Publicidade

Juros altos são entrave para construção civil, diz CNI

Empresários do setor foram questionados sobre principais problemas. Em 2º lugar, está a carga tributária

Juros altos são entrave para construção civil, diz CNI
Construção civil
Publicidade
A indústria nacional da construção civil aponta as altas taxas de juros como o principal problema enfrentado pelo setor no último trimestre de 2022. A conclusão foi apontada na Sondagem Indústria da Construção de Dezembro, estudo que integra os relatórios elaborados pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). 

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News 

Responderam aos questionamentos feitos pela entidade 381 empresas: 149 de pequeno porte, 150 de médio porte e 82 de grande porte. Para 30,6% do total, as taxas de juros altas estão entre os três principais problemas da indústria do setor.

A segunda posição no ranking dos vilões para o empresariado está a elevada carga tributária, que é apontada por 28,5%. Na sequência, vem a falta ou alto custo do trabalhador qualificado, assinalado por 23,5%.  

A falta de insumos, além dos preços altos, perde espaço aos poucos e surge agora em quarto lugar. "Ele liderou o ranking de principais problemas por oito trimestres, do terceiro trimestre de 2020 ao segundo trimestre de 2022, devido aos efeitos da pandemia, e agora está em declínio", diz o gerente de Análise Econômica da CNI, Marcelo Azevedo.

(Des)Confiança, eis a questão
A confiança do setor nos rumos da economia piorou neste início de ano. Em janeiro de 2023, o ìndice de Confiança do Empresário (ICEI) da construção caiu 1,1 ponto, quando comparado a dezembro de 2022. A marca atingiu 49,6 pontos, abaixo portando da linha divisória entre otimismo e pessimismo, que reside nos 50 pontos. É a quarta queda consecutiva do ICEI, que já acumula 13,1 pontos de declínio nos últimos quatro meses. 

A situação financeira das empresas nos últimos quatro meses de 2022 é a melhor para este período do ano, desde 2013: o índice de satisfação avançou 1,6 ponto percentual, e chegou à marca de 49,5 pontos. A atividade da indústria bateu 46,6 pontos em dezembro passado, segunda queda consecutiva nesse segmento de produção. O nível de empregos marcou 46,9 pontos, segundo mês consecutivo de queda. Os dois indicadores exibem movimentação considerada natural para os meses de novembro e dezembro. 

Leia também 

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbtnews
portalnews
construção civil
cni
economia
guto abranches
juros

Últimas notícias

PEC das drogas: entenda o que muda com a proposta e quais próximos passos no Congresso

PEC das drogas: entenda o que muda com a proposta e quais próximos passos no Congresso

Proposta que reforça Lei de Drogas foi aprovada na CCJ da Câmara e segue para comissão especial; enquanto isso, julgamento do STF pode ser retomado
Cantor sertanejo descobre tumor cerebral e cancela shows

Cantor sertanejo descobre tumor cerebral e cancela shows

Augusto, da dupla com Rafael, fará cirurgia nos próximos dias
Leilão de arroz, alta do dólar, ministro indiciado, MP devolvida: entenda semana tensa do governo Lula

Leilão de arroz, alta do dólar, ministro indiciado, MP devolvida: entenda semana tensa do governo Lula

Executivo ainda sofreu com avanço de pautas conservadoras no Congresso, alta do dólar e da inflação e saída de secretário do Ministério da Agricultura
Gestante que se jogou de prédio: diarista recebeu proposta sexual do mesmo homem

Gestante que se jogou de prédio: diarista recebeu proposta sexual do mesmo homem

Igor Campos está preso após as agressões cometidas no último domingo (08)
Policial penal de folga agride mulher e é preso em Goiás

Policial penal de folga agride mulher e é preso em Goiás

No dia seguinte, agressor foi trabalhar normalmente depois do crime; outro homem também participou da violência
Família denuncia hospital por negligência após morte de recém-nascida

Família denuncia hospital por negligência após morte de recém-nascida

Criança nasceu com infecção e, de acordo com os pais, recebeu alta antes do tempo
BeReal, rede social que cresceu entre a Geração Z, foi vendida por R$ 3 bilhões

BeReal, rede social que cresceu entre a Geração Z, foi vendida por R$ 3 bilhões

Rede social chamou a atenção em 2022 por ter a proposta de ser "anti-Instagram", teve queda no número de usuários e foi adquirida por uma produtora de jogos
Comércio cresce 0,9% em abril, diz IBGE

Comércio cresce 0,9% em abril, diz IBGE

Acumulado do ano chegou a 4,9%, enquanto nos últimos 12 meses, somou 2,7%
Tebet: "Não passa pela cabeça desvincular aposentadoria do salário mínimo"; entenda o que está em jogo

Tebet: "Não passa pela cabeça desvincular aposentadoria do salário mínimo"; entenda o que está em jogo

Ministra afirmou que Lula e equipe econômica estudam "modernização" de benefícios vinculados ao Orçamento
Três detentos pulam alambrado e fogem de presídio em Minas Gerais

Três detentos pulam alambrado e fogem de presídio em Minas Gerais

Trio acessou uma área de mata fechada próxima da Penitenciária de Teófilo Otoni
Publicidade
Publicidade