Publicidade

Debate no SBT dá tom da reta final da disputa presidencial do 1º turno

Bolsonaro e Lula foram alvos de Ciro, Simone e Soraya; corrupção, orçamento secreto e ausência dominaram embate

Debate no SBT dá tom da reta final da disputa presidencial do 1º turno
Debate
Publicidade

Corrupção no governo, orçamento secreto e a ausência de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foram os temas que dominaram o debate presidencial do SBT, realizado neste sábado (24.set). O presidente Jair Bolsonaro (PL) e o ex-presidente petista -- que lideram as pesquisas de intenção de votos -- foram os dois principais alvos dos ataques, em especial dos candidatos Ciro Gomes (PDT), Simone Tebet (MDB) e Soraya Thronicke (União Brasil). 

+ Debate no SBT: relembre as frases que marcaram o encontro
+ Candidatos atacam ausência de Lula e miram governo Bolsonaro
+ Conheça a trajetória dos candidatos à Presidência da República
+ Veja a agenda dos candidatos à Presidência da República
+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

A uma semana das eleições, os candidatos à Presidência deram o tom que dominará a reta final deste primeiro turno, no debate realizado pelo SBT em parceria com o maior pool de veículos de comunicação - que inclui ainda o Estadão, a Rádio Eldorado, a CNN Brasil, a Revista Veja, a Rádio Nova Brasil e Portal Terra

Com a estabilidade de Lula, à frente das pesquisas, Ciro Gomes, Simone Tebet e Soraya Thronicke atacaram o petista e sua ausência no debate. Lula não compareceu e seu lugar na bancada ficou vazio. O ex-presidente anunciou que não compareceria, alegando que já estava com compromissos marcados. A primeira reunião do SBT com as campanhas dos candidatos foi realizada em março deste ano.

Ataques

Os temas corrupção e gastos com o orçamento secreto dos deputados dominaram os ataques a Bolsonaro e Lula -- mesmo ausente.

Bolsonaro foi alvo de ataques dos candidatos presentes, em especial de Ciro Gomes e Simone Tebet, que disputam como terceira via, para quebrar a polarização entre os dois principais adversários. Ambos atacaram o governo do presidente, a corrupção e os casos sob suspeição contra seus filhos e a liberação de recursos para deputados via orçamento secreto. 

O candidato do Novo, Felipe D'Ávilla também atacou e comparou: "O orçamento secreto é muito parecido com o mensalão".

Bolsonaro

Para Mayra Goulart, cientista política e professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), o debate foi dominado por embates e não por propostas de governo. Ela citou o tema do feminismo como um dos destaques, que surgiu em pergunta feita pelo candidato Padre Kelmon para Simone Tebet, sobre sua posição sobre aborto. 

"A senhora se diz feminista. Dentro da agenda feminista está o apoio incondicional à legalização do aborto", disparou. Em resposta, Tebet disse: "O seu conceito é diferente do meu. O meu conceito é defender o direito das mulheres". Acrescentou ainda ser contra o aborto por ser católica e disse que não sabe se teria coragem de se confessar com Kelmon.  

Respostas

Com a troca de farpas entre os candidatos, os pedidos de direito de resposta dominaram os quatro blocos do debate.

Bolsonaro conseguiu direito de responder acusação de Ciro. "Me acusam de ser corrupto, mas não dizem de onde foi tirado esse dinheiro para corrupção. Mentiras. Gente aqui posando como vestais da moralidade. O Ciro me acusa de corrupto. Ciro, a Polícia Federal já bateu na sua porta e do teu irmão por desavios do estádio do Castelão. Então, primeiro olhem para o espelho e depois venham me acusar."

O candidato do PDT também conseguiu direito de resposta. "Nunca respondi, em 42 anos de vida pública, por qualquer denúncia de corrupção". 

Bolsonaro voltou a dizer, em mais de um momento do debate, que não há corrupção no governo federal. "Tiramos a corrupção das manchetes. Você não vê escândalos de corrupção no meu governo."

O presidente também atacou o Supremo Tribunal Federal (STF), após ser questionado sobre a relação conflituosa com a Corte e sobre os ministros escolhidos por seu governo. O presidente criticou a "judicialização" da Corte "contra o Executivo". Ele destacou que o Supremo deve se ater à Constituição e deixar o governo. 

padre Kelmon
Candidato Padre Kelmon (PTB), no debate no SBT 

+ Confira as palavras mais ditas pelos candidatos a presidente no debate do SBT

Dobradinha

Padre Kelmon, que substituiu Roberto Jefferson como candidato à Presidência pelo PTB, perguntou sobre aborto para o candidato Ciro Gomes e para a candidata Simone Tebet.

