguém acerta dezenas e prêmio acumula para R$ 65 milhões

Cinco pessoas acertaram a quina e levaram R$ 51.676,02 cada
Macron recusa nomeação de primeira-ministra indicada pela esquerda

Macron recusa nomeação de primeira-ministra indicada pela esquerda

Presidente francês disse que só tomará decisão após Jogos Olímpicos
"A Caverna Encantada": conheça a nova novela do SBT que promete emoção e mistério

"A Caverna Encantada": conheça a nova novela do SBT que promete emoção e mistério

Com uma história repleta de mistérios, confusões, diversão, amor e fé, a trama promete conquistar toda a família brasileira
Grupos palestinos assinam acordo para reconstruir a Faixa Gaza

Grupos palestinos assinam acordo para reconstruir a Faixa Gaza

Formação da comunidade foi acordada nesta terça-feira (23), na China
Cientistas descobrem produção de oxigênio no fundo do mar que pode mudar o que sabemos da origem da vida

Cientistas descobrem produção de oxigênio no fundo do mar que pode mudar o que sabemos da origem da vida

Estudo publicado na revista Nature Geoscience mostra que há indícios de produção do gás mesmo sem fotossíntese
Eduardo Campos vai receber título de cidadão paulistano 10 anos após a morte

Eduardo Campos vai receber título de cidadão paulistano 10 anos após a morte

Prefeito de Recife, João Campos representará o pai na cerimônia
Suspeito morre após troca de tiros com a polícia na zona sul de São Paulo

Suspeito morre após troca de tiros com a polícia na zona sul de São Paulo

Policiais do GOE afirmam que realizavam patrulhamento na região, quando foram recebidos por disparos de arma de fogo
Publicidade
Publicidade