Publicidade

Lula embarca para China visando ao menos 20 acordos bilaterais

Entre os temas dos encontros estão as parcerias econômicas e a guerra na Ucrânia

Lula embarca para China visando ao menos 20 acordos bilaterais
Esta será a terceira visita oficial de Lula à China - principal parceiro financeiro do Brasil | Reprodução/Ricardo Stuckert/Flickr
Publicidade

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) embarca, nesta 3ª feira (11.abr), para a China. O mandatário estará acompanhado de uma comitiva com empresários, governadores, parlamentares e ministros, que ficarão no país asiático até o fim da semana. A expectativa é que cerca de 20 acordos bilaterais sejam assinados durante o período.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Inicialmente, a viagem de Lula a Pequim estava programada para o fim de março, mas precisou ser adiada após o presidente ser diagnosticado com influenza e pneumonia. Parte da delegação que já havia viajado, contudo, continuou no país, o que gerou acordos importantes para o Brasil, como a suspensão do embargo à carne bovina.

Pela nova programação, a visita da comitiva brasileira à China começa na 5ª feira (13.abr), em Xangai. De manhã, Lula participa da cerimônia de posse da ex-presidenta Dilma Rousseff no comando do Novo Banco de Desenvolvimento (BRICS). Posteriormente, o petista terá encontros com empresários e, à noite, voltará para Pequim.

Já na 6ª feira (14.abr), a agenda oficial na capital chinesa inclui uma reunião com o Presidente da Assembleia Popular Nacional, Zhao Leji, e encontros com lideranças sindicais. À tarde, Lula se reúne com o premiê chinês, Li Qiang, e com o presidente Xi Jinping, com quem deverá assinar os acordos bilaterais.

Entre os acordos propostos está a construção do CBERS-6, o sexto de uma linha de satélites construídos em parceria entre Brasil e China. O diferencial do novo modelo é uma tecnologia que permite o monitoramento de biomas como a Floresta Amazônica mesmo com nuvens. Pautas como turismo e comércio também serão abordadas.

Outro ponto que deve ser citado por Lula é a guerra na Ucrânia. Isso porque, assim como outros líderes mundiais, o presidente acredita que Pequim é o único país capaz de ter um impacto imediato no conflito, já que possui fortes laços com a Rússia. A ideia é criar um grupo neutro para mediar os diálogos entre os países, levando a um cessar-fogo.

+ 100 dias: Governo Lula concentra comunicação digital no Twitter

Esta será a terceira visita oficial de Lula à China - principal parceiro financeiro do Brasil. A relação entre os dois países se estreitou em 2004, com a primeira visita do presidente a Pequim, e depois, em 2009. Antes de deixar o país e embarcar para Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos, Lula deve convidar Xi para visitar o Brasil.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbt
sbtnews
portalnews
governo
lula
embarca
china
pautas
guerra na ucrania
economia
comercio
turismo
acordos bilaterais
cronograma
brics
camila-stucaluc

Últimas notícias

Saiba quais são as 30 cidades grandes com as maiores taxas de homicídios do Brasil

Saiba quais são as 30 cidades grandes com as maiores taxas de homicídios do Brasil

Cinco cidades baianas estão à frente. Taxas superaram 50 homicídios por 100 mil habitantes em 2022, segundo Atlas da Violência
Marcos Rogério assume liderança da oposição ao governo no Senado

Marcos Rogério assume liderança da oposição ao governo no Senado

Atualmente no cargo, Marinho se afasta do cargo por 120 dias para se dedicar às eleições municipais
Rodrigo Pacheco chama projeto sobre aborto de “irracional” e “inviável”

Rodrigo Pacheco chama projeto sobre aborto de “irracional” e “inviável”

Presidente do Senado se posicionou acerca do polêmico tema diante de parte da bancada feminina da Casa
Policiais civis são alvo de tiros durante operação na Maré (RJ)

Policiais civis são alvo de tiros durante operação na Maré (RJ)

Agentes realizavam operação contra estabelecimentos comerciais que receptavam e revendiam roupas de grifes roubadas
Caso Paquetá: Senado aprova convite para ouvir o jogador na CPI da Manipulação no Futebol

Caso Paquetá: Senado aprova convite para ouvir o jogador na CPI da Manipulação no Futebol

Por se tratar de um convite, o jogador pode recusar a participação
Incêndio de grande proporção atinge prédio comercial na Grande SP

Incêndio de grande proporção atinge prédio comercial na Grande SP

Nove equipes do Corpo de Bombeiros foram acionadas e conseguiram conter o fogo no local
Brasil aparece entre os piores países em pensamento criativo nas salas de aula

Brasil aparece entre os piores países em pensamento criativo nas salas de aula

No ranking com 56 países, o Brasil aparece na 44ª colocação, empatado com Peru, Panamá e Arábia Saudita
Quase 500 criminosos são presos em operação na Bahia

Quase 500 criminosos são presos em operação na Bahia

Segundo a polícia, integrante de um grupo criminoso que gerenciava um laboratório de drogas em Castelo Branco foi localizado por equipes do Depom
80 milhões de pessoas estão sob alerta para altas temperaturas nos Estados Unidos

80 milhões de pessoas estão sob alerta para altas temperaturas nos Estados Unidos

Onda de calor extremo afeta quase todo o território americano
Lira anuncia que debate de projeto antiaborto só ocorrerá no segundo semestre

Lira anuncia que debate de projeto antiaborto só ocorrerá no segundo semestre

Presidente da Câmara afirma que projeto não "irá retroagir nos direitos já garantidos e nada irá avançar que traga qualquer dado aos diretos das mulheres"
Publicidade
Publicidade