Publicidade

Embargo chinês à carne brasileira gera queda de 37% na receita, diz setor

Comércio foi restabelecido no dia 23 de março, após 29 dias de suspensão

Embargo chinês à carne brasileira gera queda de 37% na receita, diz setor
carne bovina
Publicidade

Por conta do embargo chinês à carne bovina brasileira, que durou 29 dias, as exportações totais do setor registraram uma queda de 37% na receita e de 20% do seu volume. As informações são da Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo), que compilou dados obtidos no Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Segundo a associação, no mês passado, a receita obtida pelo setor foi de US$ 709,4 milhões, sendo que, em março de 2022, os ganhos foram de US$ 1,123 bilhão. A movimentação mensal naquele ano foi de 203.222 toneladas, que foi reduzida para 162.814 toneladas neste ano por conta do embargo.

Segundo a Abrafrigo, outro motivo para os resultados negativos do setor foi a queda dos preços médios de exportações. No mês passado, o custo era de US$ 4.537 por toneladas, sendo que em março de 2022 era de R$ 5.525, um recuo de 21,15%.

No primeiro trimestre de 2022, somente a China proporcionou uma receita de US$ 1,557 bilhão, e importou do Brasil 245.632 toneladas de carne bovina. No primeiro trimestre de 2023 a receita foi de US$ 1,118 milhões e a movimentação de 228.235 toneladas, o que representou, respectivamente, uma queda de 28,2% na entrada de divisas e de 7,1% no volume. 

Na segunda posição do período, entre os principais importadores do Brasil, estão os Estados Unidos, que também reduziram suas compras de carne bovina: a receita caiu de US$ 356,6 milhões no ano passado, para US$ 254,5 milhões em 2023. A movimentação, por sua vez, diminuiu de 69.799 toneladas para 57.990 toneladas.

A detecção de um caso atípico da doença da vaca louca motivou o embargo chinês e de outros países, como Tailândia, Irã e Jordânia. No último dia 23 de abril, Pequim decidiu suspender a decisão. Nesta 3ª (11.abr), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) viajou para o país asiático, onde pretende voltar com, pelo menos, 20 acordos bilaterais, sendo que as parcerias econômicas são pautas essenciais do encontro com o premiê Xi Jinping.

*Estagiário sob supervisão de Rafaela Vivas

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbtnews
abrafrigo
frigorífico
china
carne bovina
embargo chinês
economia
brasil

Últimas notícias

Cai o uso das impressoras de papel e a HP está preocupada

Cai o uso das impressoras de papel e a HP está preocupada

Documentos digitais estão cada vez mais presentes na rotina das pessoas
"O Brasil precisa rever seus gastos para ontem", diz deputado Danilo Forte

"O Brasil precisa rever seus gastos para ontem", diz deputado Danilo Forte

Ao Perspectivas, afirmou que "não tem sentido" o país "financiar o refrigerante", em referência a subsídios dados pelo governo a indústrias já consolidadas
RJ: mulher morta em tentativa de assalto na Linha Amarela deixa filha de sete meses

RJ: mulher morta em tentativa de assalto na Linha Amarela deixa filha de sete meses

Crime aconteceu na manhã desta terça-feira (18); idoso também morreu e um dos suspeitos foi baleado
Novo Ensino Médio: relatora propõe carga horária de 2.400 horas e votação de projeto é adiada

Novo Ensino Médio: relatora propõe carga horária de 2.400 horas e votação de projeto é adiada

Comissão de Educação e Cultura do Senado deve votar o texto na quarta-feira (19)
Lula diz que pode disputar reeleição em 2026 para evitar volta dos "trogloditas" e do 'fascismo'

Lula diz que pode disputar reeleição em 2026 para evitar volta dos "trogloditas" e do 'fascismo'

Presidente disse ter sido orientado a não citar o nome do ex-presidente Jair Bolsonaro
Morre Anouk Aimée, atriz dos filmes "A Doce Vida" e "Oito e Meio", aos 92 anos

Morre Anouk Aimée, atriz dos filmes "A Doce Vida" e "Oito e Meio", aos 92 anos

Ícone do cinema francês atuou em clássicos de grandes diretores, como Fellini, Bellocchio, Demy e Altman
Meninas até 14 anos são maiores vítimas de violência sexual, revela Atlas da Violência

Meninas até 14 anos são maiores vítimas de violência sexual, revela Atlas da Violência

Agressão sexual representa quase 1/3 dos casos de violência contra bebês e crianças de até 9 anos e quase metade na faixa etária de 10 a 14 anos
Brasil registrou, em média, seis crianças desaparecidas por dia em 2022, diz Ministério da Justiça

Brasil registrou, em média, seis crianças desaparecidas por dia em 2022, diz Ministério da Justiça

Relatório tem objetivo de "compreender a fundo os padrões, causas e áreas de maior incidência dos desaparecimentos"
Galeria de fotos de ex-presidentes deve ser reinaugurada em breve no Palácio do Planalto

Galeria de fotos de ex-presidentes deve ser reinaugurada em breve no Palácio do Planalto

O espaço foi destruído em 8 de janeiro de 2023, quando golpistas invadiram sedes dos Três Poderes, em Brasília
Marido é sequestrado um dia depois do casamento

Marido é sequestrado um dia depois do casamento

Padrinho e testemunha do casamento também foram raptados; crime foi cometido enquanto mulher entregava buquê para pintura
Publicidade
Publicidade