Escalada para a missão de candidato depois de líder do partido ser barrado pela Justiça Eleitoral, Kelmon focou ataques no PT e, ao ser questionado por Bolsonaro, defendeu o governo. "Minha opinião é que o senhor tem ajudado muito este país." 

Em suas considerações finais, Bolsonaro destacou o Auxílio Brasil e disse que tem um "governo com olhar todo especial com os mais pobres". Fez aceno ao Nordeste, onde Lula tem maior aceitação, citou a diminuição dos custos com o combustível e a anistia da dívida do Fies para muitos estudantes.

+ Relembre debates presidenciais transmitidos pelo SBT em 89, 2006, 2014 e 2018

Debate

Foram quatro blocos, com perguntas de jornalistas de cada um dos veículos do pool e perguntas entre os candidatos. A mediação foi do jornalista Carlos Nascimento. O debate foi transmitido ao vivo pela TV, no SBT, pelo canal do SBT News no YouTube e com cobertura especial no site SBT News.

Seis candidatos participaram do debate: Jair Bolsonaro (PL), Ciro Gomes (MDB), Simone Tebet (MDB), Soraya Thronicke (União), Felipe d'Ávila (Novo) e Padre Kelmon (PTB).

Debate

Para a especialista em gerenciamento de campanha eleitoral, Cila Schulman, como a maioria dos candidatos é amplamente conhecida, a tendência é que o debate tenha maior repercurssão entre "torcedores". Para ela, mesmo com os ataques a Lula, sua ausência fez centrar mais as críticas em Bolsonaro e ao governo. "O que é esperado, já que é uma candidatura de reeleição."

Ainda segundo ela, Bolsonaro adotou uma estratégia de falar com as classes mais baixas e com os eleitores do Nordeste, para avançar sobre o eleitoral em que petista tem obtido melhores resultados.

Acompanhe a cobertura completa das Eleições no SBT News:

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbtnews
debatesbt
bolsonaro
lula
simonte tebet
soraya thronicke
felipe d'ávilla
padre kelmon
eleições 2022

Últimas notícias

Kamala Harris se diz “honrada” com apoio de Biden “para derrotar Trump”

Kamala Harris se diz “honrada” com apoio de Biden “para derrotar Trump”

Atual vice-presidente dos Estados Unidos depende do sinal verde do partido Democrata para assumir candidatura principal
Bill Clinton anuncia apoio a Kamala Harris após desistência de Biden

Bill Clinton anuncia apoio a Kamala Harris após desistência de Biden

O ex-presidente dos Estados Unidos afirmou que o país já viveu muitos altos e baixos, "mas nada o preocupa mais do que a ameaça de mais um mandato de Trump"
Conheça cotados para substituir Biden na corrida eleitoral dos EUA

Conheça cotados para substituir Biden na corrida eleitoral dos EUA

Com desistência por reeleição, partido democrata escolherá novo representante. Kamala Harris e governadores estão entre cotados
Obama se pronuncia sobre desistência de Joe Biden e não menciona Kamala Harris

Obama se pronuncia sobre desistência de Joe Biden e não menciona Kamala Harris

Ex-presidente dos Estados Unidos elogiou Biden, mas advertiu que decisão deixa os democratas em "águas desconhecidas"
Após incentivar desistência de Joe Biden, ex-presidente da Câmara elogia decisão do atual presidente

Após incentivar desistência de Joe Biden, ex-presidente da Câmara elogia decisão do atual presidente

Para Nancy Pelosi, Biden é um patriota que “sempre colocou” os Estados Unidos em primeiro lugar
Boletim médico revela melhora de Biden em meio a desistência do presidente à reeleição

Boletim médico revela melhora de Biden em meio a desistência do presidente à reeleição

Líder democrata continua desempenhando todas as funções presidenciais, segundo comunicado divulgado neste domingo (21)
“É o interesse do meu partido e do país que eu me afaste”: leia a carta de desistência de Biden

“É o interesse do meu partido e do país que eu me afaste”: leia a carta de desistência de Biden

Presidente dos Estados Unidos abriu mão da disputa eleitoral e apoiou que a disputa fique com Kamala Harris, atual vice
Presidente da Câmara dos EUA pede que Joe Biden renuncie ao cargo

Presidente da Câmara dos EUA pede que Joe Biden renuncie ao cargo

Líder democrata desistiu da candidatura à reeleição
Trump diz ser "mais fácil" derrotar Kamala Harris após Biden desistir

Trump diz ser "mais fácil" derrotar Kamala Harris após Biden desistir

Candidato à presidência dos Estados Unidos comentou saída de democrata em entrevista a canal americano
Joe Biden apoia Kamala Harris como candidata democrata à presidência dos EUA

Joe Biden apoia Kamala Harris como candidata democrata à presidência dos EUA

Joe Biden anunciou desistência neste domingo (21)
Publicidade
Publicidade