Publicidade

Confederação do Comércio revisa crescimento do PIB para 1,9% em 2022

Principal aposta está no setor de serviços devido ao aumento de consumo dos brasileiros

Confederação do Comércio revisa crescimento do PIB para 1,9% em 2022
Publicidade

Diante da alta de 1,2% no Produto Interno Bruto (PIB) do segundo trimestre, em relação aos três primeiros meses do ano, a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) revisou a projeção de alta de 1,8% para 1,9% no PIB em 2022. A principal aposta está no crescimento no setor de serviços, indústria e comércio.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Segundo a Confederação, o pequeno ajuste na perspectiva do PIB deve-se à possível perda de força das medidas de estímulo à economia em decorrência de uma inflação ainda elevada. Para os serviços, por exemplo, a projeção é de alta de 2,4%, no comparativo com 2021, com o consumo das famílias avançando 2,3% em relação ao ano passado.

"A aceleração dos serviços perante os demais setores da economia se justifica primeiramente pelo efeito da normalização da circulação de consumidores, alcançada ao fim do segundo trimestre deste ano", explica o economista da CNC, Fabio Bentes. Pela ótica da demanda, o consumo avançou devido à ampliação de renda com programas sociais.

+ Crescimento da economia surpreende e leva a revisões das contas para o ano

"Com o reforço do Auxílio Brasil, a criação do voucher caminhoneiro, a retomada do valor total do vale-gás e o auxílio pago a taxistas, espera-se que o consumo se mantenha aquecido ao longo do terceiro trimestre de 2022, a partir do processo de desinflação. Contudo, os efeitos do aperto monetário devem ficar mais evidentes a partir do quarto trimestre deste ano", analisa.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbt
sbtnews
portalnews
economia
confederaçao comercio
cnc
revisa
crescimento
pib
1.9%
2022
serviços
industria
consumo

Últimas notícias

Do protagonismo na Lava-Jato à suspensão pelo CNJ: quem é Gabriela Hardt?

Do protagonismo na Lava-Jato à suspensão pelo CNJ: quem é Gabriela Hardt?

Juíza foi substituta de Sergio Moro na 13ª Vara Federal, em Curitiba, durante o auge da operação
Chuva forte pode atingir 161 cidades de Minas Gerais

Chuva forte pode atingir 161 cidades de Minas Gerais

Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu alerta para risco de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de árvores e de alagamentos
Teto de supermercado desaba e deixa feridos em Diadema

Teto de supermercado desaba e deixa feridos em Diadema

Duas pessoas ficaram gravemente feridas e foram socorridas ao Hospital Municipal da cidade; outras nove tiveram ferimentos leves
Tutor de pitbull morre após ser atacado pelo próprio cachorro

Tutor de pitbull morre após ser atacado pelo próprio cachorro

Vítima sofria ataque de epilepsia enquanto foi mordida pelo animal
Governo propõe aumento de R$ 90 no salário mínimo e déficit zero em 2025

Governo propõe aumento de R$ 90 no salário mínimo e déficit zero em 2025

Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) de 2025 foi apresentado nesta segunda-feira (15)
Adolescente de 17 anos é estuprada pelo cunhado no interior de SP

Adolescente de 17 anos é estuprada pelo cunhado no interior de SP

Vítima estava na casa da irmã e cuidava dos sobrinho quando sofreu a violência, neste final de semana
Poder Expresso: Irã ataca Israel, conflito pode ter reflexos econômicos no Brasil

Poder Expresso: Irã ataca Israel, conflito pode ter reflexos econômicos no Brasil

A edição desta segunda-feira (15) analisa como a escalada do confronto no Oriente Médio pode atingir brasileiros
Por que existem gêmeos siameses? Entenda

Por que existem gêmeos siameses? Entenda

As causas dessa anomalia rara ainda não são bem explicadas pela ciência, mas a descoberta pode vir durante a gestação
Conflito entre Irã e Israel pode impactar preço do petróleo no Brasil

Conflito entre Irã e Israel pode impactar preço do petróleo no Brasil

Ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira afirmou que criou grupo de trabalho para acompanhar possível acirramento do conflito e suas consequências
Detran-RJ volta a cobrar pagamento de Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo digital

Detran-RJ volta a cobrar pagamento de Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo digital

Após determinação judicial, os motoristas vão precisar quitar taxas de 2023 e 2024 no valor de R$ 76,77 por ano
Publicidade
Publicidade